Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI DUAS BALCONISTAS NA LOJA

O que vou relatar agora, nunca imaginei que pudesse acontecer um dia, sou casado, bem casado, tenho 32 anos, 1,7 metros e bem fisicamente, toda fantasia de um homem é transar com duas mulheres, e isso para mim seria difícil já que minha esposa é conservadora, mas aconteceu comigo... um dia fui as compras com minha esposa e passei numa loja para comprar calça e haviam duas mulheres maravilhosas, de mesma estatura, corpos quase idênticos, uma loura deliciosa e a outra uma morena linda, com uma barriguinha, mas com um rabo magnífico, sem que minha mulher percebesse as duas começaram a me olhar com mais vontade e a morena até mordia os lábios, essa chegou a levar as roupas para mim no vestuário, eu passei dias pensando nas duas, e resolvi passar por lá um dia sem minha esposa, era uma terça-feira final de expediente, quando eu entrei na loja e pedi para experimentar umas camisas, elas lembraram imediatamente de mim e de imediato me atenderam. A loura era a dona da Loja, chamada Fernanda e a morena Mônica, eu quase morri quando Fernanda pediu a Mônica para fechar a loja, ela me perguntou se eu importava. Imagina... foi quando a coisa começou a esquentar, elas sabiam o que eu queria, e já foram logo me mostrando umas cuecas, mandei ver, fui para o provador e tirei a roupa, coloquei a cueca e Mônica veio ver a situação, meu pau já estava duro e quente, Fernanda chegou e disse: - que coisa linda, vamos dar um trato e me perguntou: - você veio aqui por nossa causa, não é? - mas é claro, estou tarado em vcs. Fernanda então disse: - vamos fazer a festa então. Logo em seguida abaixou e começou a tirar minha cueca e pegou bem firme meu pau, começou a passar a língua na cabeça, e bem devagar começou a lamber meu pau, chupava feito uma cadela, e dizia quero ser fodida como nunca, meu marido nunca faz o que eu quero, agarrei pelos seus cabelos e comecei a fuder sua boca com força, ela ainda de roupa, se levantou e começou a mostrar seus dotes, enquanto Mônica já tinha tirado tudo e já atolava os dedos na sua linda buceta, eu olhava Mônica tocando uma sirica e vendo Fernanda tirar a roupa, alisava meu pau e dizia, qual das duas vou comer primeiro, Fernanda disse: - vai foder a Mônica junto comigo, Mônica deitou-se ao chão de pernas arreganhada e Fernanda deitou-se por cima dela, e mandou eu lamber junto com ela a buceta de Mônica, que maravilha, beijava Fernanda e lambia a buceta de MÔNICA, comecei a lamber o cú de Mônica e a meter um dedo, dois dedos e Fernanda metendo a língua em Mônica, a essa altura Mônica gemia de prazer, foi qd comecei a bater meu pau na cara de Fernanda e meter naquela maravilha buceta de Mônica. Mônica por sua vez lambia e metia o dedo na buceta e no cú de Fernanda, mandei Mônica ficar de quatro queria comer aquela vaca e mandei meu pau de uma sá vez, até o fundo, ela gritava, me fode, me arregaça, Fernanda me ajudava, eu tirava da buceta de Mônica e Fernanda mamava meu pau e dizia: - vc terá de fuder meu cú desta forma, anda come logo a Mônica, mete nela, Fernanda sentou de frente para Mônica e mandou Mônica enfiar na buceta e no cu seus dedos, isso me encheu mais ainda de tesão, quase gozei sá com a cena, comecei a bulinar no cú de Mônica e ela mandou eu fuder aquele cú com força, me fode, quero seu pau todo dentro de meu cú... coloquei a cabeça e aos pouco seu cú foi ajeitando todo meu pau, que delicia, que bunda, apertava sua bunda e esfregava seu grelo durinho, Fernanda se levantou e ficou em pé na minha frente, e mandou eu chupar sua buceta, enquanto meu pau atolado no cú de Mônica, que gemia e pediu para eu revezar, comecei com força, ora no cú, ora na buceta, até que Mônica gozou no meu pau e Fernanda fez questão de mamar o gozo de Mônica, logo, Fernanda debruçou no balcão e mandou eu come-la logo, mas daria apenas o cú, dizia ela que a buceta era sá do marido, eu não esquentei de forma alguma, aquele cú era o que queria e comecei a penetrar com a língua, depois com o dedo até ficar bem lubrificada, ficamos assim por uns 19 minutos, até que meu pau começou a roçar seu rabo e fiz pressão naquele cú apertado, fui metendo devagar e Mônica já metia dois dedos na buceta de Fernanda e chupava meu saco, meu pau latejava dentro do cú de Fernanda e comecei a rebolar dentro daquela rabo, ela dizia: - fode meu rabo, rebola seu pau no meu cú, me come seu puto, seu vagabundo, me trata como uma piranha, mandei ver... comecei e meter com força naquele cú, enterrei meu pau até as bolas, apertava a cintura e pressionava seu corpo contra o meu, e Mônica, lambia meu saco, chupava os peito de Fernanda, elas se beijavam, até que eu não aguentei e mandei porra pela boca de Mônica que já esperava a muito tempo, Fernanda ficou parada, e Mônica mamava meu pau, Fernanda começou a beijar e lamber os lábios de Mônica com porra, ela olhou para mim e disse: - quero que goze de novo, respondi que sim, e mandei a duas debruçarem no sofá que tinha na loja, mas antes dei meu pau para elas mamarem, para reanimar o coitado, depois de algum tempo, meu pau ficou duro de novo, e as duas foram para o sofá, que cena, aqueles dois rabos empinados me esperando, comecei a roçar um rabo e a meter o dedo em outro, metia o pau na buceta de Mônica e fiz menção de comer a buceta de Fernanda mas ela não deixou, tudo bem... mandei de novo naquela cú já arrombado, e metia, fudia a buceta de Mônica e arrombava o rabo de Fernanda, até que estava quase gozando novamente e Fernanda mandou eu comer Mônica e gozar na sua boca, não demorou e gozei, gozei, e meti meu pau na boca de Fernanda, ela mamou toda minha porra e esfregava na cara, nos peitos, que maravilha, nunca imaginei que isso pudesse acontecer... tem mais, mas conto depois...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Meu irmão chupa minha maeconto inversao depilou meu cuContos eroticos minha esposa rabudacutuquei a buceta da mamae contosPorno negrinho gay adolegente teengostosa dando a b***** pela metade de mim loucamenteBoquete cheiro contoscontos porno esposas estuprados submissosContos mão dentro do ônibuscontos eroticos minha mulher apanhacontos eroticos punhetasMulher que fica çarando o priquito uma na outra ate sair galaConto acho que minha mulher deu pra outro chegou em casa com a buceta machucadaconto erotico boquete no aluno adolecenteconto erótico sentada melcontos eróticos eu inocente meu vizinho me pegou no flagra transandoContos engoli porra grossa grudentacontos gays sendo o viadinhos dos adultos que me humilhavamp*** do tio contosContos pornos-mamae deu um selinho no meu pauinfância;contos eróticos;enrabadocache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html encoxada bem arroxadaContos eróticos minha mulher me deu perdido na casa de swingele grito e choro enquanto dava bucetaconto erotico transei com uma velha deficiente especialfingi dormi e ... me comeu contos eróticoscontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidoporno esposa sempre e fielMeu+irmau+arrombo+meu+cu+a+fosa+conto+eroticocarlão socando ate as bolas no cu da vadiaminha prima chupou meu pau virgem contosna viagem minha filha veio detar na minha cama relato erotico Contos, eu convidei um foragido na minha casa e ele comeu a minha mulhercontos eroticos com garotos mais novosmeu filho comeu meu cusinho virgensexo casual novinhas procura coroas pra bancar norioporno com amiga loira baixinha encorpadinhacasa dos contos eroticos com piscineiro taradocontos erotico so testemunha de jeova e dei a bucetaIrmã cuidando do irmão acidentado contos de incesto femininoContos eroticos de mulheres sendo abolinadas no onibus lotadoscontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidowww.contos encoxadas em vendedorastremi todinha dando o cuzinhocontos eroticos mae deixa filho gosar dentro delacontos eroticos meu marido vestiu minha calcinhaconto eroticoeuHistorias erotica de pai que da castigo a filhaConto porno de estuprada por pai da mim amigaenfiando o dedo no cu da coroa cotoseroticoscontos erotico na prisãoContos.encesto.relacha.maefui comer acabei dandocontos eróticos dona putonacontos eróticos de incestorealcontos eróticos meu enteado deixou meu c* todo ardidocontos da casa eroticos de mulheres tendos os cachorros ou lobos lambendo suas calcinhas e fodendo elasver contos eroticos de empresários comendo o cu de.funcionárioscontos flagreii meu subrinho mastubando com calcinhaconto gay sendo estuprado em que a dor é maior que o prazerconto erótico casa swingconto viuva carnuda carentecontos paguei mais comi a putaponei arrombando morena com tesaocontos minha mulher vendo meu tionovod contos eroticos incesto orgamos titiominha mae deu o cu para o meu irmao na mibha frente contoscontos eroticos de incesto: eu e meu filho na piscinaincesto realidade fantasias conto