Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

POMBINHA ENRABADA NO ESCURO DO BANHEIRO...

Continuando a contar minhas aventuras...esta foi com um amigo, que aqui vou chamar de Abel, numa noite de final de expediente...Já o conhecia há muitos anos,tinha ate paquerado e levado um belo fora,e resolvi esquecer esse cara.Alguns meses depois aconteceu que nos aproximamos e explodiu um tesão imenso que ate hoje não sei explicar, nem quero.Mas era um tesão muito inconstante,sujeito a tempos de esfriamento,ate porque Abel faz o tipo garanhão e eu não ligava,quando esfriava sabia que ele devia estar comendo alguém.Nos tornamos confidentes um do outro e contávamos nossas aventuras e assim íamos mantendo uma amizade meio doida, de tesão sufocado e períodos de total afastamento.Abel era um cara charmoso, fazia o estilo sedutor, o que o tornava ate meio bobo de vez em quando,mas isso também não me desgostava,ele guardava um jeito meio infantil de se fazer de difícil, que para mim, aos 48 anos me aguçava o tesão.Transavamos esporadicamente,e tudo começou com um beijo delicioso que eu nunca esqueci.Mas vou contar o lance...Estávamos em final de expediente, o corredor da fábrica de tintas meio as escuras e dois colegas teimavam em não ir embora,o que estava nos irritando...Foi um daqueles períodos de tesão explosivo em que Abel não hesitava em me dar amassos atrás das portas,meter o dedo entre minhas pernas, apertar meus mamilos, molhando os dedos com saliva, onde desse ele me alisava...E sá de olhar para ele meu corpo se arrepiava e me lembrava das transas,tão raras e boas.Nessa noite estávamos numa secura imensa,como dois animais no cio,eu escutava sua respiração la de minha sala e ate isso me excitava...Eu suspirava alto, para que ele ouvisse,e trocávamos olhares aflitos...Ate que ele me chamou pro corredor e saímos tateando as portas trancadas...Todas elas,que decepção! Ai não aguentei e o puxei para o banheiro feminino, completamente as escuras...Abel se colocou atrás de mim, já metendo seus dedos na minha xotinha que estava latejando de tesão, movimentando como nunca vi nenhum cara fazer, mordendo minha orelha,com a outra mão tateando meu peito, e colando seu corpo nas minhas costas,no meu traseiro...Nessa noite eu não queria gozar assim,não, eu precisava de algo mais!Abel dedilhava com força, o que me incomodava um pouco, pois o grelinho pedia movimentos leves e firmes,não aquela pressão forte...Então o empurrei para dentro do reservadinho,onde tinha uma privada, e o beijei longamente,dizendo, que queria por trás,ele todo dentro de mim,e ele sabia que essa era amaneira de me fazer gozar longamente,assim como eu sabia que Ele adorava um rabo!A tensão no ar era fortíssima, o medo dos colegas procurarem a gente, de algum vigia fazer ronda,tudo isso passava pela minha mente,mas a respiração dele forte,de macho cheio de desejo me enlouquecia...suas mãos apertavam meus seios, eu desejava sua boca neles, mas não havia tempo, e se ele chupasse ali talvez eu gozasse na hora...então me virei,suspendi a saia, aguardando que ele colocasse a camisinha,nunca esquecida nessas transas! A ânsia de sentir seu pau me penetrando me dava calafrios intensos, lembrava de outras fodas, e o desejava loucamente. Apoiei minhas mãos na parede e ele me penetrou, sem qualquer resistência, meu rabinho já empinado e ansiando pelo seu pau que já estava imenso... Esse instante da entrada é delicioso, mas eu queria mais, queria os movimentos dele ritmados, profundos e precisos, queria sentir sua respiração acelerada,e me movimentei no mesmo ritmo,e não me contive,gemendo,arfando...Ate que Abel de repente tapou minha boca com sua mão e segurou minha cintura,mexendo mais rápido...Eu sentia seu pau cravado no meu rabo e ia à loucura,sem ar, sua mão macia e firme não me permitia gemer e isso me lançava numa excitação maior ainda,pela dominação e pela preocupação de meu machinho em não fazer barulho...O medo do flagrante parecia fazer o tempo parar,mas não os movimentos daquela pica deliciosa que me fazia tremer,sentindo pulsar meu anus em torno dela,sentindo o gozo chegando junto com o dele,que bombava e gozava longamente,em silencio! Dentro de mim eu senti o jato, que inflou a camisinha,e senti as contrações de minha vagina que correspondia simultaneamente ao gozo do meu parceiro,que mesmo naquela loucura não tirava a mão de minha boca...delicia de sufocação! senti ele saindo devagarzinho,em silencio, e eu disse baixinho,vai,volta pra sala...Zonza de tesão esperei sua saída,minutos depois fui buscar um cigarro,que fumei sozinha,de olhos fechados,ainda com a sensação daquela enrabada rústica e deliciosa...Abelzinho me prometeu uma noite de cama...e espero em breve contar aqui tudo que fazemos e que supera muito a trepadinha do banheiro escurinho!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


novinha dormindo de calcinha estuprada por velho pirocudoContos eróticos mães com a buceta peluda e cheiro forteo coroa. levantou. minha. saia. e. comeu. meu. cu conto. eroticowww.ver contos eroticos de professoras gostosas ruivas de 20 ate 30 anos tranzando com seu alunos de 16 a 19 anos de idadeconto erótico mulheres teve coragem sexo cavalosContos Eroticos Dando a Buceta Pro Meu Vizinho Brennowww.contos euroticos varias rolas n boateme comeram dormindo no ônibussurra vaginal amordaçada contomeu amigo pediu pra eu comer sua namoradadando leitinho pra minha filhinhameu subrinho enfiou o dedo no meu cu contocontos eroticos de novinhas q fes anal parra nao perde o namoradocontos eroticos vendi minha filhacontos eroticos de mulher casada cagonaconto erotico sexo pepinocomi minha irmã numa festa conto eroticosarrando na pica com short cavadocontos fodi a dona da lojaelagozouquedesmaiouwww.contos de estuprei a gordinhaconto erotico gay durante viagem dei meu raboFilha babando pau do pai contoseroticoscontos minha tia anus dilatadocontos eróticos meu pai me sentou no pau dele amigas gostam de passar margarina no corpo nucontos eroticos de cornos e veiascontos eroticos de enteadasSou casada mas bebi porro de outra cara contosuma buceta sendo chupada por varios homens contos eróticosconto eróticos de suruba gay teen nacionalmeu cuzinho ta sangrandoContos eróticos meu primo meu amor minha vida metecontos eroticos lesbica chineladassexe conto minha fia mideo o cu por 1.00 reaucacetudo me enrabou contosfiquei olhando minha mulher dando e chupando pica do ricardaoContos gays o colega pauzudoconto noiva liberadaELA FOI PASSAR FERIAS E FUDEU COM O CUNHADOmenininha e novinha sendo e******** contos eróticoscada dos contos eroticos a mulher do melhor amigoporno inocente dormindohomens eterro chupando o pau de variis amigos de uma so vez com muita porraSeios grandes e buceta Luisinhacontos mulher que coloca silicone no seiocontos de viciadas em tomar espermameu sogro é bem dotado,meu marido me contoucontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eróticos de irmão comendo a irmã pequenininha novinhaamanda boquete contoseu confesso caso de incestofudendo discretamente de ladinho na Praia cheiaMEU CORNOEU QUERO ESSA PICA TODA DENTRO DE MIM, SEM CAMISINHA QUERO SENTIR ELA GOZANDO BEM NO FUNDOcontos eróticos filha e esposa em perigo contos eroticos envagelica abusadaconto viciei esposa na bundinhacontos cunhada crenteconto erótico de empregada lésbica bolinando a inocentecontos japonesa rabudaamiga coloca a cabeça dela ensima da xana delacontos eroticos - esposa - massagista - pintudoeu mae e filha contos de sexochantageei minha mae contos eroticosconto comi o cu da minhamaeconto erotico gay pai ensinando o filho a beijarhistoria erotica casadas puta dos negros no trabalhosou a putinha do bairroconto tres maxo me comerancontos eróticos enrabando a namorada do meu sobrinho que tava babadacontos eroticos na filacontos eroticos segundas intençoesconto erotico irmão perfeito e timidocomi minha prima velhinha contodaniela e daniel incesto conto eroticocomendo minha irmã enquanto a minha mãe olha o Bingogorda acima de 100kg rebolando o bumbum bem gostosonovinha trepranndo com namoradocontos de coroa com novinhoestava no banheiro minha tia entrou contos eroticosconto erotico sodomizado biconto erotico casada de vingado do bebadopapai furioso contod eroticosler contos de sexo de mulheres sendo chantageada na estrada e dando cuzinho pra dotadoscontos eróticos de travestistaradogostei quando minha mulher contou que deu a buctinha para pedreiro roludominha tia é demais ela chupa eu gozo e ela continua chupandovi minha esposa dando mole contoscontos erotico gay negro dando pra brancoConto etotico ninfeta putinha so dorme peladinha e arecanhadinhaos bêbados mais lindas gostosas de todos os tempos pelados mostrando o paucontos eróticos encaixada viado da bunda grande no ônibusmeu marido sempre pedia pra eu me depilar yodinha contoseu amante xe um dog alemao conto