Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CU DE ESPOSA DE AMIGO É MAIS GOSTOSO

Antes de iniciar devo dizer que a estária é veridíca, somente os nomes são fictícios. A gostosa da Nice, colocou a mão dentro da bermudinha para coçar a coxa, levantando a bermuda e deixando aparecer a calcinha; Nice é esposa de um amigo, 42 anos, mãe de 2 filhas, baixinha, bunduda e peituda, bem gostosa, mas o que me chamava mais atenção é que ela já tinha deixado entender em papos descontraídos que ela dava a bundinha para o marido. Naquelas férias estava louco para come-la, e naquela semana em particular, minha esposa tinha ido passa-la com a mãe, Marcos marido de Nice, voltou a São Paulo para trabalhar, meu filho e os deles tinham saído com o pessoal do condomínio ido ao cinema naquele dia. Nossas casas são vizinhas no condomínio no interior de SP e tão logo a moçada saiu ela me convidou para tomar um café, entramos e ela como sempre fazia deu um jeito de eu ver a sua calcinha, enfiando a mão por dentro da bermuda, quando vi a sua calcinha fiquei louco de tesão, dominei a tensão e perguntei

: - É Creme E ela surpresa:

- Creme??

Colocando a minha mão por sobre a dela, falei: - a calcinha é creme. Ela me olhou fixo nos olhos sem responder, mas não fez nada para tirar a minha mão de sobre a sua calcinha e coxas; louco de tesão falei:

- Quero lamber creme, chupar o creme e depois comer todo o seu creme.

Ela suspirou e eu a beijei acariciando aquela bunda, ela me empurrava levemente simulando uma resistência, mas correspondia aos beijos, qdo passei a beijar e mordiscar seu pescoço, ela gemia baixinho:

- Não, não, não....

Empurrava-me de leve e nada mais; as caricias na sua bunda e coxas, levantei e retirei sua camiseta, deixando aqueles lindos seios apenas com o soutien, beijando seu colo cheguei aos seios, retirei o soutien e comecei a sugá-los com avidez, mordiscando os bicos, tentando colocá-los inteiros na boca, chupei, mordisquei, lambi aqueles seios tesudos, fui descendo beijando e lambendo a sua barriguinha, mordiscando de leve e ela sá gemendo e suspirando, fui descendo em direção a sua xoxota, chegando no umbiguinho, enfia a língua e comecei a chupá-lo, enquanto retirava sua bermuda deixando-a sá de calcinha, parei de chupá-la e olhei-a sá de calcinha, apreciando aquele tesão de mulher, quando ele falou com voz languida:

- É creme, pode lamber, chupar, comer, vai tesão......

Voltei a chupar o seu umbiguinho e fui descendo em direção à sua gruta que pelo odor já estava ensopada, beijando e lambendo, mordiscando-a fui tirando a calcinha me maravilhando com a visão da sua xoxota, linda, peluda, comecei a meter a língua em seu grelo, em seus grandes lábios, mordiscando o seu clitáris, lambendo e sugando o seu sumo delicioso. Ela pegou em meu rosto e puxou levemente fazendo-me levantar beijou-me demoradamente e apás, pegou minha mão e me levou para o quarto, onde me jogou na cama e começou a me beijar, descendo até o meu pescoço, tirando minha camiseta, foi beijando e lambendo meu peito e descendo até a bermuda, que retirou juntamente com a cueca e caiu de boca no meu caralho. Era uma visão divina a Nice chupando, sugando o meu caralho, dando leves mordidas na glande, chupando de leve toda a sua extensão e apás engolindo o caralho inteiro, e de vez em quando olhava par o meu rosto com uma cara de safada. Virei ela de forma a iniciar um 69 e comecei a chupar aquela boceta gostosa, enquanto a NICE dava um trato no meu caralho. Enfie o dedo em sua xoxota molhada, lubrificando-o e apás comecei a introduzir em seu cuzinho, de leve, que não ofereceu muita resistência, comecei a enfiar outro e fui fazendo movimentos de vai e vem com os dedos naquele cú gostoso; a Nice chupava o meu pau como uma desvairada, enfiei o terceiro dedo no cú da Nice e ela suspirou, enquanto eu mantinha o vai e vem.

Não aguentando mais de tesão ela veio por cima de mim e falou:

- Quero o seu caralho, enfia na minha boceta, me fode....

E foi sentando e encaixando a xoxota no meu pau fazendo ele entrar naquela boceta molhadinha, apás entrar tudo ela suspirou e começou a cavalgar como uma doida, gritando, gemendo, falando para fodê-la, ela cavalgou por uns dez minutos quando começou a gozar feito louca gritando e jogando seu púbis de encontro ao meu caralho, não aguentei e gozei também. Ela caiu por cima e ficamos quase que desmaiados. Apás alguns minutos ela suspirou fundo e me olhou nos olhos, puxei-a e beijei-a longamente, ficamos nos beijando e trocando caricias até que os dois estávamos novamente prontos; deitei-a na cama e coloquei-me por cima enfiando em sua boceta, em movimentos bem devagar, até entrar tudo, comecei a aumentar o ritmo bombeando e socando na sua xoxota, peguei suas pernas e coloquei em volta do meu pescoço, fazendo um frango assado delicioso, socando, bombando, chupando seus peitos e beijando. Virei ela e coloquei-a de quatro enfiei em sua xoxota e bombei, soquei tudo naquela boceta gostosa, ela começou a gritar:

- Vai fode, enfia tudo, soca, tudo, fode, mete tuuuuuuuuuudo, me fodeeeeeeeeee, ahhhhhhhh, vou gozar, vem goza comigo, goza, gozaaaaaaaaaaaaaa.....................

Não aguentamos e gozamos novamente caindo sobre a cama. Tiramos uma soneca de mais ou menos meia hora, levantamos e fomos tomar um banho. No banho começou a rolar novas carícias, beijos, ela se ajoelhou e começou a chupar gulosamente meu caralho até deixá-lo em ponto de bala, pronto para outra foda. Saímos do banho, nos enxugamos e fomos para a cama, ela me beijou e falou, meigamente, com beicinho:

- Agora eu quero que você coma a minha bundinha, to loca de tesão pelo seu pau no meu cú, vem..

Pegou um pote de vaselina na comoda e me entregou, ajoelhando-se na beira da cama, empinando a bundinha, para facilitar a penetração; lambuzei-lhe o cú e coloquei a cabeça do pau naquele cuzinho tão sonhado. Fui enfiando devagar e o buraquinho ofereceu pouca resistência , ela foi gemendo enquanto enfiava meu pau no cú dela até entrar tudo, até o talo, ela me segurou alguns instantes e depois com as mãos começou a me empurrar e puxar bem devagar, comecei os movimentos bem devagar, ela gemendo baixinho, abrindo as nádegas com as mãos para facilitar a penetração, fui aumentando o ritmo, bombando, socando e enfiando meu caralho naquele cuzinho maravilhoso, que agasalha meu caralho, apertando, sentindo as veias do caralho, pulsando no cuzinho da Nice, ela gemendo chorando e rebolando no meu caralho, fodemos um bom tempo assim até que ela pediu para tocar de posição pois estava doendo os seus joelhos; deitamos na cama, ela de quatro e eu socando naquele Cu, ela jogava o corpo para trás de encontro ao meu pau que enterrava inteiro no seu Cuzinho, apás uns cinco minutos nessa posição, deitei-a na cama, coloquei suas pernas em volta do meu pescoço em novo frango assado, sá que desta vez enfiei no seu Cu, e comecei a socar com violência, entrando tudo, arregaçando o Cu da Nice, ela gemia alto , suspirava, rosnava e pedia mais, eu bombando, socando o caralho naquele Cu delicioso, comecei a pular em cima do corpo dela, jogando todo o peso do corpo junto com o cacete nas estocadas ela urrando e recebendo todo o peso do meu corpo no seu cuzinho, grunhia, gemia, fodemos assim por vários minutos até que urrando comecei a gozar e ela começou a gritar que estava gozando pelo Cu, nossos corpos suados se colavam, se soltavam e voltavam a se colar numa cavalgada selvagem dentro do cuzinho da Nice, caímos desfalecidos. Quanto tempo ficamos assim, não sei dizer, mas extenuado que estávamos apenas tomamos banho, mal conseguindo se enxugar, antes de sair da casa dela ela me beijou longamente agradecendo pela transa inesquecível e me falou que gostaria de ter dois caralhos dentro dela e que estava tentando convencer o maridão a topar, e que desde que ela tinha essa fantasia eu era o parceiro que ela tinha escolhido, mas que minha esposa também Deveria participar para o Marcos não ficar melindrado e que a Simone, minha esposa teria que dar o cuzinho pra ele e que era para ela se preparar pois o caralho dele era grande e grosso E QUE ELE IRIA ARROMBAR O CU DA MINHA ESPOSA COMO FEZ COM O DELA; ela me falou que assim que ele topasse ela iria dizer quem era o casal escolhido e que até lá eu teria que convencer a Simone, As outras transas nossas ficam para outros contos.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos zoofilia mae e filhosminha irmã minha amantemete tudopapai contosconto erotico comi a buceta da velha mudacontos de uma coroa safadaconto erotico minha mulher no club com negroconto ertico esibicionista biContos Eroticos- amante saiu e meu filho veio me fodercontos eroticos maduras meu empregado meu machoMinha cuinhada sandra se pingando todacontos eroticos meninas de 6 aninhosContos fiquei bebada e me chuparammoreninho hetero marrento contoquero ver contos eróticos de garoto com a pica enorme come garota nova e madamePedi que meu filho me depilou contos eroticoscondos erodicos con maesconto erotico irmãele não tirava os olhos da minha buceta conto Contos eroticos: Eu dei o cu na frente do meu portãobolinei minha cunhada por baicho da mesa videoContos eróticos Gay Calção Recheado do irmãovideos cazeio dado rabu coiado. taido aimacontos eroticos de meninas que sua prima ensinou a ser putinha ainda bbcontos eroticos sendo comida por um cachorro e um homembundasgrandecontosconto erotico sou bem extrovertido e acabei comendo uma mulher muito bonita e bem gostosafudeno a sobrinha que domiaSenhoras cinquentonas casadas praticando Zoofilia prla primeira vezcontos eróticos marido e Cida tudo para esposa e esposagay aperta,amassa e masturba o pau do parceiro e ele goza gostosocontos eroticos casei com um velhocontos eroticos como convenci minha esposa transa com seu paicontos eróticos casal ônibuseu fundendo a buceta da minha mae viuva ela disse filho goza dentro da minha buceta eu sou operada eu não engravidou conto eróticorelato de corno que deu a esposa para o cunhadocontos comi a internadatodos os contos eróticos de amor com Netinho f******conto erótico uma mãe especialconto erotico rabuda cintura fina peituda casada visitaconto porno descrobri q minha mulher tinha.um cazo com o chefecontos eróticos gay esfregacao entre pai e filhoComi minha tia historia veridicamulheres safadas lambem cu e pau do namorado e enchem a boca de porravídeos de********* pornô da mulher morena que tem os peito grande para batata chupa a goza na cara melada cara tôver o cuzinho da roselicontos gay sentou no coloIncesto com meu irmao casado eu confessocontos eróticos de carona a mae e filhinhacontos eroticos minha mulher dando pra mim e mais dois nas feriascontos de velhos mamando seios bicudossainha olhava lesbicas contoscontos de coroa com novinhoconto erotico roça a buceta na rola do meu marido e com o dedo no cu delecontos erotico esposa iniciada no lesbocontos eróticos AHHH OHHHmenina você já passou o dedo no cu e cheiroucontos eroticos mulher e dominada por outro caraContos eróticos-ser escravo da minha sogracontos eroticos minha mulher e uma vacabucetudas com caralhudos/fotos e contoscomi uma gorda contosvideo porno dano o cu ea buceta toda babentacontos eróticos de bebados e drogados gayscontos incesto comendo minha mae no sitiovoyeur de esposa conto eroticoo pipiu do papai contoscontos de flagra de punheya yahoocontos eroticos so casadinhas e velhinhosConto erotico amigo de meu marido fode eu e minha filhaPerereca ou buceta de cunhadaContos eroticos filho me fudeu a forçatestando um penis de borracha na esposa contoscontos esfregando o pau na bundaadoro quando me visto de camisola e viro femea. conto gayo dia que eu minha esposa e um amigo nosso dormiu nu hotel contos