Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SEXO TâNTRICO COM CUNHADINHA.

Olá pessoal, vou lhes contar uma histária que vem acontecendo comigo de uns anos para cá.

Sou casado há alguns anos e minha esposa é simplesmente linda, nunca tive motivos para traí-la. Se não fosse a cunhada. Ai, que cunhadinha! Ela é somente dois anos mais nova que eu. Certo dia, fomos, minha esposa e eu almoçar na casa de minha sogra. Correu tudo normalmente, aí minha cunhada me disse que se eu quisesse dormir um pouco, que eu poderia dormir na cama dela, pois as outras estavam todas ocupadas, pois o pessoal lá vai tudo dormir depois do almoço. Deitei na cama dela e comecei a sentir aquele cheiro gostoso de mulher. Abri o zíper de minha calça e coloquei meu pau pra fora e deitei de bruço e fiquei relando até que adormeci. Mais tarde um pouco despertei com minha cunhadinha enrolada numa toalha(uma toalha que mal cobria as partes) no quarto pegando uma roupa, pois acabara de tomar banho. Percebi que ficou ali por perto um tempinho, talvez me olhando com o pau pra fora. Quando acordei mais tarde, fui à sala e ela me perguntou se a cama era boa com a cara mais lerda. Eu disse que tinha um cheiro muito gostoso. Algumas semanas se passaram na mesma rotina e fui dormir de novo lá, sá que desta vez fiquei vigiando a hora que ela entrava. Fiz da mesma forma como todos os dias, me deitei meio de lado, sá que desta vez eu havia batido uma punheta para deixar ele babando na cama dela. Percebi que ela chegara bem perto e começou a passar o dedo na ponta do cacete que estava bem inchada de tesão. Ela passou o dedo na “baba” e escutei ela chupando o dedinho. Hummmmm, meu pau deu meio que um pulo, uma contraída e ela se assustou e levantou, virou-se e foi se vestir. Abri um pouco o olho, pois estava meio escuro no quarto fechado. Ela tirou a toalha e vi aquela bunda linda, e como eu estava deitado atrás dela, deu para ver a bucetinha dela por trás, completamente lisa. Isso rolou mais algumas semanas. Até que um belo dia, ela chegou e me falou se eu poderia fazer uma massagem nela, pois sou massoterapeuta. Eu já estava acostumado com isso, em fazer massagem no pessoal nos finais de semana. Mas dessa vez pensei em ser um pouco mais ousado. Fomos para o quarto dela, mandei ela ficar à vontade para colocar um bikini, ou mesmo uma roupa íntima, mas ela disse que se enrolaria numa toalha somente. Daí meu pau já deu um pulo e ficou bem à mostra, pois não uso cueca. Ela viu e deu uma risadinha safada e perguntou o porquê de eu estar com o pau duro. Eu disse que ela era muito gostosa e ela ficou bem sem graça. Comecei a massageá-la nas costas e descia até àquela bunda deliciosa e voltava. Desci para a região posterior das pernas, começando pelos pés aí subia até a base da bunda e encostava meus dedos na xaninha carnudinha dela. Nossa, que xoxota deliciosa. Passei para a outra perna e disse meio alto: “Nossa!!” e ela perguntou: “Nossa o quê?”. Eu disse que como poderia ter uma buceta tão carnuda e deliciosa. Ela perguntou como eu sabia que ela era deliciosa se eu nem havia provado. Aí eu disse que se ela quisesse eu poderia provar. Ela disse que iria pensar. Terminei as pernas, a bunda e ela se virou e vi que ela deixava um fiozinho de pêlos pubianos logo acima do clitáris. Eu não conseguia tirar os olhos daquela xana e daqueles peitos enormes com os bicos rosadinhos e pontudos. Bem, seja profissional e faça o seu serviço, pensei eu. Terminei e fui para a massagem no tárax-abdômen e fiquei meio em cima dela com o pau bem duro. Ela abriu os olhos e disse: “cunhadinho, parece que alguém está acordadinho...” e começou a passar a mão. Comecei a massagem facial e na cabeça e quando terminei ela disse: “hora de pagar, me dê um beijo”. Minha boca estava quente de tesão e nossa saliva estava espessa. Nás nos beijamos muito e eu passava a mão nela todinha, que corpo delicioso. Eu dava umas mordidinhas no pescoço, no lábulo da orelha dela, no queixo e desci para o pescoço novamente com minhas duas mãos em seus seios grandes e durinhos, cujo bico estava bem rosado e parecendo que iria estourar exalando aquele perfume de mulher. Desci para o umbigo acariciando com meus dedos sua xaninha sem penetrar nenhum dedo ainda. Enfiava minha língua quente no umbigo e fiquei uns 5 minutos somente nele. Eu passava a mão na xaninha e já estava bem meladinha. Minha cunhada gemia tão gostoso e contraía seus lábios vaginais incessantemente até que comecei a beijá-los como se beijasse uma boca molhada. Quando comecei a beijar a xaninha dela, ela começou a fazer um boquete no meu ritmo, aproveitando bem mesmo cada momento de tesão. Como sou adepto ao sexo tântrico, eu controlo bem minha ejaculação e busco o prazer máximo até chegar ao hiperorgasmo e fazendo sua parceira se sentir uma deusa. Terminada as carícias com minha boca até os pés dela, enfiei minha rola quente e babada na buceta dela, que já estava muito quente, eu colocava e tirava durante uns vinte minutos. Ela gemia e estava bem vermelhinha, a transpiração tomava conta do quarto. Aí eu me sentei e ela sentou costas para mim meio inclinada para trás, mas eu não deixava meu pau penetrar todo ainda, fazendo movimentos circulares com o quadril. Ela disse: “nossa minha irmã deve ficar louca de tesão com esse homem gostoso, continua, continua que faço o que quiser”. Depois sim, fui enfiando lentamente meu pau até fazer uma penetração bem profunda, ela suspirou fundo e disse que iria gozar, eu retirei devagar e comecei tudo novamente. Depois de um tempo, eu me deitei e ela sentou no meu pau deliciosamente devagar aceitando aquilo tudo e ficamos fazendo movimentos de vái-vem circulares. Coloquei-a de quatro então, penetrei e vi que ela piscava sem parar o cuzinho, comecei a passar saliva nele e enfiei a ponta do meu dedo. Depois de mais um tempo, deitei-a de bruços e a penetrei por trás, fazendo uma penetração bem profunda. Cada vez que eu penetrava, eu dizia palavras sussurrando em seu ouvido. Ela contraía tanto a xaninha no meu pau que veio a vontade gozar. Aí, com ela deitada de bruços, com as minhas pernas abri as dela, coloquei uma mão em cada seio, beijei o pescoço dela e disse que iria fazê-la gozar como nunca. Ela disse: “sou toda sua cunhadinho delicioso”. Acelerei um pouco a penetração e começamos a gozar e ela abafou o rosto no travesseiro e gritava de prazer como nunca havia feito antes. Isso mesmo, gozei tudinho na xoxotinha dela. Quando acabou, e ela estava recuperando o ritmo respiratário, sem retirar meu pau dela comecei a beijá-la dizendo que dali em diante, sempre que ela quiser experimentar algo diferente, que poderia me procurar. Retirei o pau da buceta dela e meu gozo escorreu e ela massageava a xana sem parar e disse: “com um massagista destes não preciso mais nada”. Pessoal, este foi um fato verdadeiro que aconteceu comigo que tinha que compartilhar com todos. Beijos a todas as mulheres deliciosas deste mundo e espero que gostem.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


transo com meu cachorro todos os diascontoseroticoscagandocontoseroticos abrindo o bucetao da cunhad e atolandoa te os ovosvoyeur novinha de shortinho socado conto eróticopau pulsou na bocacontos putinha do matagalContos gay bebadoConto mana onibuscontos eróticos gay sou casado provocandocontos eróticosdo pedreiro comedorpadrinho cuida muito de mim-pornodoidoContos corno bravo e pau grandever filme porno com massagista se a susta com o tamanho da piroca do clientes e pede para tocar uma pueta e pede para ela bater um pueta ele goza na boca de delaContos eroticos o.amigo.do.meu filho tem uma pica enormeContos eróticos vi o buracocontos eróticos uma gozada épica com o irmãocontos peituda loira provoca o pai de baby dollcontos eróticos na saída do paredão comendo c* virgemfui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticoconto erotico nenhum pelinhocontos eroticos ficando excitado em v minha mulher de bikineXvidio minha mãe traiohistorias pra gozar minha menina de 19 aninhos e delirarComi+o+cu+da+mia+professoraconto+eroticoRelatos e contos de incesto fraterno meu pe de mesa cabeçudo irmaos gemeosjogando nas duas pontas trailer porno travestistraí meu marido contosCarnaval cerveja mezanino nada conto eróticoamora silva contos eroticosvendi a buceta/contoHistorias erotica de pai que da castigo a filhaconto fui comido por doiscontos eróticos inquilina pagou o aluguelcontos de zoofilia sobre eguas e jumentascontos eroticos eu e a minha filha somos putaConto gay Entregador gostoso pai tioporno encejo com sogro e sogra pra serularcontos eroticos moleque e mulherpai e quem cria v conto erotipornô compare com a comadre faz ela gozarmetendo na barba de shortinho atoladoContos eroticos gay meu dildo.conto vesti as roupas da minha madrasta e ela me fagroucontos eroticos as duas filhas adolecentes da minha vizinha do nosso andarcontos gays o casado do cu gulosocontos erotico os mininos comerao meu cu guando ajente brincavaContos eroticos papai mamae e as gemeas voyeur de esposa conto eroticohistorias eroticas de mulheris que tranzarao com emteadoContos eroticos de coroa da rola grande e grosa comeno meninas nova por dinheirocontos eròticos minha xana estava com muito fogo e o primeiro que vir dei elaconto gay metemos.o dia todotirando virgindade de menina Londrina Paranácontos erotico maes cavalas d bikini n piscina .contos eroticos abri uma cratera no cu da filha da minha primacontos eróticos fragei meu tio comendo minha tiavideos de cornos que chuupammenino gay inocência perdida pornonamoro com transex me fez de eacravo contoa erpticoscontos dei o cu virgemcontos chupando rola em terreno baldiocontos eroticos embriaguei meu marido e dei o cuzinho do lado delerelatos verídicos de aventuras eróticas com mendigoconto erotico julio piroca grossa Meu+irmão+arrombou+meu+cu+a força+conto+eroticofiquei com a buceta ardisa pela grossa rolaContos erótico a primeira vez conheci um pênisconto erotico namorada do.meu filhoconto estagiaria virgemcomo e que aimha vagina abre na hora do sexo?historias erouticasconto fui com minha familia visitat vovo e um negro tirou meu cabaçoconto erotico Conto de um corno manso da Mãe e Filha IIContospornoamadorcontos eróticos-Minha mulher rabudacontos gay o drogado me estuprougozando hetero dando conto seducao videos mostrarcontos verídicas de sexo em montes clarosComtos eroticos fudendo com meu marido e nosso amigoContos eróticos- guarda florestal de pau gigante me arrombouhistorias eróticas com coroa de 80 anoscontos eroticos ajudando uma amiga e suas duas filhas adolecentecontos eróticos Eu meu cunhado e minha filhavideo gay mandei meu amigo parar de fumar e ele me comeu Contos.encestos.mae.no.campo.de.futebolconheci a vara do meu padrasto muito novinha contos eroticoscontos eroticos comi a mãe da minha namorada Angolameu sogro contosconto erotico mulher chegavem casa se calsinhaminha irma envagelica encestoMinha mulher viu o pau do menino - contosporno tio roludo viaja dd onibus com sobrinhaContos eroticos meu marido meu capachoso casada e fui comifa pelo massagista porno conto