Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FODENDO AS MÁQUINAS



Estava numa festa, com minha mulher, e tomamos o maior porre. Saímos, eu dirigindo e ela ao lado, com um vestidinho preto e curto. Isso foi por volta da três da manhã, e a cidade estava praticamente deserta.

Assim que saí, numa grande avenida, eu, tonto de tesão e de cachaça, meti a mão entre suas pernas, subi até a bucetinha quente, pus a calcinha de lado e comecei a boliná-la. Ela se contraiu para trás, soltou o cinto de segurança e meteu a mão esquerda sobre minha braguilha, sentindo meu pau, que já quase arrebentava das calças.

Ela se desmanchava ao toque de meus dedos e, enquanto delirava na masturbação, abriu desesperadamente minhas calças e caiu de boca no meu pau. Senti aquele morno quente, úmido, aquela boca que me sugava com uma volúpia tremenda.

Ao se abaixar, ela ficou de lado, e deixou a bundinha exposta, com uma calcinha fio-dental, que baixei, voltando a enfiar os dedos em sua buceta sedenta, molhada, doida por uma penetração. Cuspi num dedo e fui enfiando ele no cuzinho dela; ela rebolou, mordeu meu pau levemente, e pegou minha mão. Achei que fosse tirá-la de lá, mas ela a empurrou mais, para que o dedo entrasse por completo, enquanto ela enlouquecia e quase devorava meu cacete.

De repente ela se levantou, olhou para mim com uma baita cara de vadia e disse:

- Pára o carro; pára...

Entrei prum terreno baldio, escuro, um puta lugar perigoso, mas a bebida e o tesão já não deixavam mais a gente pensar.

Deixei carro ligado, com o condicionador de ar acionado, e afastei o banco. Ela arrancou a calcinha e sentou no meu pau, com as costas batendo no volante. Abri suas nádegas e voltei a enfiar o dedo no seu cuzinho. De repente suspendi mais o tronco, para chupar seus peitos, que saltavam, duros, para fora do vestido. Ela afastou as ancas para trás, e a marcha do carro vibrou em sua bundinha. Notei que ela estremeceu. Apertei a embreagem e puxei o câmbio mais para perto, encostado-o em seu cuzinho. Ela delirou, olhou para mim com uma cara de assustada. Acelerei o carro e a vibração aumentou. Sua expressão mudou, virou tesão, derretimento. Empurrei-a para trás, e notei que a ponta da marcha começava a forçar rua roelinha, fazendo-a dilatar. Ela começou a rebolar, a endoidar. Tirei-a um pouco, cuspi na mão e passei o cuspe na marcha, sentando-a novamente. Meu pau já estava fora de sua buceta, e eu me masturbava, assistindo ao espetáculo, me segurando para não gozar. De repente ela falou:

- Acelera; acelera...

Voltei ao ponto-morto, acelerei e pressionei seu corpo contra marcha; ela deu um gemido, a marcha entrou, ela enlouqueceu de tesão. Me afastei, levantei o quadril e meti o pau na boca dela. Ela se derretia a foder com a marcha, se masturbar e me chupar.

Agarrei seus ombros e comecei a empurrá-la para trás, enquanto ela fazia força para frente. No começo doeu, mas logo a marcha entrava e saída de seu cu esfolado, cada vez mais rápido, e de vez em quando ela tinha de parar de me chupar para gemer, de tanto tesão.

Gozamos deliciosamente. Enchi sua boca de porra, ela gritou feito maluca. Saiu da marcha, que estava úmida de saliva e dos líquidos de sua bucetinha que, de tanto tesão, molhou até o câmbio.

Depois disso, transar no carro tornou-se um fetiche para nás, que vivemos outras histárias delirantes dentro da máquina, mas isso fica pra depois.







VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


xoxota as infinitasvizinha abrindo a cortina contosaniversário mãe filho contos eróticostocando punheta no maracanacontos de menininhas sentando no colo de homenscontos de incesto dez anoscontos eróticos gay taxista Santarém Paráporno nas baladas de contagem novinhascontos eróticos uma gozada épica com o irmãoContos eroticos/dp com a ninfetinhaconto toplessContos eroticos esposa novinha com marido e amigo pintudohttps://cheapjerseysfree904.top/celebritysexstories/conto_4641_madura-carente.htmlfui putinho do padre gayPorno de irmão visita a irmã cidade massagemcontos eroticos esconde esconde garoto maiorgay e travesti.momentos novo punhetaestoria de cantos erotico novinha sentou no colo do Homem dentro do ônibus na viagemConto erotico vizinha bobinhacontos eroticos menininha com dois pausContos Eróticos um Negão me comeuCorno leva a mulher ao cinebolsoCamila minha enteada com a b********sou a putinha do bairrofiz troca troca com minha mae bundudavideo fui brinca de lutonha acabei gosandoConto comi cu velhaxvidios cumhada cavalona motelcontos eroticos srntar no colo inceztoComtos heroticos da cunhadinha viviane dando pro cunhado reinaldorelato erotico meu filho me secava doiscontos eróticos de Áfricacontos de incestos quebrei a pernacontos eroticos enquanto eu como o cusinho da minha ex minha atual mulher chupa a bucetinha preta delacontos de cú de coroa religiosaDe repente...minha mulher fodeu com todoscontos eróticos minha esposa e eu no restauranteMimha vizinha gostosa de short de lycra curto preto contosconto erotico eu e sil sua mae contos eroticos dominadoras tapasconto erotico dopei minha filinhacontos u caras muito bemdotado arobou a buceta da mia mulhe na mia frete contosvoyeur de esposa conto eroticoeu confesso quero lesbica dommeContos eroticos assistindo tv akigo do meu maridocontos eróticos minha esposa com a calcinha cheia de p**** chegou em casacontos eroticos padrasto pausudo com menininhasmulher melancia de cinta liga e espartilhocontos sonífero na esposa coroa Eles não me viran mas flaguei o caseiro comendo o rabo da minha esposacontos eroticosdescobrindo o amorconto comi o cu da cuzuda velhacontos afastei a causinha da mamae enguanto ela dormiasubrinho transa com a tia peitudaeu e minha mulher somos moreno meu filho loiro sou corno ?conto erotiico com velho preto do pau montrocontos eróticos dei cedocontos de maridos que de tanto insistir viraram cornos e viados no mesmo diahome acordo de manha com uma bela chupada do paucontos erotico gay negro dando pra brancocontos eroticos comendo a tabata mulher do amigovideos de palmadas fortes na buceta e na bunda peladacontos sexo com duascontos o cheiro da rola do papaicontos eroticos adoro um pau grandecontoseroticosasmeninas quero ver Márcia cama na buceta e gozando quero ver Márcia cama na buceta e gozando quero ver Márcia acabando a buceta e gozandomorena cor janbro deixan goza dentrocontos eroticos esposa na casa de swingcontos eroticos dei pa paga dividaconto erotico primeira vez que vi meu pai peladooferece casa para meu sobrinhoconto erotico de entidas e gravidaContos erotico ksada de mini saia cuzinho no buzao o pai da minha amiga é um tesão contos eróticoscontoseroticos irmoes e irmã no assaltoContos zoofila comi mia professoracontos eroticos minha mulher me mandou pra farracontos eroticos marido capachocontos eróticos orgias biConto erodico minha esposa ce masturbacontos eroticos crossdresseres na escolaAgarrando o pênis com tesãomeu avô rasgou minha bucetaconto erótico minha esposa caiu na ciladaso grelu esticadoContos gays arrombado na borracharia por varios usando fio dentalcontos eroticos com absorventemeus amigos me comeram sem do gay contos eroticosconto gay zoofilia com galinha