Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

REVISTAS NA CASA DE UM AMIGO DO SITIO







REVISTAS NA CASA DE UM AMIGO DO SITIO.



UM amigo da cidade que gostava de tomar banho na cachoeira da panela, sempre se insinuava para mim quando ia à cachoeira, mas eu ainda não tinha coragem de tocá-lo nem de olhar com firmeza para a imensidão de seu pau que com 19 anos já possuía um pau de aproximadamente 19 cm. Um destes dias ele me convida para ver algumas revistas pornôs que tinha na casa dele.

No dia seguinte eu fui à casa dele para verificar. Começamos a ver as revistas. Ele foi logo ficando de pau duro e dizendo que sempre transava com aquela garota da revista. Perguntei se ele conhecia. Ele respondeu que não precisava conhecer, transava mesmo assim. Perguntei-lhe como, já para ver a intenção dele. Não teve demora tirou a roupa e começou uma bela masturbação. Eu fiz menção de pegar no pau dele e ele não deixou, sô gostava que eu assistisse sua masturbação



Dizia-se hetero e adorava se masturbar naquela posição. (Com a cabeça em um travesseiro bem alto, olhando para seu pau e as pernas dobradas com os joelhos para cima)



Percebi que ele quando estava perto de gozar levantava a bundinha deixando aparecer seu cuzinho. Não queria que eu tocasse nele, sá que eu observasse e sá me deixava botar meu pau para fora quando estava bem práximo do gozo. Esta cena repetiu-se por três dias seguidos. Até que no quarto dia ele empinou tanto a bundinha que vi seu cuzinho se contraindo.



Botei meu pau para fora comecei minha masturbação.



Ele olhava desesperadamente para meu pau até que levantou as pernas e ficou de frango assado. Não resisti vê-lo naquela posição e imediatamente encostei meu pau no seu cuzinho e já todo meladinho não tive nenhuma dificuldade de penetrar meus 18,5 cm no cuzinho dele.



Cada jato de esperma que lançava era uma mordida que seu cuzinho dava em meu pau fazendo me gozar deliciosamente.



Depois de sua bela gozada, que ele voltou ao seu normal.



Olha para mim e de diz:



- Porra! Cara você me comeu.



Depois deste dias ficamos sempre vendo inicialmente as revistas e concluíamos nossos prazeres com uma boa troca.



Outro dia fui sem saber se ele estava em casa.



Para minha felicidade encontrei seu irmão de 22 anos. Mandando-me entrar sem demora. Estava de sá de cueca e seu cacete visivelmente aparente com todas as formas. Não resistir ficar sem olhar fixamente para aquilo. Perguntei pelo seu irmão e ele me respondeu que logo chegaria havia ido à farmácia comprar um lubrificante para ele.



Eu me fazendo de inocente. Disse, na farmácia ou no posto? Como? Comprar lubrificante na farmácia? Meu pai compra lubrificante no posto.



Ele disse:



- Bobinho, o lubrificante que eu quero é um deste aqui. Abriu a gaveta e me entregou um tubo de gel quase no final.



Agora estou entendendo para que é o lubrificante.



- Mas aqui ainda tem muito.



Ele disse:



- Muito sá se for para o seu que para o meu sá da para passar na metade.



-- Nossa!



Nisto ele já estava de pau quase pronto perto de sair da cueca.



Destampei o tubo e espremi um pouco em meu dedo e fiquei passando o dedo na palma de minha mão dizendo:



- Porra! Desliza mesmo.



- Nisto eu já vejo é a cabeça de seu pau chorando já do lado de fora do coes da cueca. Olho fixamente para aquilo e digo:



- Realmente precisa de muito lubrificante.



Ele então me diz:



- É que você sá esta vendo a cabeça, olhe aqui o resto.



Lançando em seguida todo aquele monumento para fora.



Não resisti, fixei o olhar ele tomou o tubo de gel de minha mão arrastando-me pra perto dele e espremeu uma boa quantidade do gel na cabeça de seu pau e disse:



- Agora termine de passar ate em baixo este retinho é para depois.



Fui logo com minha mão passando suavemente naquele cacete, bem duro, massageando aquela bem feita e brilhosa cabeça.



Ele levantou-se de repente para fechar a porta, quando voltou já foi tirando toda a cueca e me pegando por traz arriando minha bermuda e beijando minha bundinha.



Foi abrindo as minhas pernas e metendo a mão por debaixo de mim, pegando em meu pau que já estava em tempo de estourar. Passou então a lamber meu cuzinho. E tentando morder as beiradas de meu cu.



Eu no desespero. Ele foi subindo, lambendo minhas costas até seu cacete bem duro encostar bem na portinha de meu cuzinho que já estava ardendo de desejo.



- Vou comer seu cuzinho agora, vou enfiar meu pau todinho neste cuzinho gostoso. Você vai gozar bem gostoso como meu pau todo enfiado neste cuzinho



Fui abrindo as pernas e empinando minha bundinha deixando aquele monumento entrar deslizando suavemente dentro de mim. Ele metia e tirava lentamente, eu sentia a entrada desde a cabeça até quando seus ovos encostavam na minha bundinha. Eu ia rebolando empinando cada vez mais o deixando louco de prazer, pedindo que ele metesse toda.



- Mete toda vai mete todinha, me come com este pau gostoso. Fode, tudo vai, com este cacete bem lisinho deslizado dentro de meu cuzinho.



De repente ele troca de posição me fazendo cavalgar em seu pau. Colocando-me de frente para ele, deixando meu pau roçando em seu peito liso.



Eu cavalgava feito um louco cheio de prazer. Ele me pedia para gozarmos juntos.



Chegando à hora do gozo, juntamos nossas línguas uma lambendo à outra. Quando sinto o pulsar de seu cacete dentro de mim.



Ele me apertar de encontro a ele, momento que dei aquela gozada. Melando todo seu peito.



Ficamos agarradinhos nos deliciando com nossas línguas ate nossos paus ficarem adormecidos.



Caso goste deste conto, faça seu comentário e enie parameu e-mail -

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


ler contos eroticos de casais fudendo dentro de cinemas com outros homensmae short filho conto incestoqueria ser cornoconto erótico de incesto de sobrinha e tio casa de conto meu tio morre de ciumes e amor por mimcontos eroticos fui comida por varios homendcontos eroticos chantageada pelo meu patraomeu primo e minha amiga contos eróticosContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorconto erótico ajudando a irmã na faltacontos de incestos quebrei a pernaContos eróticos incesto teens tomando banho com meu paicontos eroticos gratis de minha madastra juliana parte dois minha cunhada traindo meu irmao com o patrai contoshome subimisso bebi xixi da rainha contos eroticos minha esposinha e o inquilino velhovou castigar seu cuzinhoConto erotico minha esposa e meu amigo em minha casa depois da festa... Fingi estar bebadomalhando bundundahomem gritado de dor porno abertando suas bolasconto erotico iateeu com 18 anos de idade eu era virgem da minha buceta e virgem do meu cu meu irmão ele tem 22 anos de idade no final de semana meus pais eles viajaram eu fiquei sozinha em casa com meu irmão a noite eu so de babydool eu entrei no seu quarto eu deitei na sua cama do lado dele meu irmão perguntou pra mim se eu queria perder minha virgindade da minha buceta com ele eu disse pra ele eu quero perder minha virgindade da minha buceta com você ele me deu um beijo na minha boca eu tirei meu babydool ele chupou meu peito ele disse pra mim sua buceta virgem raspadinha e linda ele começou a chupar minha buceta virgem eu gozei na boca dele ele disse pra mim pra eu chupar seu pau eu comecei a chupar seu pau ele foi metendo seu pau na minha buceta virgem que sangro ele começou a fuder minha buceta eu gemia no seu pau ele fundendo minha buceta eu gozei eu disse pra ele fode meu cu virgem conto eróticocontos eroticos eu e meu padrastoficou vixiada bo inxestoconto erotico meu chefe me comeu meu marido consentiumeu padrasto fou no meu quarto vcontoscontos eroticos sou crente mas tenho um fogo no cuLuizinho meninos novinhos um transando com outro pela primeira vez de dois primos transando comcontos dexei minha mulhe tomando no cu na minha frenteEngolindo a piroca do irmozinho contoseroticoscontos eroticos namoradovideo de sexo fetiche mastubaram a buceta dela com varios consodos grandesloira louca por pau gg contosdei minha buceta no cinema .contos eroticostravesti jhuly hillsconto erotico peguei minha mulher fudendo com os amigos que vieram passar o carnaval em casaconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeuContos erótico filhinha gosta de mamar picaminha esposa revelou ser muito safadaContos er¨®ticos duas rolas no mesmo buracocontos eroticos "foi me abrindo"contos eróticos dopando meu sobrinho gay dormindome casei com um cornohttps://cheapjerseysfree904.top/celebritysexstories/conto_23892_sexo-e-podolatria-no-cinema.htmlcontos eroticos comi toda a familiaconto erotico mae se bronzeando a bunda pediu p filho passar bronseador no rabona casa de swing recife contocontos eroticos gays viagem de ferias para fazenda com dotadocontos eroticos a diretora novinhaprimeira vez com o primo gay contocontos de coroa com novinhoconto erotico comerao meu cu enquanto eu dormiafui encoxadaConto gar drogado come travestiContos eroticos assanhadasconto veridico realizadocontos eróticos virei cdzinha do vizinhoconto erotico corno puta e paiConto eroticos de pai e filhacontos eroticos de sogro comendo noraassistir filme pornô mãe então você tá grande meladaconto erotico peguei meu marido trepando cõm minha irma na camacontos eroticos de costureira de roupa de adolecente homemcontos siririca com docecontos cu docetroca troca no orfanato contos eróticos gaycontoseroticos foi devorado pelo negao cacetudo no baile de carnavalContos eroticos peguei a manacontos eroticos vizinha curiando por cima do muroContos eroticos com animaiscontos de safadas com padastrosconto como tornar cornocontos da mãe a lamber a cona da filhacontos eroticos adoro beijar meninos novinhoswww.contos encoxadas em vendedorascontos eróticos minha mãe fazendo caridadeNegao gozo no meu cu geycontos erotico o menino eo meu maridobaixinha de 1m 60 porno boa fodatravesti gritando pidido porra no seu cucontos tia vai foder gostoso isso delicia vai isso