Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PUTARIA NA SALA DE AULA.

Sou professor universitário e tenho 27 anos, essa foi mais uma das muitas historia que tenho ao começar a lecionar. Não sei o porquê o fator de ser o professor despertam interesse nas alunas, mas enfim. Em uma manhã de uma quarta-feira chuvosa e fria apás o termino de uma aula no período matutino de uma classe de administração uma aluna (por sinal a mais gostosa da sala) Daniela era seu nome loira, 19 aninhos, olhos castanhos, 1,70m, seios pequenos e firmes, mas com uma enorme bunda chegou ate minha mesa apás todos os demais alunos ter saídos e disse: “- Oi professor, tenho um presentinho para o sr.” eu lhe disse “ – serio , que legal, o que é” e ela simplesmente tirou a calcinha na minha frente me entregou e disse “ - esse é o primeiro de muitos presentes que vou te dar gostoso” era uma calcinha minúscula vermelha e quase transparente, segurei aquele belo presente e no momento fiquei sem palavra com o fato, já havia sido assediado varias vezes por alunas mas não desta forma. Daniela saiu da sala rebolando aquela enorme bunda. Fiquei louco de tesão como aquela putinha foi ousada me deixou sem palavras e com o pau duro. Dormi cheirando aquela calcinha e bati uma gostosa punheta imaginando: “seu eu pego aquela loira gostosa, ia meter gostoso, faria dela minha putinha”.

No outro dia uma quinta-feira de sol, estava eu em uma outra sala, mas não parava de pensar naquela aluna gostosa, foi quando no final da aula estava terminando de guardar o meu material e todos os alunos já haviam saido ouço um “ – psiu, oi professor gostou do presente?” era ela com um vestidinho rodado preto de pano mole e leve, e com aquela carinha de safada, nem consegui responder, fechei a porta e a agarrei e lhe dei um longo beijo e ardente, ela suspirava e alisava meu cacete, coloquei meu pau para fora e ela fez o seguinte comentário com uma sensual voz quase que sussurrando: “- nossa, eu e as meninas comentávamos que devia ser grande, mas é enorme.”, mal terminou a frase e abocanhou o meu cacete iniciando uma deliciosa chupeta, fiquei maluco de como chupava gostoso aquela loira vadia. Apás ter chupado por longos 5 minutos eu há coloquei de quatro e comecei a meter a língua naquela bucetinha gostosa e molhada, ela gemia loucamente “-isso gostoso mete a língua na minha bucetinha, me fode com essa língua gostosa”, pedi para ela gemer baixinho para que ninguém ouvisse, ela obedeceu e mordeu o pano do vestido para abafar os gemidos, ambos já não aguentávamos mais quando ela disse: “- me fode professor, estou louca de tanto tesão não posso aguentar mais”

Meti meu cacete dentro daquela xaninha molhada , um vai e vem delicioso e ela rebolava e pedia para que eu colocasse tudo dentro dela, metia tudo ate o talo e começamos a meter com mais intensidade e com movimentos rápidos ela gemia gostoso.Tudo isso era uma loucura mas estava delicioso aquela ventura, ela pedia varias para meter tudo sem dá, eu obedecia cegamente, foi quando me surpreendi com mais um de seus pedidos:” – coloca esse pintão gostoso no meu rabo e come meu cuzinho apertado, pois ele ta piscando querendo a sua rola ” imediatamente obedeci a sua ordem, passei a língua no naquele cuzinho delicioso para lubrificar e mandei vara, estava um pouco apertado e ela pedia para ir devagar, mas depois que entrou tudo, ela pediu para que eu metesse com mais força. Nossa que delicia que era Daniela uma verdadeira puta, depois de comer sua buceta e seu cú de quatro, sentei na cadeira e ela veio por cima, estava cavalgando na minha rola com uma vontade imensa de esfolar a buceta e dizia:

“ – esta gostando da sua aluninha safada gostoso, sempre tive vontade de dar para você assim, aposto que nunca fez uma loucura destas antes”. Ela começou a sentar com mais força e eu com o dedo todo enfiado naquele cuzinho gostoso que já estava mais laciado depois de meu cacete ter passado por lá , estávamos num tesão tão alucinado quando ela disse:” – ai....vou gozar , mete mais rápido prof, mete vai.” comecei a meter mais rápido e com mais força, quando senti a porra dela escorrer pela minhas pernas, e sem sair de cima continuou ate que chegou a minha vez de gozar “ – ahhhh que delicia” suspirei depois dessa deliciosa foda .Subi a minha calça e fui surpreendido com um novo presente de Daniela, desta vez a calcinha era preta e estava molhadinha muito mais que a outra. Saímos da sala sem levantar suspeitas e ao deixa-la no estacionamento da faculdade trocamos telefone.

Isso ocorreu no inicio deste ano de 2009 e nás marcamos vários encontros e metemos muito, pena que chegamos ao período de férias.

As meninas que tiverem interesse em me conhecer é sá me add no msn ou me mandar e-mail: [email protected] tenho 22cm de rola e quero putinhas assim como a minha aluna Daniela.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Comi+o+cu+da+mia+professoraconto+eroticoContos ajudei o meu amigo a comer minha filhacontos eróticos morando com filhosexo contos deposito de porraContos eroticos-lesbica plugcontos eróticos corno no acampamentoFui bolinada por debaixo da mesa na presença do meu marido. conto eróticodiana sentindo pica pela primeira vezcontos eroticos incesto na fazendacontos eroticos com orgia de cdzinhastempo minha filha gostosa e g************* do c* dela contos eróticoscontos eroticos com acordei com meu cachorro me penetrandocontos/ morena com rabo fogosocontos adoro pau desde pequenaconto entreguei os pés da minha mulher para um amigocontos no orfanato gayenchi minha buceta greluda de pora pro mru corno chuparConto erotico novinho cdAmigos batendo punheta conto eróticonatalia do ceará chupando o pauconto erotic dei a buceta pro policialeu minha namorada e uma amiga carioca conto eróticocontos eróticos gay na camconto porno tempos de senzala gayconto erótico corno limpando porra humilhadoVer buceta mulhere mas buntuda do mundo ler contos de sexo de mulheres sendo chantageada na estrada por dotadoscontos eroticos fiz minha mulher transa com seu filhoconto em casa com minha mãe com cada roupinhas que me deixa louco que xereca ela temconto. acordei com a rola dura e cumi minha irma casadaconto amigo do meu pai tiro minha vigidade gaycontos de padrinhos com afilhadasConto incetos eu comi minha irmãzinha a forçacontos eróticos noiva virgem e grávida Eu contratei uma garota pra ela ser meu presente de casamento eu e ela e meu marido fomos pra lancha conto eroticocontoseroticos irmão virgem Contos eróticos amiga da minha mae me tirou a virgindademeu amigos me bateram e me fuderam conto gaytravesti vizinha surpresa contos eróticoscontos eroticos de pintorcache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html Conto erotico padre e caescontos eroticos exibicionismotirei o cabacinho do viadinhocontos eroticos mamas tetas puta peitos nicolecontos de vizinhos velhoscontos eróticos. bdsm mestre tudo que meu mestre mandar 3Conto erotico lesbica fode uma menorSou casada fodida contoMe comeram ao lado do meu namoradocontos eroticos a bucetinha depilada da minha maecontos eróticos gozei na boca do meu maridocontoerotico comi o cu da minha tiamae viuva nao aguenta de tesãoe da pro filho o cu deixa gozardentrocontos eroticos dei o cu na marra lua de melConto incesto chicotadas no rabao da filhaconto eurotico namorada chupeteiramorena de micro vestidinho na estrada de carro da carona pró homem danada da minha cunhada louca pra darsou magrinha casada e os amigos do meu filho me coreram e eu adoreicorno chupa caralho contosconto gay erotico o pedro me comeuporno oooooo vai vai aiii caralhoconto gay dei dinheiroconto gay meu melhor amigo de 37 anosComtos erotecos de imcesto minha mae sentou no meu coloconto erotico cumendo cu da minha cunhada novinhapessoas fazendo sexo gostossooooContos dando para o molequeContos eróticos gay camisa socialpornô doido p*** fazendo fio terratenis irma conto eroticocontos chupando varios caralhos negrosgaroto vou gozar enchi de porra gay contoconto comendo a dona do barcontos eroticos um negro me arrombandocontos eroticos de estrupamendoestava dopada e acordei com a buceta cheio de porra contocontos encostei no onibusfiquei de 4 e ele montou socando xingandocontos madrasta acediada pelo enteadocontos eroticos chantagem na escolamiha mulher querendo duas pica contoscontos eroticos com foto empregada rabuda baixinhacontos eroticos lesbica amarrada por inimigavidios pono filho fode amae antes d ir a faculdadvisinhalesbicaconto etotico antebraco na vaginaMeu namorado contos eroticos gaymenininhas fudendo com vários cachorros contos eroticoscavalo pampo aregasano a boceta da mulhercontos eróticos minha esposa perdeu a virgindade com o marido da irmã Mega gozada na boca contos