Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CU DE BEBADO NÃO TEM DONO

Tenho 50 anos, sou casado e com filhos, mas quando viajo,adoro sentir o cheiro da pele de macho no meu nariz, adoro sentir o cacete pulsando nas minhas mãos....enfim adoro me relacionar coim um homem......

Foi o que aconteceu o mes passado....estava passeando na cidade de Igrejinha no RS de noite, estava frio ....aliás muito frio.....não conhecia a cidade e fui andando pelas ruas, cidade pacata e tranquila, também eram ja meia noite passada.

Foi quando ao passar por uma casa em construção ou loja não sei exatamente, vi um pobre coitado negro, jovem de tudo, dormindo na garagem por sobre uma folha de papelão destas embalagens de geladeira ou algo assim.

Ele me viu e me pediu esmola, estava mais bebado que um gambá ..... estava me cagando de medo, mas enfim, não me parecia um assassino mas sim um morto de freio. Me dirigi ate ele e ele me pediu algum trocado apra comprar uma branquinha....pois estava com muito frio. Fiquei olhando para ele, parecia de ebano, corpo escultural, com veias ressaltadas nos braços...imaginei o que estava por dentro da calça como deveria ser lindo e grande.

Disse ele que nao lhe daria dinheiro mas compraria a dita cuja.....fui a um bar proximo correndo....pois tinha medo que el se fosse....voltei com uma 51 na mão e ele estava ainda ali. Ficou todo feliz, abri para ele e ele me ofereceu um gole. Mas agradeci, ele tomou, e tomou d enovo ate que tirei a garrafa da mão dele pois temia que pudesse modrrer de coma alcoolico. Tava aos trapos, ele tentou pronunciar algumas palavras mas não conseguia, neste estado que ele estava, tentei levanta-lo apra leva-lo para denntro da construçaõ...depois d emil tentativas ele me ajudou e fui quase arrastando ele para dentro da sala que estava fechada por tabuas. Mesmo assim era frio mas nao tanto como fora, fiquei com do dele tirei minha blusa e a coloquei por cima dele e fiquei olhando aquele Zeus negro dormindo, entregue ao alcool. Eu estava com o pau duro, rasgando a cala e minhas pernas tremiam de tesão incontrolavelmente. Delicadamente acariciei as veias saltadas do braço dele e ele nem se mexeu...roncava como um porco isso sim. Continuei acariciandop o braço dele e o outro, o seu pescoço, o seu peito meio aberto pela camisa sem botoes.....isso me foi aumentado o tesão ....tirei minha calça e cueca depois tirei minha camisa e fiquei ao lado dele acariciando seu corpo e me punhetando. Parei pois senão eu ia gozar, ele estava deitado de lado, foi facil abrir a calça dele e puxa-la para baixo. A cueca dele rasgada apresentava um volume gigantesco....fiquei com medo que ele estivesse acordado e o volume fosse da excitação...mas que nada, baixei aos poucos a cueca e delirei ao ver o mastro negro e rosado, com a cabeça querendo sair do prepucio, mas estava mole e era enorme. Eu ja quase não respirava de tesão, pus sua caça por baixo da frente dele, e o virei de bruços, la estava uma bunda lina, parecia envernizada de tanto dura e de seu brilho. Não aguentei mais, fui por cima dele sem me encostar em seu corpo ate meu pau enrijecido de tesão, estar na altura da bunda dele. Aos poucos fui me baixando e me deitei por cima do corpo dele. Nossa que delirio, a bunda dele era quente e macia, abraçava meu pau deliciosamente, fui tirando a camisa dele, minha blusa que estava por cima dele, deixei-o em pelo, o abracei e empurrei meu pau mais para dentro da bunda dele deixando as duas nadegas abracarem fortemente meu cacetão. Aos poucos fui me movimentando delicadamente num vai vem delirante....me controlava para não gozar, ate que numa destas esfregadas, encontrei a entrada da felicidade. Estava molhada, acho de suor, não sei, forcei um pouco, e não foi dificil minha cabeça entrar....neste momento ele se mexeu....devia ter doido no subconciente dele, eu susurrei no ouvido dele....shhhhh querido calma, to te esquentando...fica tranquilo que nao vou te fazer mal algum, voce vai gostar....parecia que ele tinha entendido, murmurou alguma coisa imcompreensivel e para meu espanto parecia estar empertigando a bunda del...nossa que maravilha...estava gostando mesmo. Meu pau ainda com a cabeça dentro do anel do cu dele, foi deslizando vagfarosamente cada vez mais para dentro, o cu dele quente me enebriava....me deixava louco. Estava tpodinho dentro e ele de bunmda empertigada para cima....fui aos poucos bombando bem docemente e como ele não reagia, fui pouco a pouco aumentando o ritmo...me controlava ao extremo para não gozar. E bombava cada vez mais forte. Deixei de abraça-lo pela frente no peito e segurei suas ancas, deslizando minha mão esquerda em direção ao pau dele. Não parava de bombar, não respirava sequer para não perder o ritmo, foi qdo minha mão encostou na jeba dele...estava mais dura que um cavalo pronto para meter na egua...gente que coisa descomunal era aquilo, Se gurei com uma mão a anca esquerda, com a mão dieita eu o punhetava, tinha deixado todo o peso do meu corpo totalmente em cima do dele, de suas deliciosas costas....senti me gelar mas não era frio....era que eu ia gozar....não podia mais segurar....com um grito abafado, meti meu pau como se o quisesse fazer chegar a gargante dele e enxi de minha porra aquele cu maravilhoso, quente e apertado e jovem. Fiquei desfalecido por cima dele, respirando ofegante e sentiondo meu pau aos poucos amolecer....Sai de cima dele, estava acabado, virei ele de costas para o chão e a gema dele ficou dura para cima......meti uma gulosa naquela cabeçona grande como um tomate e vermelha de prazer......ele começou a se contorcer.....a me segurar pelos cabelos em direção seu cacetão....gemia e sentia que ele ia acordar....fiquei com medo e parei de mama-lo., mas ele pulsionou minha cabeça para baixo enfiando seu cacetão ate dentro de minha garganta. Voltei a mama-lo ate que senti o pau dele inchar....fiquei com medo dele gozar.....mas era tarde....so ouvi um forte Ahhhhhhh e estava com minha boca cheia de leite grosso.....quente....e não parava de encher minha boca.....aos poucos suas maos foram escorrendio pela minha cabeça ate cairem ao chao.....ele parecia satisfeito....eu estava muito satisfeito, deitei-me por cima dele de frente, meti a lingua na boca dele, parecia que estava enfiando a lingua num copo de pinga de tanto que ele tinha beibdo, e derramei na boca dele para de seu leite que eu não tinha engulido, sentia ainda seu cacetão pulsando por basixo do meu que estava acordando de novo....mas esta e oputra hsitoria...pois a noite foi sem fim......se alguem gostou, e for jovem, que gosta de 50ão.....posso aplicar o mesmo [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Conto erotico amiga da minha maecontos armei estrupo para minha esposacontos eróticos meu amigo me comeu no mato a forçacontos porno de velhos caipira comendo viadocomentário de. mulher que ja a buceta pro donzelocontoseroticos primo hetero comeu o primo gaycontos bucetinha novacontos se exibindo para vizinhosContos: bunda grande e buceta Contos eróticos - arregaçando a Biankacontos erotoco sogracontos gay virgenjapinha.de.baixo da mesaconto erotico mãe flagra filho dando cu esposa gosta de vibrador grande contosFodeu a mae no banhocontos eroticos casadas canalhasconto cutuquei pai na bundia delacontoseroticos meu filho me estupro meu cuConto o dia em que meu tio me engravidoucontos de homem com penis grosso que comeu sem camisinha a sogra contos eroticos cunhadacontos eroticos meu dono mama meu leiteConto mamae novinha metendo com o filho na cachoeiraContos eroticos mulher violada pelos padrecontos eróticos menina pega espiando Conto erodico meu visinho me espiacontos eroticos meu sobrinho e jeguemeu vizinho meu marido nem sabe contossenhor dotado conto eroticomulher de vertido con as pern.a reganhdacontos sex de viadinhos na infanciacomedo avizinha codo eu marido viajacontos porno velhocomi ela totalmente bebada no contoscontos picantes tarado no onibusConto o dia em que meu tio me engravidouPapai enfiou o dedo na minha buc*** e gostei!terceira idade de calcinha no cuconto incesto tia vendo irma transarnamorada evangelica contos eroticosContos eroticos estrupada pelo meu filhocontos eroticos negrinha inocenteloira coroa tirando a calcinha de ladinho solange para exibir sua xanacontos dei minha buceta para o novinho pauzudo na pescariacontos eroticos de pais esposa e filhas em praia de floripaincrsto conto erotico consolando meu irmão Contos kaylane é putinhalésbicas chupando sopinhasgozando na submissa deitadacontos eroticosAdoro leitinho na bucetameu marido bebia e o vizinho me comiaconto erotico jogo da garrafacontos eroticos mae filhas putas interracialtitiatezudaContos eroticos meu neto pirocudocontos patrao chantageia funcionário pra comer a mulher gostosa do funcionárioconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeuMae nao aquenta todo pau do filho no cu apertadoadoro meus comedores contoscontos eroticos meniniha do tioconto eróticos comeu o cu a força e amarras fsviciadopor bundas super rabudascontos/ morena com rabo fogosocontos erotico os mininos comerao meu cu guando ajente brincavaA loirinha punheteira contos eróticoscontos eroticos comi duas professorascontos eroticos fudendo a mae travesticontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosmamando nos peitao da gorda novinha casada de xortinho lactante..contosconto eróticos a patinha da minha sograConto da mulata com velhocontos eroticos mulher castiga o homem emagando o saco e dando soco no saco conto menininha sentou no meu pauGarotinho lisinho e comido pelo amiguinho