Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MAMEI GOSTOSO NA ROLA DO VELHO BORRACHEIRO

Estava voltando de viagem e passei por um buraco na estrada e o pneu do carro estourou e parei em uma borracharia mais proxima para consertar o pneu. Daí apareceu um senhor de uns cinquenta anos, magro e com mãos enormes para arrumar o pneu que tava estourado.

Ele olhou para o pneu e já foi logo falando: esse pneu já era, dá sá uma olhada, estourou tudo. Na hora já perguntei pra ele se tinha algum pneu meia vida e ele respondeu que deixasse com ele. Pedi para ele consertar enquanto ia comer alguma coisa no buteco que tinha proximo da borracharia. Depois de uns trinta minutos retornei e vi esse senhor mexendo dentro do porta-luvas do meu carro e já cheguei falando: vc tá louco velho? tá mexendo no que aí?

Ele olhou pra mim rindo e falou: Cala boca sua bicha, me respeita! Sou velho mais não sou viado que nem vc!!!

Putz, na hora lembrei qu tinha uns filmes gays no banco de traz e acho que o velho viu... que merda!!!

Daí o velho me pediu desculpas por mexer no carro , disse que ficou curioso com os filmes e que não pegou nada de valor. Disse tambem que se eu não quisesse não precisaria paga-lo. Disse a ele que não gostei de sua atitude mas que iria paga-lo. Ele pegou a chave do meu carro, me olhou com cara de safado e disse: Se vc não me fizer um boquete bem gostoso eu não deixo vc ir embora? Na hora comecei argumentar que não era viado, que ele estava enganado e mais... Ele veio em minha direção e deu um tapa no rosto e falou: ou vc chupa meu pau ou jogo sua chave na bacia do banheiro e dou descarga? Com certa truculencia ele me puxou pelo braço pra dentro de um banheirinho e mandou eu sentar na bacia parou na minha frente e falou: Vc não põe a mão no meu pau, sá coloca a boca e a cara seu viado filho da puta!!!

Coloquei as mão pra traz e comecei a esfregar o rosto e mordiscar no seu pau por cima de sua calça de moletom e logo seu pau começou a tomar forma e logo percebi que o velho era um jumento, devia ter uns 25 cm de vara. Ele abaixou sua calça e pulou pra fora aquela tora deliciosa fedendo a sebo, nunca tinha visto nada igual, ele era grossa e cheia de veias saltadas, fiu pegar com a mão e levei outro tapa na cara e um xingo: Não coloca a mão seu bicha do caralho!!! O velho pegava aquele pau enorme e batia no meu rosto, ele fodia a minha boca como se fosse uma buceta, tirava o pau todo babado da minha boca e esfregava na minha cara e dizia: Tá aqui o cara que vc chamou de velho safado, tá fodendo, sua cara pra aprender a respeitar os mais velhos. Eu tava adorando aquilo tudo, ele levantava o pau e eu metia a boca no seu saco peludo, depois ele batia aquela tora na minha cara como se tivesse me castigando e para deixar o velho mais louco de tesão eu falava pra ele: Vai seu velho pauzudo bati esse caralho gostoso na minha cara, fodi minha cara seu safado, fodi...vai goza tudinho na minha cara, goza...

O velho ia a loucura com minha chupeta, depois de uns quinze minutos o velho tirou o pau da minha boca e lambuzou meu rosto com varios jatos de porra grossa deixando minha cara toda melada. Depois ele levantou as calça me deu a chave e foi pro boteco como de nada tivesse acontecido e eu limpei o rosto com papel higienico entrei no carro e fui embora com o cheiro da rola daquele macho empreguinado no meu rosto.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


excitada pelo meu tiopadrinho cuida da afilhada contos eróticoscontos porno filho do amigo secretocontos meu marido dxou o amigo dele me massagiarPorno contos familias incestuosas orgias tradicionaisCercada por varios contos eroticosComi+o+cusio+de+mia+sobria+de+dose+ano+conto+eroticoporno zofilia peitinho inchado sozinhasporno quente doido cara lasca buceta com cupassando lápis na bucetao comedor da escola conto eroticocomendo o cu da nova baba casadaamaconto erotico bolinada na infanciaconto trai meu marido na faxinaconto erotico mulher infiel e marido atentoconto erotico arrombei o travesti do baile funkcontos mamae mim ajudou com o pirozaocontos de negras sendo encoxadascontos eroticos marido mandando mulher saraCasada narra conto dando o cumeu amigo viu o bucetao da minha esposa contovoyeur de esposa conto eroticofudendonosicontos eróticos namorada tirou a roupaconto erótico velhacontos eroticos fudendo a mae travesticontos como dopar maridoconto troquei de papel com a minha mulhercontos eroticos minha esposa na baladaamanda meu marido.é corno mesmo contosque pintao tio come meu cu minha buceta minha bocaconto mingau. de porracontos gay com homens grandes e peludos terminadasTrasando com atiamadrinhas branca da bunda empinadaContos com comecei a usa fio dental e dar o cuzinhouma buceta enchada de ter cido estruprada samgrandomeu marido quer ser corno estóriacontos esposas na praiaconto erotico gay caipirafudendo a boca da namorada/contos eróticosTravessa gostosa lavando a b***** em casa com cama escondidaContos eroticos de garota que perdeu o cabaço com o bandido a mãe a observarconto cacete grossoConto o dia em que meu tio me engravidouContos de travestis pauzudosminha filhacontos tava dormindo e eu comi elacomprei a Cristina da mãe bêbada contos eróticoswww.contos vendo mulher fudenosogracarentepornocontos eroticos gretei quando minha bbuceta edtava sendo arregassadanem peitinho teen grita na pau do voContos eroticos baile funk estupradacontos fui visita meus tios ba fazebda e torei minha priminha de doze anosconto erostico cASALCOM UM MOLEGUE EM CASAOlá , meu nome é Tati sou morena , alta , magra , pois bem , vamos ao contoConto erótico comendo cuzao da mãe e filha bunda grande ru e a amiga da minha esposa contomamae levou meus amigos pra acampar contos eroticoschupou pau de flanelinha dentro do carrocontos erotico maes cavalas d bikini n piscina .Sou novinha e putinha boqueteirá do papai contoseroticoscontos de casadas quer menageconto erótico de mulher traindo marido com amigo taradocontos arrombei o cu da minha alunagrelluda pirocana qaredeo pau era muito grosso doeu muito Contos eroticos de policiais sacanapunheten o rabo da minha esposamorena cor janbro deixan goza dentrominha piroquinha dura no cu do molequemulher comendo acolega con qlitores grndedeixei a nifetinha me mamar contosconto gay meu sobrinho júniorcontos eróticos meu segredo