Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMO FOI DIFICIL DAR O CUZINHO

Sempre tive vontade de dar a bunda, me masturbava enfiando objetos e rebolando bem gostoso imaginando que estava com uma rola no rabo, mas quando estava trepando e tentavam colocar na minha bunda eu disfarçava, segurava a rola e colocava de novo na buceta.

Tinha medo de sentir dor, devido a algumas historias que tinha ouvido, mas não conseguia parar de me masturbar imaginando uma rola atolada na bunda.

Um dia, para ser mais exata, num domingo, eu e meu marido (na época éramos namorados) estávamos na casa dele e deitamos no sofá, na posição de conchinha, bem juntinhos, para assistir televisão. Sentia seu corpo bem colado ao meu, sua respiração no meu pescoço e suas mãos acariciavam meus seios.Então comecei a sentir sua rola bem quente crescendo e roçando em minha bunda.

Naquele momento nem me lembrei da possível dor, queria apenas sentir aquela rola em minha bunda, estava completamente tomada pelo tesão,sentia minha buceta pegando fogo e completamente molhada.Não falava nada, gemia baixinho e me esfregava cada vez mais naquela rola quente e tesuda. Nunca tínhamos tentado nem conversado sobre sexo anal e eu mal podia acreditar que finalmente iria sentir uma rola de verdade em minha bunda.

Ele puxou a minha calcinha para o lado e começou a forçar sua rola de encontro a minha bunda bem sutilmente. Ele também não falava nada, apenas me acariciava, gemia baixinho, se esfregava em mim, que completamente tomado pelo tesão me empinava cada vez mais, forçando a minha bunda contra a sua rola. Já podia sentir a cabeça da rola entrando no meu cú, quando começaram a chamar por ele no portão. Paramos na hora, porque como não estávamos sozinhos na casa, sabíamos que não teria como fingir que não tinha ninguém.

De noite quando ele foi me levar embora, ficou um clima de frustração, mas não tocamos no assunto.

Nos dias seguintes não podia acreditar que aquilo tinha acontecido, minha vontade de dar a bunda sá aumentava e eu queria encontrá-lo novamente para terminar o que tínhamos começado.

Por compromissos de trabalho sá pudemos nos encontrar na sexta –feira. Primeiro fomos a um barzinho onde estavam vários amigos dele. Não tínhamos combinado nada para mais tarde, mas tamanho era o nosso tesão fomos de lá direto para um motel.

Nos beijamos, acariciamos, esfregamos feito dois animais, sem tocar no assunto tão desejado- a minha bunda.Tínhamos bebido e eu estava completamente molhada, quente.Ele tinha a respiração bem ofegante a rola dura e percorria meu corpo com a as mãos, até que me deitou de bruços e começou a fuder minha buceta, que como disse estava encharcada . Trepamos de um jeito que nunca tínhamos trepado, gemíamos, suávamos eu rebolava, quando ele sutilmente tirou sua rola da minha buceta e começou a esfregar no meu cúzinho.Eu empinei a bunda forçando cada vez mais o meu cuzinho contra rola dele, até que finalmente senti que começava a entrar.Sentia meu cúzinho se abrindo e uma rola grossa e quente entrando, não sentia dor apenas prazer, queria mais e mais.Ele colocava bem devagar, mas não parava ia forçando me fazendo delirar de tanto tesão,e colocou tudo bem gostoso.Eu estava com uma rola atolada na bunda e rebolava para sentir ela dentro do meu cuzinho, se esfregando na beirada do cú e ao mesmo tempo esfregando meu grelinho contra o lençol.Ele gemia e forçava seu corpo contra o meu.Pude sentir gotas de suor que caíram de seu rosto nas minha costas de tanto tesão que ele também sentia.Eu alternava entre reboladas e empinadas e pude sentir um calor que subia pelo meu corpo, fazendo- me tremer e explodir num gozo que aconteceu junto com o dele fazendo-me molhar o lençol e ficar com o cúzinho cheio de porra.

Trepamos a noite toda, dei a bunda para ele mais 2 vezes naquela mesma noite ficando com o cuzinho doendo de tanto dar.

Então descobri que amooooooooo dar a bunda sim e gozo muito com isso...

Rebeca.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos "foi me abrindo"Contos eroticos detalhes por detalhes e falas dos autores e personagens eu era uma menina de 18anos o cara do onibus me fudeucontos eróticos de prendedor de mamilosler conto erotico dando a xota na cabano pro tioa maninha me chomo pra tomar banho com ela minha primeira vezconto transando com ladraosexo e esganaçaoconto erótico de gay novinho com madurocontos eróticos de negros em carnavalconto amo ser puta mulher 40 anosamiga da minha filha tezudinhacontos eroticos dei pro amigo do meu marido e ele gosou dentroconto menage masculinoporno inocente dormindoConto minha filha so anda de fio dental em casameu meu irmao me viu olhando o penis deliler conto de garoto negro roludo fudendo casadascontos eróticos maeconto erótico sobrinha. bem novinha fica esfrgando no colo do tio sem calcinhacontos eroticos com ex sogracontos de coroa com novinhocontosEróticos na casa da avó olhando a tia tomar banho e comendo elaConto peguei minha sobrinha casada na passagem de ano e ficou gravidadei minha bucetao mestruada e ingravidei contoscunhado ejacula dentro da cunhadamulher melancia de cinta liga e espartilhocontos de cornosminha namorada me trai contos eróticossobre lamber e chupar a vaginacontos eroticoscontos eroticos adoro ser enrrabadadeflorar pau grosso punheta enteada contoscontos eroticos me levou.ao medicovoyeur de esposa conto eroticominha cunhadinha e virgens peguei a forca2paus nu mesmu buracucontos eroticos virei puta dos meus empregados negrosprovoquei o velho e fui fudidamulheres loira amazonense traindo fazendosexocontos etoticos gordas maduras baixinhas 1,50 mtContos eroticos coroa estrupadacontos eroticos menininhaRelatos gostosinhos de homens casados mamando cu de boiolinhascontos eroticos pe de mesaconto cu ensopado de porra gayvou gozar na frente não contoO dinha que comi o cu da minhA mae bebAda contos,realisando sonho eu emas duas mulher contosvídeo zoofilia novinho comendo a égua no matoContos eroticos jovem casada fodida pelos patroes cotasconto erotico mamae mandou gozar dentroContos eroticos de padrepeguei carona com o meu namorado e os amigos deles e eles me puderam gay minha cunhada traindo meu irmao com o patrai contosRelatos eroticos reais ; flagrei minha mae dando o cu para um pedreiro coroa .Mimha vizinha gostosa de short de lycra curto preto contosconto erotico esposa sendo duplamente penetradapuro sexo sou muito deliciosa viajei com meu filho conto incestoContos de metidas nos cuzinhos inocentesmim mastrudo dia sou mulhe contoscontos eróticos verídicos viu o psu enorme fo amigo armou para ele comer sua esposaconto erotico minha mim deixado de castigoMe Estruparam No Banheiro da escola contos eroticos gaysa puta mulher do meu irmão contos eróticosconto emrabada casada nao pelo marido sim p amantevi meu padrasto pegando a minha mãe e eu gostei muito sou gayprimeira vez com meu vizinhocontos desde menino adorava dar o cucontos gay meu paicontos eróticos estruparam meu cuzinhocontos forçada a virar cadelavideo safadecasexo feit em casa sem querer com a cunhadachupo varios conto eroticosSo quero no cu contodeflorando bucetinhas com pepinoscontos de tio casado comendo sobrinhoahora que paugozabucetao gggnegracontos eroticos relatados por mulheresrelato erotico menino negro com minha mulhercontos eróticos de mulher fudendo no bailecontos porno maior q meu antebraçorelatos erotico viagem com esposacumhada nua contos eroticoscontos eu tomando sol peladinha zoofilia com gozadas e enguatescontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidoContos eroticos filha rabudaconto erotico comi a buceta da velha muda