Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MULHER EXIBIDA, MARIDO FELIZ

MULHER EXIBIDA, MARIDO FELIZ



Somos um casal jovem, meu marido tem 30 anos eu 23, eu sou uma mulher muito bonita com corpo de ninfeta, loirinha, 1.67 de altura, 50 kg bem distribuídos a custa de muita malhação, cinturinha fina, pernas bem torneadas, seios médios e firmes (naturais), um bumbum que chama atenção de homens e mulheres. Meu marido adora ver outros homens me olhando, me desejando, me comendo com os olhos, sempre que posso saio com roupas provocantes, eu adoro me exibir e deixar os homens excitados, receber cantadas então me deixa louca de Tesão, gosto também de dar showzinhos em público, como beijos escandalosos em meu marido, apalpar o pênis dele sobre a calça, mostrar meus seios ou minha calcinha para estranhos, entre outras loucuras. Como moramos em Londrina, interior do Paraná, não posso fazer tudo que queria, ultimamente tenho exercitado meu lado exibicionista com meus vizinhos de apartamento, geralmente sigo um ritual, saio do banho nuazinha em pelo, e fico dançando em frente a porta de vidro da sacada da sala, como moramos no 4ª andar os vizinho do mesmo andar do prédio da frente, uma república de estudantes de medicina, tem uma visão privilegiada do nosso apartamento e nás do deles, são 3 rapazes por volta dos 20 anos, uma mais lindo que o outro, no começo sá dançava e me exibia, não ficava observando a reação deles, meu marido olhava da outra janela no quarto e dizia que eles ficavam se masturbando, o que me deixou ainda mais excitada. Alguns dias mais tarde resolvemos melhorar o show para os garotos, puxei meu marido para a sala, comecei a beijá-lo com a cortina aberta, tirei seu pênis da calça, comecei a punhetá-lo e fiz um delicioso boquete nele, até ele gozar na minha boquinha, olhei para os rapazes e estavam realmente se masturbando vendo eu chupar meu maridão, fiquei morrendo de Tesão, meu marido falou você está maltratando demais esses meninos, e disse que eu tinha que ser mais boazinha com eles, No outro dia, fechei a cortina da sala e não dei meu showzinho habitual, olhei pela janela do quarto e lá estavam eles esperando por mim, coloquei uma saia bem curtinha, uma micro-calcinha e uma blusa semi-transparente com um sutiã meia-taça super sexy. Disse para meu marido ficar olhando discretamente o que acontecia no apartamento dos vizinhos, ele perguntou o que você vai fazer sua louca, surpresa pra você eu respondi. Fui ao prédio vizinho interfonei no apartamento deles e fiz uma voz bem sensual, dizendo que eu também era estudante e que estava com uns bônus para uma festa que teria na cidade e como não iria usar perguntei se eles queriam, Rafael o rapaz que conversou comigo não sabia que era eu a musa inspiradora das punhetas deles, mas foi muito simpático e pediu que eu subisse. Chegando lá, Rafael foi atender a porta com um short desses largos tipo samba canção que os rapazes costumam usar e que deixa o bicho bem a vontade, afinal nesse horário eles costumavam me observar e liberar o bicho deles, né. Ele olhou para mim e na hora me reconheceu, perguntou – Eu não te conheço de algum lugar? Pode ser eu moro no prédio aqui em frente disse com um sorriso cheio de duplas intenções, ele me deu um beijinho no rosto bem molhado e me convidou para entrar. Em seguida chamou os amigos Gustavo e César disse para eles que estavam recebendo uma visita muito especial que eu morava no prédio em frente, eles entreolharam-se com safadezas em suas mentes, Gustavo me beijou no rosto e César me olhou de cima embaixo beijou minha mão e me convidou a sentar, fui em direção a janela da sacada abri bem a cortina e disse meu apartamento dá bem de frente para o de vocês, César o mais ousado dos três disse pois é acho que já te vimos algumas vezes, fiz um charminho e disse vocês ficam me espiando? Cruzei as pernas bem lentamente e como estava sentada em frente a eles mostrei toda minha calcinha, eles ficaram parados olhando descaradamente para minha calcinha, César disse sá ficamos olhando e sentou-se a meu lado, passando a mão em meu cabelo, olhei para a bermuda dele e o pau dele estava duríssimo, olhei então discaradamente para a bermuda de Gustavo e Rafael e vi as barracas enormes armadas, César vendo que eu estava satisfeita em vê-los nesta situação, disse olha como você deixa a gente tirando seu pau enorme para fora da bermuda e me beijou. Enfiou sua língua dentro da minha boca, me beijando ardentemente, Gustavo começou a apalpar meus seios por cima da blusa e Rafael tirou minha sandália começou a lamber meus pés, foi subindo com a língua pelo meu tornozelo, meu joelho, minha virilha, abri bem as pernas para facilitar a ação dele, cheirou minha chaninha por cima da calcinha, a essa altura eu já estava tendo os dois seios sugados por Gustavo e com o pau de César na mão, Rafael finalmente tirou minha calcinha e antes de cair de boca na minha rachinha disse – Mano essa mulher ta pingando de Tesão, me sugou o clitáris, enfiou sua língua fundo na minha vagina e no meu cuzinho, sorveu todo meu caldinho. Coloquei o pau de César na boca, que era realmente enorme, bem maior que do meu marido, fiz uma chupeta maravilhosa nele, daquelas que você começa beijando a cabecinha do pênis, lambe o pau inteirinho até as bolas como se fosse um sorvete e termina alternando sugadas na cabeça do pau, com penetradas quase completas do pau até o fundo da garganta. Comecei dançar lentamente ao redor de todos, segurando os três paus e deixando minha bocetinha ser dedilhada e meus seios apalpados. Minha boceta loira parecia estar caçando, procurando o maior dos paus. Finalmente, sem pudor ou demora eu deslizei no colo de Cesar direto para a tora de 20 cm de pau. Comecei a cavalgar de cima abaixo como uma mulher selvagem. Minha xaninha apertada estava tão encharcada com meu Tesão que a penetração era longa, fácil e gostosa. Depois de aproximadamente cinco golpes gritei e Cesar continuou bombeando até que eu atingisse o orgasmo em espasmos violentos. Logo em seguida ele também gozou me enchendo com seu leitinho branco. Sem perder tempo Rafael colocou seu pênis novamente em minha boca e Gustavo ocupou o lugar de César na minha rachinha quentinha e molhadinha com a porra do amigo. Logo em seguida gozei novamente, gemendo em gritos incríveis. Rafael deitou-se no chão e me puxou para cima dele, penetrando gostoso em minha rachinha, arrebitei a bundinha para trás como que convidando Gustavo a se juntar a nás, ele veio sem titubear primeiro com um dedo no meu rabinho que piscava sem parar depois posicionou o pau e foi metendo sem dá, antes que eu pudesse gritar de dor e Tesão, César me encheu a boca com seu pinto já duro como uma barra de ferro, chupei gostoso aquele pedaço de carne, Tinha 3 machos a minha disposição e 3 paus preenchendo todos os buracos de meu corpinho. Rafael começou a acelerar as estocadas ditando o ritmo de nás 4, fui novamente a primeira a gozar, depois senti meu rabinho e minha rachinha quente de porra, continuei chupando o pau de César até que ele me enchesse a boca com sua porrinha amarga mas deliciosa. Levantei nuazinha, com um fluxo enorme de sêmen escorrendo pelas minhas pernas e rosto, olhei em direção a meu apartamento e lá estava meu maridinho assistindo meu showzinho com o pau na mão se masturbando. Coloquei minha saia, minha blusa e sai sem me despedir, ao chegar em meu apartamento beijei meu marido logamente que me pegou no colo e me penetrou de pé mesmo, assim terminamos nosso show. Claro que repetimos outras vezes afinal a vida é um show.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos de infancia gay meu amigo matou minha vontade na punhetacomtos gozoticoscontos eroticos fui comida feito puta e chingada de vadia pelo meu sogrocontos eroticos fui dominada pelo meu marido ele comeu meu cucontos eroticos esposa com:dois:paus no cuMeu nome é Luiza, tenho 26 anos, 1,70 mcontos bdsm erposas escrava submissacontos chupei o professor xxvideo cm poucas minutosSou casada Minhas filhas me viram sendo fodida contoporno história de mulheres estupradas por caminhoneirosminha esposa levou rola sem sabermulher chupa meu cuconto casal bicontos eróticos perdi a aposta e virei fêmeadeitou com a tia e foi estrupado sexualmentecontos eróticos incesto férias com mamãeContos incesto a vadia puta do vovôSou casada mas bebi porro de outra cara contosmeu marido tem colchões grande conto erótico contos eróticos gay marombasContos eroticos dormiu com a priminha de 14contopaugrandeconto erotico gay pai ensinando o filho a beijarcontos de esposa arrombada dormindocontos eroticos amigos heteroseu arreganga minha buceta pra elezoofilia bruda com mininasAcordei com meu cunhadinho chupando no meu peniscontos eroticos esposa fumantehantai filinha patendo punheta pro pai safadaContoerotico comendo um cu no metroMendigos se madturbando altoesposa delirando no pauera virgem e minha liberou pro marido da minha tia contoprimo fagendo sexo com a primacontos eróticos gay foi au delírio na rola dos meus primos.comamiguinha d minha bem magrinha putinhacontos eróticos de ÁfricaContos eróticos pai e mãe evangélicos encinando as filhas fuderLer O conto:Namorado da minha irmã-Noite de prazercontos eroticos comi o cu da minha avocontos chupei e dei pro porteirocontos eroticos patroa puta empregado caralhudobuceta na praia toninhasSou casada fodida contocontos eroticos de escrava preenchidazoofikia contis eriticos homem aosixonado pela eguaContos gays eu casado amava meu padrásto um coroa caminhoneiro de jebaNegueba enraba saleteconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeufoda gostosa com amigos contos contos eroticos meu cunhado me comeu na epoca eu so tinha 11conto erótico de mãe coroa fodendo novinhocontos eroticos meu sobrinho pauzudomulher do meu amigo fudeno comigo na casa deleo pai com meleque desde pequenos contos eróticos proibidos gayscomi uma contovirei cadela contos gayspratico zoofilia desde pequenacontos erroticos meu padrasto mi desvirgino e comeu meu cucontos gay senhor pedropapai depelando a bucseta da sua filinha em quanto dormia em fotos em quadrinhosver contos erótico está na real primo com prima gordinha gostosarelato eróticos violênciano.quarto da mae tava a gotejar foi dormir na cama do filho foi fodidaforçado a ser escravo sexual e forçado a realizar fetiches conto erotico gaycontos de cú de prima coroacontos eróticos esposa sodomizada no metrôcontos eróticos escutei a minha esposa gemendo e fui ver o que eraNegueba enraba saleteconto herotico eu meuamigo sandado minha irmcontos eroticos/estupro/gangbang/final de semana todoContos de buceta aregasadasFui a depilação ela me lambeu contoaquela pessoa pirocuda da sala