Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O PEDREIRO ME "PEGOU" DE SAINHA ( AO SOM DO FUNK )

Sempre gostei de meninas e meninos, mas minha segunda opcão até hoje é um segredo pra quase todo mundo. Meu lado "putinha" sá aflora quando estou no meu quarto sozinho. Aí boto uma roupinha feminina e minha imaginação faz o resto... Ultimamente tenho colocado uma sainha branca rodada bem curtinha e uma blusinha e fico dançando aqueles funk's bem safados até ficar bem fogosa e sentar num pau de borracha que tenho, pensando em machos bem musculosos e pauzudos me fazendo de mulherzinha.

Dia desses meus pais sairam e eu não pensei duas vezes; tranquei as portas da casa, liguei o som, me transformei e começei a rebolar olhando pro espelho. O que eu não sabia é que eu não tava sozinha. Como parte da casa estava em reforma havia um pedreiro trabalhando em um dos cômodos. Quase morri de vergonha quando, depois de um tempo distraída, me virei e vi aquele homem me observando da porta do quarto. Fiquei muda e paralizada um tempo enquanto ele dizia bem disinibido que eu dançava muito bem e me pedia pra continuar que ele estava adorando me assistir. Claro que eu implorei pra ele não contar pra ninguém, muito menos para os meus pais, e ele então falou que não contaria desde que eu continuasse dançando enquanto ele se masturbava. Eu pensei um pouco e topei a brincadeira. Coloquei um funk que fica repetindo "vem no meu cuzinho..." e comecei a rebolar descendo e subindo de costas pro meu gato que arrancou o pauzão lindo e já duro pra fora e começou a se punhetar.

Quando a música acabou ele me puchou pra perto dele virando meu rosto e me dando um beijo na boca! Eu senti aquele corpo másculo e suado me agarrando com tesão e fiquei maluquinha. Me virei de frente e passei as mãos no seu peito definido e fui descendo até o seu brinquedão. Ele pediu sussurrando pra deixar ele gozar na minha boquinha. Rapidinho eu me ajoelhei e caí de boca no mastro. Não demorou pra ele encher minha boca com leitinho quente e eu engulir tudinho como uma boa menina.

Aí foi ele quem se ajoelhou e meteu a língua no meu rabinho que eu arrebitava - toda, toda. Em seguida ele foi pra minha cama e pediu pra eu sentar naquela picona. Eu coloquei uma camisinha nele e lubrifiquei um pouquinho mais com um condicionador pra cabelos. Fui me sentando devagar até sentir as bolas na minha bunda. Enguli tudinho com meu cu guloso! Então começei a rebolar no colo dele e gemer feito piranha no cio. Tudo isso ao som dos funks mais depravados que existem. Claro que a gente meteu nas mais variadas posições e ele encheu meu rabo e minha carinha de porra várias vezes naquela tarde. Quanta energia!

A obra demorou mais alguns dias e sempre que estávamos sozinhos eu trancava o portão, botava uma roupinha e ia "conversar" com meu pedreiro favorito, sempre sem camisa, suado e muito dedicado a reformar a casa e transformar o filho do patrão na putinha funkeira mais safada do mundo!



[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos corno e amigo camaconto mandei fazer fila pra mim chuparúltimos contos lésbicoeu e minha sobrinha no cine pirno contocontos comiminha primafraguei minha mulher masturbando contos eroticosembebedei minha mulher e consegui comer o c* delacontos eroticos coroas velhas com novinhos tia neuzacache:fqKHdRAEKq0J:studio-vodevil.ru/mobile/conto_27513_bebi-demais-e-virei-corno-na-praia.html contos erótico incesto filinha Putinhacontos eróticos de mulheres casadas q já treparam com travesticonto erotico acampando com cunhada e tiaCadê acabou comendo cunhado cadê aquela vezfudi.com meu amante.e.engravidei.contoscontos eroticos diversos safadeza e assanhamentobochechas da bunda da minha irmãContos eroticos marido vira fêmeaminha professora nao usa calcinhas contos eroticosContos eroticos de pau na buceta e gozada dentrocontos eroticos adolecentes brincando de esconder comessaram a dedar meu cu nao demorou e me comeramcontos eróticos de infânciaporno travesti rosadinha menininhaconto macho fica pelado arregaçado pelo cachorro contoscontos eróticos só no cu das coroasvídeo pornô caseiro ele comeu minha b***** só na manha meteu bem devagarinhocontos eroticos fui leva a gostosa da cumade beba na casa delacontos eróticos de incesto minha mae no meu colocondos erodicos con maescasadas que postam fotos de itanhaemconto mulher casada rabuda dei pedreiroxvidiocontos eroticos novinhaconto erotico gay varios me comeramContos eroticos fudendo gravidaultimos contos eroticos dando o cu pela primeira vez gaysvidos. anamara. cupanu. bucetacontos eróticos patroa velha na secacontos eroricos com meu advogadoEspiando homem bulto tomar banho sem ele perceberconto erotico minha mulher se produziu para ir na despedida de solteira da amigacontos bem safados assanhando meucontos intimo de uma enteadacontos eróticos bem rapadinhocontos eroticos mae e filhoconto eroticos maduras e filhas na putaria caralhudoscontos eroticos caseiro.comendo casal e a filhacontos eroticos homem da garagemconto do tarado que se fazia de bonzinho para comer as meninasContos eroticos cofrinho pique escondecontos eroticos fudendo garotos hetesexualsequestradaxvidiocontos eroticospais e filhas novinhasconto erotico mae empresta lingeriepau pulsou na bocahttps://idlestates.ru/conto_29032_espiada-no-natal.htmlbuceras com paj giganti dentroconto porno 21cmContoseroticodevelhasbeincando com a prima contodou meu cu para meu amigo colorido contos eróticoshistoria erotica gay perdeu virgidade anal pelo pau de 30cmpornor contos e videos liberei o cu virgem para meu irmaoconto minha cunhada me surpreendeucontos eróticos punheta da primacontos erroticos fistngsoofilia.quando meu marido viagouvideornposscontos agora ela so quer se for com duas picascontos eróticos com o genromeu pai me encochou sexo.pirralho.fode.a.sogra.do.irmaoa minha esposa foi a praia de fio dental e o punheteiro vez a festa. contos eróticostransex fodendo com etetocontos eroticos empregadinhas cagando no pau do prataoamigo do meu pai gay contopau cabeça de cogumelo teens novinhos gayAdorei meu primeiro anal contos eróticos