Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O MELHOR CONTO DE INCESTO E ORGIA 13

O melhor conto de incesto e orgia 13



Pela manhã, minha sogra já tinha ido embora e estávamos eu, minha esposa, minha irmã, minha mãe, meu irmão e meu pai indo para o Guarujá. Ao meio dia estávamos em um churrasco promovido pelo pai do noivo para conhecer a nossa família, fui conversar com minha prima. Ela era deslumbrante: ruiva dos olhos castanhos e narizinho empinado. Quando éramos pequenos brincávamos de médico, casinha e tudo mais, eu aprendi a beijar com ela e ela comigo. Ela me chamou ao canto e disse: “Nossa priminha do interior contou o que houve entre vocês no banheiro”. “Eu não acredito, ninguém nesta família sabe guardar segredo?” e chegando a boca práximo ao meu ouvido sussurrou: “Eu quero também, para comemorar minha despedida de solteira.” E me largou lá no canto perdido em meus pensamentos: espera um pouco, o que o meu mundo se tornou, realmente as mulheres estão sentindo muita atração por mim, o que seria? Fui para perto da tia Ana, irmã do meu pai, e minha mãe que combinavam o que poderiam fazer no chá de panela, então me perguntaram se eu ainda conhecia os caras do Clube das Mulheres. Eu morei a minha infância ali no Guarujá e muitos dos meus colegas quando cresceram montaram um Clube das mulheres. Estes colegas, como eu havia comentado, iam fazer trabalho de escola na minha casa para ficar olhando a bunda da minha mãe. Depois de alguns telefonemas e negociações, estavam contratados para uma apresentação na casa da minha tia. Enquanto isso, o pai do noivo queria fazer uma festa de solteiro, porém não teria Striptease, apenas encheriam a cara e jogariam bilhar. Além de não conhecer o noivo, eu não estava a fim de fingir ser simpático em uma festa sem graça. Eu teria que dar um jeito de ir ao Chá de panela. Liguei novamente para os meus amigos e pedi que levassem mais uma fantasia para mim, entretanto teria que ser mascarado. A noite fiz um pequeno teatro alegando que estava com mau estar e escapei do bilhar, os homens da família foram. Então corri para a casa da minha tia onde meus amigos Marcos e Milton já me esperavam para entregar a fantasia, era a do Mascara, o personagem do filme do Jim Carrey, ela era boa que tampava tudo até os meus cabelos. Entramos na casa onde as mulheres estavam bêbadas, ligamos o som e todas gritavam e tentavam pegar nas nossas bundas. Começamos o striptease e logo estávamos de cueca. Tiramos as cuecas e ficamos nus, esta parte eu não sabia que existia, mas continuava de mascara, então o meu amigo pega um Spray de chantilly e passa no pau. O que ele iria fazer? E dá pra noiva lamber. Ela totalmente bêbada, lambe e da risada com a boca suja de chantilly. E assim continua adiante, Marcos coloca o pau com chantilly na frente da minha mãe que o engole sem cerimônia, o cara tinha realizado seu sonho de infância. Rapidamente coloquei no meu pau também e ofereci para tia Ana, que o chupou umas duas vezes, fui para a futura sogra da minha prima e a velha chupou como se fosse mamadeira. Meu amigo Milton já estava com a pica toda limpa por causa da minha esposa enquanto Marcos estava sendo lambido pela minha irmã. Um minuto depois, Milton, desta vez, estava esfregando o pau nos seios da mãe do noivo, Marcos deu um beijo na boca da minha irmã e eu estava com o pau todo enfiado na boca da minha mãe que brincava com a língua no meu membro ereto. Este troca-troca durou algum tempo e fomos embora. E Marcos me fala: “Cara, você deu o pau pra sua mãe chupar, que loucura, e que linguinha maravilhosa”. Que canalha. Então eu falei: “Você já tentou seduzir a sua mãe? Ela era uma puta, dava pro nosso professor de histária, pode ter certeza que ela esta louca para foder e você também Milton, sua mãe dava para aquele moleque que fazia entregas pro açougue, lembra? Todos da rua sabiam. Agora tente come-la. Vocês não vão se arrepender”. Os dois saíram com uma pulga atrás da orelha.

No domingo pela manhã, estávamos prontos para ir a igreja, eu iria dirigir o carro e aguardava a minha prima que não terminava de se arrumar. Todos estavam na igreja, foi quando a minha tia Ana, mãe da noiva, me mandou subir até o quarto da Sara no segundo andar e ela ficou junto ao carro. Ao abrir a porta do quarto vi minha prima vestida de noiva, ela esta linda, seus olhos brilhavam, seu vestido desenhando aquela cinturinha fina era de se apaixonar. Então ela diz: “Esta é minha ultima chance”. E me deu um beijo na boca. Que retribui gentilmente, era um beijo apaixonado, não de tarada ou safada, mas de uma princesa. Ela se abaixa na minha frente, abre o meu zíper e segura o meu pau com aquelas luvinhas brancas, ela então começa a me chupar e seus olhos ficavam olhando para os meus. As vezes ela dava um sorrisinho, mas colocava meu pau de volta a sua boca. Então minha tia gritou: “Vamos logo, filha”. Ela foi até a janela, afastou o enorme véu que o vestido possuía, levantou a saia e pude ver uma cinta-liga branca sem calcinha, enfiei meu pau lentamente na sua bucetinha, ela se debruçou na janela, colocou a cabeça pra fora e disse para a mãe: “Calma mãe, sá falta uma coisinha, o noivo não vai fugir.” E eu continuava a penetra-la por trás. Ela se virou e disse para mim baixinho: “Cuidado para não amassar o vestido” Ela fechou os olhos e: “hmmm...que delícia” tinha gozado, porém eu ainda não. Ela se ajoelhou na minha frente, engoliu o meu pau novamente e bateu uma punheta que acabei gozando na sua boca.Então, Sara se levantou, arrumou o vestido, limpou um pouco de porra que escorria nos lados dos lábios e disse: “Vamos?”... Dei um ultimo beijo...continua...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erótico gay brincandoVoltei gozada pro meu corninho contoconto erotico comviadinhoSo uso fio dental enfiado no cu.conto erotico femininoboquete na pista de skate conto eroticominha esposa safada casticou a sua mae mandou ela mim dar a rabo contos eroticoscontos eroticos esposa fumanteeu levei pro motel minha sobrinha virgem eu comecei a chupar sua buceta virgem ela gozo na minha boca ela chupou meu pau ela disse pra mim tio meti seu pau devagar na minha buceta virgem que minha buceta não é a buceta da minha mãe que você já fudeu conto eróticoMuller casada quer jumento para me ter nelaconto de comi o cuzinho da minha prima novinha que chorou com a pica grandexvidio amaciando a esposaconto erótico de padrasto tiraconto erotico corno puta e paicontos eroticos de Maezinha bobinha do amigis transando com jovezinhocontos eroticos syrubaschantageei minha mae contos eroticoscontos eroticos aluninhacontos eroticos colocontos eroticos como meu filho me conveceu a da meu cu pra eleTennis zelenogradXXx família nudista e suas meninastravesti bombom contos eróticosContos erotico Colega da empresa gostosaconto de não aguentei a pica grande de meu avôcontoseroticosextrastenho maior tesão pela minha tia velha contos eróticoscasa conto - eu minha namorada e sua amiga part 1meus tios uma historia real 1Contos fui nadar com minha avó acabei comendo elacontos eróticos não consegui evitar o meu irmão Contos eroticos encesto na adolescênciaconto erotico sou casada e adoro me exibirContos namorada e o velhocontos eroticos papai me perdeu no jogocontos eroticos gay me vesti de mulher pro meu machocontos de aluciando pela buceta peluda da maebanho de rio com a novinhacontos eróticoswww.meu filho mim comeu com doze anos contoQuando eu era pequena meu primo comia meu cu e eu peidavaeu com 18 anos de idade eu era virgem da minha buceta e virgem do meu cu meu irmão ele tem 22 anos de idade no final de semana meus pais eles viajaram eu fiquei sozinha em casa com meu irmão a noite eu so de babydool eu entrei no seu quarto eu deitei na sua cama do lado dele meu irmão perguntou pra mim se eu queria perder minha virgindade da minha buceta com ele eu disse pra ele eu quero perder minha virgindade da minha buceta com você ele me deu um beijo na minha boca eu tirei meu babydool ele chupou meu peito ele disse pra mim sua buceta virgem raspadinha e linda ele começou a chupar minha buceta virgem eu gozei na boca dele ele disse pra mim pra eu chupar seu pau eu comecei a chupar seu pau ele foi metendo seu pau na minha buceta virgem que sangro ele começou a fuder minha buceta eu gemia no seu pau ele fundendo minha buceta eu gozei eu disse pra ele fode meu cu virgem conto eróticoMeu genro quer me comer e agoramulher leva enrabado de cachorrovídeo do Seu Madruga metendo a pica no c* da Dona FlorindaPapai e titio comeram minha bundinha contos eróticoscontos fodendo senhora negracontos eroticos comi um viadinho de calcinhacachorro engatado até o talo cavadinhaContos erotico gay a rola surpresa do amigo nerdConto erotico minha esposa pagou pra ser fudidacontos eroticos podolatria chupando pes de noivas sfudedo a tia bombadacontos pornos irmas cadelascontos de mulheres pegano carona indo no coloconto erotico corno puta e paicomtos de incesto com subrinha na caxuera no carrocontos eróticos meu tio comeu a minha namorada escondido contos eroticos de mae com seus cavalos comfotover conto veridico minha baba abusado por minha babaprimeira vez que dei cu pedreirohomen dando cu para a gradeucasada tarada por caninocontos eroticos gay babydollsó contos eróticos de negra pingueludawww.espiando minha filha dormindo de camisola contoloiro do olho verde me fazendo um boquete gostoso perto da piscinaconto eróticos comi minha prima mae solteira carentequentes carentes cariocasmasturbando com as amigas contoconto erotico sou casada trabalho fora larguei mais cedo e pego minha unica filha mamando p pau do coleguinha de escolavideo porno cu virgem pau grande grosso aiiiii tira ta doendo sai paraconto erotico engoli 1 litro de esperma no vestiariocontos de mulheres que colocaram silicone no seioconto gay beijo melhor amigoconto punhetinha gostosaprima madura solteira na casa de praia contos eroticos pornocontos eroticos gays com advogadosmaisexo vidio de zoofilia com travestisconto erotico incestofilha sobrinha enteadaeu estava louco pra chupar atravesticadela piscando em uma metendo pica