Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DESEJO ENRUSTIDO

Cara, sempre fui um cara normal que gosta de sair com mulheres, sou bonito e as meninas sempre me davam mole.

mas eu sempre guardei um desejo enrustido dentro de mim, o desejo por homem, ou melhor, por piroca.

Desde que sou novo eu divido este desejo. Descobri quando tinha uns 19 anos que entrei num site gay sem querer e aquelas fotos de homem chupando homem me deixou muito excitado e eu gozava muito vendo aquilo.

Mas sempre fui timido e nao queria arriscar, sempre tive medo e esse desejo por um macho ficava soh no pensamento.

Ate que tomei coragem com o filho da mulher do meu pai aos 19 anos, sempre esquentava o assunto e falavamos de sexo.

Um dia convidei ele pra tomar banho comigo e ele veio, ficamos de sacanagem um com o outro no chuveiro, pegava no pau dele (que era grande como eu gosto). Tomamos banho varias vezes, mas ficava so pegando no pau dele, ficava louco pra botar na boca, mas nao tinha coragem.

Atw que um dia, vendo um filme de sacanagem no meu quarto, falei que ele podeia ficar na minha cama do meu lado, ele veio. bati punheta pra ele, fiquei com tanto tesao, que acabei abocanhando aquela pica. Paguei um boquete delicioso nele, fiquei com tanto tesao que aquele dia ficou na minha cabeça um bom tempo. Aquela vara dura e quente pulsando na minha boca me deixou doido. Ele era sacana, o que me deixava com mais tesao, ele dizia, "se seu pai visse isso heim, mama minha rola?"



Bom o tempo foi passando e o desejo foi aumentando e eu ficava bolando algo pra encontrar um macho que me satisfizesse. Foi aí que decidi entrar na academia, onde tem muito cara sarado querendo macho.



Ja tinha 22 anos, cheguei na academia, fui fazendo amizade, tinha uns caras sarados. Conheci um cara, que era professor de faculdade, devia ter uns 35 anos, sarado, que conversavamos e falavamos de vez em quando. Notei que quando eu falava de mulher com ele ele nao se animava muito. Isso foi me deixando com tesao e curioso pra ver se ele gostava de h. Um dia encontrei com ele no vestiario e ele estava se vestindo, pude ver ele sem cueca e fiquei manjando a sua rola que mole parecia enorme, ele notou e riu. Eu fiquei sem graça mas ele ficou me encarando. Senti um tesao começar a me dominar, que meu pau começou a dar sinal de vida. Senti que eu nao ia escapar dessa vez, e queria me entregar a este macho. SAimos do vestiario juntos e indo em bora para casa, ele me perguntou:

(ele)- Ta indo pra onde?

(eu) - Pra casa

(Ele)- E você mora aonde?

(Eu) - Aqui perto

(ele)- vai fazer oq agora?

(eu) - Nada por que? - o tesao estava me dominando nesse momento, e nao sei como tive coragem, mas completei - se quizer ir la em casa me dar uma aulas agora, professor...

Ele aceitou na hora e foi me seguindo de carro. Minhas pernas estavam banbas dirigindo e meu coracao acelerado pensando "chegou meu dia".

Chegando avisei o porteiro gaguejando, que atras era meu convidado e ele entrou.

Subimos no elevador do meu predio conversando:

- O que vc vai me ensinar hj?

(ele) - primeiro vamos ver o q sabe fazer.



Aquele suspense me deixava mais excitado. Quando entramos no meu ap ele ja veio me agarrando a cintura por tras e beijando meu pescoço. Fiquei possuido por aquele macho que me encochava com aquela rola duraça atras de mim. Euj ja estava me deliciando com a situação, deixando aquele macho me dominar me entregando aquela sensação de impotencia e me deixar ser uma femea, ele foi tirando a minha roupa.

Me deixou de cueca, me virou de frente e me tascou um beijo gostoso e disse:

- mama a pica do seu macho

Claro que obedeci, tirei pra fora da bermuda aquela pica enorme de uns 20 cm e comecei a mamar com muito gosto. Fiquei mamando um tempo ate que ele tirou sua roupa e me colocou no sofa de costas. Ele colocou a caminsinha e lubrificou meu anelzinho:

- Coloca devagar porque nao estou acostumado

- pode deixar, eu coloco com jeito, se doer um pouco aguenta que depois acostuma e vai ficar bem a vontade na minha rola. Vai querer todo dia...

e foi o que aconteceu, doeu no inicio, deu vontade de parar, mas estava determinado a dar minha bunda esse dia, entao depois de um tempo comecei a me acostumar e ele me comia cada vez mais forte, e estava adorando a sensação de ter um macho dentro de mim, com prazer de ter meu cu na pica dele, me sentindo uma femea submissa sendo objeto de prazer de um homem sedento por sexo. Depois sentei na pica dele e fiquei cavalgando ele que nem uma mulher (que sensação!). A cara de prazer dele e os gemidos me motivava a sentar com gosto naquela vara. Eu tambem gemia bastante e beijava a boca dele as vezes. Pedi pra gozar na minha cara e assim ele fez, ficou de pe, eu de joelho na frente dele e jorrou toda sua porra na minha cara. Meti aquela pica ainda dura na minha boca e gozei tbm.

Adorei aquilo e ele foi meu macho durante um tempo.

Essa foi minha primeira vez.





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Conto ui ui mete paizinhocasadas que postam fotos de itanhaemSe masturbando conto com fotoComtos mae fodida pelo filho e amigos delecontos da mãe a lamber a cona da filhaconto erotico negra a cabou com a buceta na siririca regasou a bucetaconto corno leva sua savada pra asisti o jogo de chortinho torano a bucetadeixo penetrar sem camisinhaconto erotico eu meu marido e meu filhoconto erotico gay coroa pirocudo do bar me levou pra casa dele e me arrombouas aventuras de vanessa contos eróticosContos mulher estrupadas negrosa menina contos eroticoconto real de pai de 50 anos sarado fazendo sexo com seu filho novinhoContos erotico sem querer trepei com a cunhada na chacara dela,,,Fetiche pelos pezinhos da minha amadafagei minha mulher com um vibrado conto traiçãocontos eroticos o homem da garagemLora dismaiando no cu no anal em tres minutosamigo deitou nu na cama da minha mulher por enganomenina defisieti dado ocu e chupadoMEU MARIDO E MEU FILHO DERAM O CU PRO MEU AMANTEconto erotico gay estuprado estupradorpadrinho cuida muito de mim-pornodoidoContos comi a noiva do meu amigoassaltantes me estupraram contos eroticoscontos de surubas inesperadas com esposa e travestisxvideos minha matrasdo nu meu quato sexocdzinha feminizadacontos gay trans teentitiocolocadevagarcasa dos contos eroticos com piscineiro taradoContos eroticos: Eu dei o cu na frente do meu portãodando contoscontos punheta filho sobrinhoColégio.Incestocontowww.contos de abusada desde pequena pelo tio no incestofilmadora dentro da vagina enquanto gozacontos eroticos, minha tia e meu cavalo Conto minha patroa casada mim deucontos lesbcos primeira vez co minha primaso alisandu abuceta cheia de tesao pra gosa contos eroticos o menino de oito anos e minha mulhercantos eroticos so casado mais o negao arrombou meu cucontos bucetinha cheirando mijoganhei carona mais tive que engolir porraNegueba enraba saletequando eu era. adolecente meu amigos me estruparao e eu adorei conto erotico gueynossa que putona gostosa deliciaContos eroticos marido deixa esposa fuder com mecanicoconto eroticos troca troca com amiguinhodei minha buceta para os amigo do meu filho contos eroticocontos na praia tirou o selinho da cunhadinha novinhacontos eróticos encoxada no ônibuscu delicioaocamiseta sem calcinha. contos de casada.minha mulher quer dar o cu p outro na minha frenteConto erotico Gostosoao Sarado familiaconto titio me fudendocoroas ensaboando cacete do jovencontos eroticos pai filha e genro contos eroticos fui corno na lua de mel e gosteicontos eroticos adolescencia gayconto de cunhada evangelica putacontos eroticos de de me tinhas conquistando os avós incestocontos porno.vendeu o curelatos e contos de loira que faz menege no acampamentocontos eróticos com homens de pinto muito muito grande fora do normalcontos eroticos zt i: blackmailesposa devoradora de garotinhostenho a bunda gigante sou casada contosvi meu filho na punhetasogra chortinho provocando genro cozinha lavandoconto erotico tia putaContos eroticos mãe e filho na praia escura hqcontos eroticos cadada e puta do paicontoa gay - meu colega de quarto musculoso