Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TRAINDO O MARIDO SEM CULPA

Sou uma mulher casada há 25 anos...

Apesar de ter mais de 40 anos, ter filhos, e de nunca ter me cuidado, tenho um corpo em forma ainda. Sou clara, 1,65m 58 kg. Uma bunda considerada bonita, pernas grossas.

Sempre fui fiel e nunca havia olhado pra outros homens...

Mas de uns tempos pra cá, venho imaginando como seria transar com outros homens...

Comecei a ler alguns contos eráticos, assistir filmes... Ficava tentando estimular meu marido a ser mais criativo, a variar um pouco as relações, afinal 25 anos é muito tempo!

Mas por mais que eu tentasse ele não colaborava. Quase sempre do mesmo jeito.

Minha imaginação estava cada vez mais ousada... Pensava numa trepada bem dada... Queria um sexo mais selvagem...Com um homem que soubesse me dominar, que me pegasse com força e com vontade... Ah!!! Como eu sonhei com um homem assim.

Tinha ele na minha imaginação. Fechava os olhos e pensava como seria...Muitas vezes ficava tão excitada que tinha que me masturbar.

Perto do meu trabalho tem uma praça por onde costumo passar, quando volto pra casa.

Há uns meses, eu vinha pela praça com uma amiga, quando ela me mostrou um policial que estava sentado num banco. Me disse pra olhar porque ele estava olhando pra mim...

_Imagina!!! Ele não está olhando não!

_Ele te olhou sim. Você não vê nada?

Continuamos caminhando e rindo da situação.

Eu gostei daquilo. Um homem me olhando!!!

Mas achei que era coisa da cabeça da minha amiga.

No dia seguinte passei de novo pelo mesmo local, e lá estava ele.

Quando eu me aproximei, ele se levantou e veio em minha direção.

Era um homem negro de uns 40 anos, 1,90m com um corpo em forma, que dentro do uniforme ficava mais atraente ainda.

Ele me olhou com um sorriso, eu fiquei sem jeito. Baixei a cabeça e senti meu rosto corar.

Mas aquele sorriso ficou na minha cabeça.

Todos os dias eu ficava na expectativa de encontrá-lo.

Depois de alguns sorrisos, olhares, ele finalmente puxou conversa.

Conversamos sobre banalidades... Me perguntou onde eu trabalhava, se era casada...

Me disse que ficava sempre me esperando passar, porque gostava de ficar me olhando...

Continuamos naquela até o dia que me convidou para irmos para um lugar mais tranquilo...

Fiquei com medo, mas eu queria viver aquela aventura.

Eu inventei um curso pra fazer, e fui me encontrar com ele.

Marcamos no apartamento dele, porque era mas seguro para mim.

Ele morava sozinho, o que facilitava muito pra mim.

Entrei no prédio sem ser vista, toquei a campainha...

Luis me recebeu com uma cara de safado... Foi me agarrando e me apertando com força, o que me fez gemer de tezão.

Seu corpo era firme, seus braços fortes me seguravam me deixando sem movimento.

Arrancou minha blusa, deixando meus seios livres para serem sugados por aquela boca que queria engolir tudo.

Sem nenhum constrangimento arrancou um pau enorme e enfiou na minha boca, me fazendo chupar tudo... Enquanto me chamava minha branquinha gostosa...

Abriu minha calça, me jogou de costa na cama, levantou minha pernas e arrancou de uma vez... Ficou segurando minhas pernas abertas foi se abaixando beijando e mordendo minhas coxas até chegar na minha xoxota que pulsava e babava de vontade de levar pau.

Lambia e enfiava a língua, me fazendo tremer... So parou quando gosei na sua boca...

Sentou numa cadeira, eu fiquei de joelho e comecei a chupá-lo de novo, até que derramou o leite na minha boca. Continuei mamando aquele pau até que ficasse duro de novo, me levantei esfregando os seios em sua cara, fazendo ele morder os biquinhos, e mamando deliciosamente... Montei nele, sentido seu pau me rasgando... Era tão grande e tão grosso que tive que ficar rebolando bem devagar para que coubesse todo na minha buceta. Eu rebolava feito louca, enquanto ele apertava minha bunda, pressionando mais ainda. Gosamos juntos num frenesi delicioso. Eu estava com a boca seca, o coração acelerado.

Nunca havia tido uma trepada tão gostosa. Ele foi buscar água e trouxe uma garrafa de vinho. Bebi a água, enquanto ele enchia dois copos de vinho. Brindamos nosso encontro e bebemos um pouco. Começamos a nos beijar, ele começou a pingar vinho nos meus seios e a lamber. Deixou escorrer mais, e lambia me enlouquecendo, Me virou de costas, deixando cair vinho na minha bunda e lambendo. Foi alisando minha bunda até enfiar o dedo no meu cú. Eu fiquei de quatro deixando as pernas bem abertas, me oferecendo toda pra ele. Ele me comeu por trás, enfiando com força o pau na minha buceta, me fazendo gosar de novo. Pegou um oleo e esfregou no pau, e foi enfiando na minha bunda bem devagar.

Eu sentia que estava sendo rasgada, mas o prazer era maior que a dor.

Fui rebolando ate acomodar aquele monstro no meu cú, ele socava enquanto enfiava os dedos na minha xoxota... Gosei como nunca.

Foi a melhor trepada da minha vida. A primeira de muitas... Continuo me encontrando com ele, e cada vez é melhor.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


meu titio me rasgou toda contosenteada dando abo contovídeos de porno primeira vez dando cu ela chora fico Duda ora tirando pau do cu fica porno a mauconto minha madrasta me transformou em mulhercontos eroticos mexicanocontos eróticos vestido de langeriesconto de comi o cu de um novinho que chorou com a pica no cucontoseróticos/descobri que o meu cunhado é um jumentocontos gay negrinhoconto gozando vibradorcontos fodi com o meu sogro gstsconto pegei meu marido comendo cu do meu sobrinhoeu quero vem pica de cinicomenamorada virgem.conto"que buracao" gay contoconto erotico perdendo a inocênciagostosas de caixote apertadinhame fudenram esconde esconde contocontos nora primeiro vez analcontos eróticos gay e coroameu corno quero um macho negro novo e dotado pra fuder minha buceta emeu cuzinhopuro sexo sou muito deliciosa viajei com meu filho conto incestoContos eróticos, minha irmã tem ciumes de mim . Contos Eróticosxxx conto mais babado do incestoContos eroticos chiando na fodaporno free camisola vermelha interracialcontos eroticos curtos como transei com amigo do face bookconto erótico como chupei pela primeira vezcasada recebe proposta indecente contoscontos eroticos tio e sobrinhacontos de cú de primaesposa do amigo minha cadela contomeu pai dormiu comigo e acabamos transando gayrelato erotico meu cachorro comia meu cuzinho quando meninacontos de coroa com novinhona piscina com minha sogra contoscontos mostrando o piru para a vizinhaa crente virgem e o borracheiro conto eroticocontos.eroticos fui.fodida pelo tio velho da van escolarTennis zelenograd contoconto erótico a minha cunhada gostosa morena do rabao com a buceta cheia de cebocontos eroticos calcinha desaparecendoconto aos dez anos minha sobrinha sentava no meu colo sem calcinhavideo fui enrabado no acampamentorelatos de anã transandoconto gay fui abusado no alfanato pelo os fucionario o mineirinho que me cativou 2tenho maior tesão pela minha tia velha contos eróticoscontos eróticos comi a bundinha da mulher do meu amigo com ele dormindo realxvidio encochei minh irmã dentor ônibus cheiocontoerotico meu padrastomim comeucontos minha filha novinha deitou com eu e a sua mae...e a pica comeuconto erotico o cu da mendinga gostosacontos mia subria noviabumbum arribitado na rolaconto erotico sodomizando a bucetaprimeira vez que dei o rabetãoconto erotico colegas xantagiando a virgemconto ela apostou o cuzinho e perdeuconto erotico historia de mulheres casada em fretando pau gradepegou todas da familia atraves de chantagen conto erotico de insestocontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eróticos mulher domina outra mulherFlagrei minha cunhada gozandowww.loirinha novinha putinha negro sadico e tarado contoscontos erotocos minha amiga me seduziu e chipou minha bucetatouro estrupado uma. gostosa e ela fica muito esitadavai me arrombarpastor gozando contos gayContos eroticos seios devorados mordidoscontos eróticos novinho deu cuzinho pro vizinhotravesti gritando pidido porra no seu cuno parquinho contosmae e filha com vibrador na buceta contos eroticoscontos eroticos reais padreConto erotico gorda estrupocontos encoxada pelo avo24 cm contos paucontos Minha esposa rabuda provocando de shortinho contos swingConto erotico amamen tando o velhoconto gay dando ao estranhoconto - ela fez massagem nos testiculos dele tirei o cabaço delecontos eróticos de bebados e drogados gaysRelatos eroticos de professoras casadas brancas que foram usadas por alunos negroscontos eroticoa no onibus ai que deliciacontos de sobrinhas sem calcinha na igreja sentada no colo do tio