Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

BRINCADEIRAS DE ADOLESCENTES

Brincadeiras de adolescentes



Qunado eu tinha 19 anos morava com meus primos em uma casa bem isolada que ficava perto do Lago Paranoa em Brasilia.

Nos bricavamos no lago com os filhos dos vizinhos, nessas brincadeiras os meus dois primos mais velhos( o Augusto de 19 e o Victor de 19 ) sempre davam umas encochadas na gente por de baixo da agua, o normal era a gente sair fora e dar umas gargalhadas e chingar eles, mas uma vez eu levei uma encoxada do Augusto e fiquei quietinho, so estava eu e ele o resto do pessoal estava fora da agua, eu ate dei uma esfregadinha no pau dele, O augusto ficou meio assustado e saiu da agua.

Um dia os adultos foram todas para a casa da minha avo em Minas Gerais e deicharam a casa por nossa conta. De noite o pessoal ja estava pensando em fazer uma festa, mas a gente queria aproveirtar de dia tambem. O Victor alugou uns dois videos pornos e colocou na sala com tv de plasma gigantesca, os filmes eram totalmente heteros mesmo assim eu me excitei muito vendo o pau dos meus primos e do Otavio(um dos filhos do viszinhos de 19 anos, meu amigao), NInguem percebeu que eu olhava para os paus mais do que para o filme menos o Augusto que me olhou no fundo dos olhos. Fomos para o lago, deu para ver que a sunga do Victor estava toda melada de gala. Depois daquele dia o Augusto nunca mais brincou comigo de uma forma digamos gay, mas sei la, o alcool e o filme o deixaram mais desinibido do que ele costumava ser. Ele chegou em mim me agarrou por tras e encostou o pau na minha bunda e ficou coladinho em mim:

-Voce gosta disso nao gosta veadinho

-urg, sa-sai August-to

Ele entao enfia a ma dentro da minha sunga e pega o meu pau que estava duro como pedra

-entao o que e isso

-e por causa do filme

Ele começa a me masturbar e beijar o meu pescoço, meu corpo foi ficando mole e eu pensei que iria desmaiar.

Entao o Victor diz:

-Que porra e essa que voces estao fazendo seus gays?

Eu todo sem jeito me afasto rapidamente

-E o Augusto de sacanagem hehehe

-Esse Augusto e uma bicha mesmo hehuehehe



De noite, um monte de mulher na casa dando em cima de mim, so tinha uns seis homens na casa e umas dez mulheres, entao todos os homens eram disputados.

Eu dispessei todas elas das maneiras mais criativas que pude, mas nao consegui despistar o Augusto, ele e super inteligente e atencioso. Nesse momento eu percebi que havia me tornado um alvo sexual para ele, um desafio, seu obijetivo era me comer mesmo ele sendo hetero. Ele pegou uma menina timida que voltou para casa bem cedo, algumas ficaram para transar com os caras.

Quando eu ja estava para dormir alguem bate na porta do meu quarto, eu imediatamente pensei que era o Augsto e o meu pau a foi fiando duro. Quando abri era o Otavio.

-Cara, nao tem como voce me emprestar seu quarto essa noite, tem uma gata me dando mole, eu acho que e hoje que eu perco a virgindade

O cara era meu amigao, nao tinha como eu recusar. Peguei minhas coisas, decepcionado por nao ser o Augusto e fui dormir na cama dos meus pais que era sagrada e ninguem iria trepar la de jeito nenhum. Quando eu tentei abrir a porta ela nao abriu, os meus pais haviam trancado. Fiquei com muita raiva e fui para a sala, o Victor estava dançando com umas duas garotas do lado de fora e estava maior barulhera. foi quando uma pessoa passa por tras do sofa que eu estava deitado:

-Ue! ta fazendo o que ai seu veadinho?

Era o Augusto so de cuequinha.

-O Otavio vai dormir no meu quato hoje.

-Dormir!? Tem certaza? Acho que ele vai fazer outras coisas tambem huehueue

-hehehe provavelmente.

-Bora dormir no meu quarto, o Victor vai ficar nessa bagunça ate amanhecer

-...ta bom entao



Fui calado no caminho ate o quaroto dele que ficava em outra casa, mas ainda era parte da mesma propriedade, era mais longe, e ainda dava para ouvir a musica.

-Voce esta afim de mim, nao e?

-Como assim Augusto?

-Ja deu para perceber

-Eu se eu estiver, vai querer me comer igual as suas mulherezinhas

-Nao, voce e a minha bichinha, deve ser tratada com carinho. Mulher tem aos montes, mas um viadinho gostoso igual a voce e dificil de achar

Falando isso eu parei olhei para ele, ele ficou olhando para mim, se virou abriu a porta da casa:

-Vamos

Qunado chegui no quarto dele ele estava sentado na cama, uma cama de solteiro e nao havia outra cama ou um colchao para mim.

-Eu vou dormir no sofa Augusto?

-Entra e tranca a porta.

Eu entrei e fiquei olhando para ele, silencio!

-Tira a roupa

-hãm?

Eu fiquei meio desnorteado, entao entendi o que iaria rolar naquele quarto. tirei lentamente minha camisa e olhei para ele que prestava atençao a cada movimento meu.Naquele quarto meio escuro azulado e silencioso. Ele fiou o dedo entre minha bermuda e minha cueca e foi descendo lentamente, eu o ajudei a tirar a bermuda e estavamos os dois so de cueca. Ele levantou da cama e me abraçou bem forte, eu levei um susto foi a coisa mais rapida que acontece nos ultimos minutos.

-Promete que se a gente fizer isso nada ai mudar depois?

-Eu promeuto Au...

Eu desci minhas maos pelas costas dele ate chegar na cueca dele e a abaichei e peguei na bunda dele, queria mostrar que eu tambem estava afim. Eu dei um beijo na boca dele e senti a lingua dele invadir minha boca com desejo. Eu tinha dado carta branca para ele fazer o que quisesse comigo, ele foi me beijando ate a orelha e disse baichinho:

-Me chupa

Eu fui bijando o pescoço dele e fui decendo, dei uma lambidinha no mamilo dele, lambi toda abarriga dele e senti um gosto salgado de suor, cheguei nos primeiros pelos pubianos daquele corpo malhado, mordi o pau dele por cima da cueca. Eu a abaixei e peguei aquele pau gordo ainda sem estar totalmente ereto e o fui lambendo toda a glande, coloquei a cabeça na boca e ele foi endurecendo e entrando sosinho. Comecei a chupar para valer. Era bom ouvir os pequenos gemidinhos do Augusto. Ele me levantou, me encochou por tras e me colocou frente a cama. Eu deitei ele veio por cima abrindo minhas pernas(frango assado).Cospiu no dedo e foi enfiando o cuspe, ele me deichou todo lubrificado e foi colocando o a cabeça do pau. A sençao era bem diferente de qualquer outra coisa que eu ja senti, podia sentir ela quente e macia.Com minhas pernas abertas eu nao podia controlar nada, Augusto foi forçando bem de vagarinho, a cabeça forçava a entrada e foi entrando bem de vagar.Quando ela entrou totalmente eu apertei o anus. O Augusto percebeu e deu uma risadinha e eu tambem.O resto foi entrando mais rapido que a cabça e eu pude sentir seu pelinhos que pareciam ter eletricidade estatica. Ele começou a foder, uma vai e vem crecente e acelerado. Eu estava muito excitado e fechei os olhos. Derrepente senti a mao dele pegar no meu pau e começar a me masturbar.Nunca tinha sentido aquela sensaçao, parecia que o mundo havia sumido e nossos corpos tambem e so sobrou o desejo incontrolavel pelo Orgasmo.



Espero que tenham gostado do meu primeiro conto.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos de professor Gayeu sou solteiro eu sou empresário eu moro sozinho no meu apartamento minha linda e gostosa secretária casada da minha empresa eu sempre eu quis fuder sua buceta eu conversando com ela dentro da minha sala eu disse pra ela eu queria ter uma esposa como você pra morar comigo no meu apartamento ela disse pra mim patrão eu me separei do meu ex marido porque eu descobrir que ele tinha uma amante eu perguntei pra ela você que ir morar comigo no meu apartamento pra você ser minha esposa ela disse pra mim eu quero patrão ir morar com você pra eu ser sua esposa eu dei um beijo na boca dela eu levei ela comigo pro meu apartamento eu levei ela pro meu quarto ela me deu um abraço ela me deu um beijo na minha boca ela tirou sua roupa ela deitou na minha cama eu chupei seu peito eu disse pra ela sua buceta raspadinha e linda eu comecei a chupar sua buceta ela gozo na minha boca ela pegou no meu pau ela disse pra mim seu pau e maior e mais grosso que o pau do meu ex marido ela começou a chupar meu pau eu fui metendo meu pau na sua buceta eu comecei a fuder sua buceta eu disse pra ela sua buceta e muito gostosa de fuder eu disse pra ela agora que você e minha esposa eu vou fuder sua buceta todos os dias ela disse fode minha buceta eu fundendo sua buceta ela gozo ela disse pra mim eu quero dar meu cu pra você conto eróticoincesto meikilacontos gay educação fisicaconto aquela mulher mexeu na minha buceta cu teencontos de titio perocudo e esposacontos ereticos gozou dentrouContos gay com jogadorcontos tetas irmaconto erotico esposa hotelencaixei o cacete do amigo de meu marido q tava ao lado e nem percebeu contosmeus amigos me comeram sem do gay contos eroticosMeu tio me contou que tem vontade da o cuzinho para minContos domesticas casadas enrabada pela patroa com vibradorcontos eroticos sou coroa e gosto de garotaoconto erótico chantagem na matacontos eróticos na rola no ônibuscontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidoconto erótico espiando a esposa gostosa do meuamigoconto erotico gay coroa dominador castiga viado novinhobatendo uma punhenta para o marido sem calcinhacontos eroticos enrabada a forca pelo padre dentro da igrejatitiatezudaaluninha dando cuzinho virgem para o professor pirocudo contos eroticosSou Mamãe rabuda contos eroticosContos, eu convidei um foragido na minha casa e ele comeu a minha mulherrelato da tia grávida transando com sobrinhoMãe mamando filho contoseroticosprofessor cacetudo comendo o cuzinho do menino afeminado no banheirohomens velho gay contosConto erotico no sitio casa de dois comodosconto peguei a coroa dona do cormeciocontos eróticos bebendo porra sem saberconto erótico de mendingopornô com cavalos mangalarga fazendo com mulheres no cavaleteconto erotico calcinha no varalfiz ammor com minha irmacontos travesti e mulher casada juntas dando o cu pra homem e o cãorelatos eroticos reais corno manso e apoixonadomulher elevantando o menino com os braco e supando a rola deleo comedor da escola conto eroticoCarente acbei dando a bunda pro dog alemão contoconto erotico de o amigo de meu namorado me comeu na casa dele e ele nao viuCanto erotico do travesti com menino10contos eroticos gay meu pai de vinte e tres anos me comeu dormindo quando eu tinha oito anosconto erotico marido conta como esposa deu o rabo virgemcontos meu cuzinho aberto escorrendo porraconto erótico eguaconto erótico o capataz tarado pelo viadinho de calcinhacontos eróticos peguei o meu cunhado se masturbandocontos eroticos cu maconheiraconto ertico esibicionista biloiras fudendoconto eróticocontos eroticos submissa meu dono cortou meu greloconto erotico a gorda pagabdo a apostacorno ver mulher gemendo dando cu aoutro casa dos conto eróticosContos eroticos comeu o cu da irmã q estava entalada debaixo da camafilmando a minha sogra de saia limpando a casacontos eróticos fudendova esposa e a filha do amigo contos erotis orgia bisendo chatagiada a fufer contos por amigocontos a novinha comadre carenteFotos de gostosas de vestidinho colado dirigindo carronamoro com transex me fez de eacravo contoa erpticoscontossexo minha mulher negro pausudocontos eroticos sou casada a segunda orgia para meu maridoContos eroticos ajudando meu tiu acudentado e vi o pau deleContos eroticos mamae rasgada dando p o filho bombadaoqueria ser cornoComtos mae e filha fodidas pelo empregado do maridoboqueteira gaucha contominha mae tava dando a buceta pro papai e fraguei contos eroticosconto erotico arrastaram minha namorada na festaChaves com tesão de Chiquinhacontos de sexo gay insesto depilaçãocontos eróticos dando por ex namorado a mulher do meu irmao putinhapeitinhos feito pera chupada pela amigaContos minha mulher mandando eu engolir porracomo eu faço pra apreparar minha buceta pra primeira relaçao sexualconto meu amigo me ensinou come o cuzinho da minha filinha pequenaconto ele ficou sabendo do tamanho da bucetaconto trai meu marido na faxinavideos de mulheres mamandoleitee no peito da outracontos eróticos de lésbicas tirando a virgindade das outrasConto erotico banho maeDona Florinda chupando a rola de Seu Madrugaconto pono de mulhe deiixa seu ammate negao tira sangue da suuua fiilhacontos eróticos tia no puteirocontos erotico gay primo transou com primorelatos porno incesto lasquei o cuzinho da sobrinha moreninha