Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

APROVEITARAM DA MINHA INOCÊNCIA NA INFâNCIA.

Quando criança é foda...como a gente é inocente.E ainda por cima os meus pais não me ensinaram nada sobre sexo.O que aprendi foi escutando os outros colegas da minha idade e vendo revistinha pornô.

Lembrando que sempre fui muito tímido!!! E fui criado para não dizer NÃO!!!

Por causa na minha inocência muitos se aproveitaram de mim sem eu saber o significado dos seus atos.

Onde eu morava quando criança era um bairro novo, cheio de construções e tal...

Então vou começar quando eu era bem novo e de tudo que me lembro...

* Quando eu tinha uns 6 anos 3 amigos de mais ou menos 19 a 19 anos me levaram para a casa de um deles.Chegando no quarto eles simplesmente tiraram a calça e começaram a bater punheta dando risada.

O que eu me lembro eu já estava de bruços na cama e sem o meu shorts e cueca. Sempre era um que tentava de qualquer jeito enfiar a vara em mim mas não conseguia ( se conseguisse com certeza eu estaria no hospital mais tarde!!! ). Depois que brincaram bastante com a minha bunda o mais velho me levou para o banheiro e se trancou comigo lá. Ele tirou o pau pra fora e me fez abocanhar.Nem a pau aquilo entrava na minha boca, somente a cabeça entrava e eu tinha que escancarar bem a boca. Os outros batiam na porta e falava para ele me deixar ir embora. Depois de esfolar o céu da minha boca me liberou. Fui embora sem ter noção do que tinha acontecido e nunca falei nada para ninguém.

* Aos 7 anos estava com um grupo de colegas atrás de uma construção,uns 4, que depois foram embora e ficou somente um que sentou no chão e tirou o pau pra fora e estava bem duro. Me pediu para sentar no colo dele e fiz sem saber o porque. Ele começou a se esfregar bastante na minha bunda até que pediu para eu tirar o meu shorts para fazer algo a mais. Mas não fiz por vergonha de estar no mato e de aparecer alguém e me vir pelado. Se fosse em outro lugar ficaria sem mais nem menos e ele teria me fodido o meu botão.

* Nessa idade, eu estava voltando por uma estrada de terra quando um colega me alcançou. Era um neginho de uns 19 anos. Ele simplesmente pegou a minha mão e pos dentro do seu shorts e pediu para ficar segurando. Colocou a sua camiseta na frente fomos andando por uns 600 metros até que chegando perto da minha casa ele tirou a minha mão e seguiu o seu caminho. Cheirei a minha mão estava fedendo a suor e algo mais.

* Aos 8 anos estava brincando de pega-pega na ultima rua no bairro quando eu caí e comecei a chorar. Apareceu um colega de uns 19 anos da mesma rua de minha casa e me colocou na garupa da sua bicicleta e falou que iria me levar pra minha casa. Mas ele passou reto e eu perguntei onde estava me levando e ele falou que era para eu uma coisa. Como era começo da noite ele me levou para uma matagal perto de minha casa. Tirou a minha roupa com tudo me pos de bruço e abriu a minha bunda. Senti ele colocar algo na porta do meu botão e ficar forçando. Mas forçando mesmo!!! Ele jogava todo o seu peso em cima de mim e comecei a sentir uma dor no cú. Ficou ali se esfregando por uns 5 minutos até que se levantou, colocou a roupa e me levou pra casa. Me disse que se fizéssemos isso de novo me daria doces. Passei a mão no meu botão e estava meio melado e dolorido. Passei a noite sentindo aquela dorzinha.

* Pouco tempo de depois estava eu, ele ( o mesmo que me pos de bruço ) e mais um colega nos fundos de uma construção. Ele falou para o outro colega da minha idade ficar espiando pra ver se não vinha “ ladrão “ . Quando esse colega saiu eu reparei no ato o tamanho da vara que se formava no shorts dele. Nem deu tempo para eu pensar ele me agarrou com tudo e começou a se esfregar em mim. No mesmo instante lembrei da dor que ele me provocou quando forçou a entrada no meu cú e comecei a debater com tudo. Ele me soltou e sai correndo para minha casa. Nunca mais me procurou...

* Aos 9 anso eu estava mais esperto com esse tipo de atitude mas continuava muito tímido. Um dia estava na casa de um colega de uns 19 anos e uns mais velhos do que eu. Esse de 19 tirou uma puta pica dura no shorts e começou a balança na minha frente. Fiquei parado e não sabia o que fazer. Os outros começaram a dar risadas e falavam que queriam escutar eu gritar sentando na vara dele. Isso me deu medo pelo tamanho da vara. Ele pediu para sentar e eu gesticulei não com a cabeça... me ofereceu umas bolas de tênis para eu sentar e novamente gesticulei não. Os outros queriam me agarrar e fazer eu sentar a força naquela coisa mas ele disse para não fazerem isso. Graças s Deus.

* Aos 19 anos eu arranjei um colega da mesma idade e começamos a fazer troca-troca sem saber.Mas o cara era esperto!!! Quando era para folgar com ele era acabava rápido e quando era comigo ele demorava uns 3 minutos.VALE LEMBRAR que a pica dele era o dobro do meu!!! Ele queria que eu colocasse o máximo do pau dele dentro da minha boca e ficasse passando a língua na cabeça. A cabeça era única...até hoje não vi nada igual...era do formato normal mas sá que mais comprida, também o dobro do meu.

Um dia ele me colocou de pé e me fez ficar bem encurvado quase colocando as mãos no chão. Ele colocou o pau na entrada e ficou forçando.Pra mim estava normal achando que aquilo não ia entrar.Mas entrou...e enfiou fundo. E ficou me perguntando se doía. Respondia que não mas sentia ele no fundo do meu reto...forçava mais ainda e perguntava de novo...eu disse que não mas isso incomodava lá dentro.

Uma vez o viado enfiou lá dentro e mijou pra caraio dentro de mim...fiquei uns 2 minutos mijando pelo cú!!!

Por causa de uma coisa que ele fez fiquei apavorado de continuar fazendo troca-troca.

Isso quando tínhamos mais de 19 anos.

Estávamos numa pedreira no fim do bairro e começamos a brincadeira...um chupa...depois o outro chupa. Até que ele falou que não queria mais e queria somente por na bunda. Tudo bem...

Uma hora ele tentava enfiar depois eu tentava...até que...ele conseguiu encaixar direito em enfiou de uma vez...Meu Deus...aquilo parece que atingiu lá no fundo do estomago.

A dor foi terrível. Empurrei ele com tudo, mal subi o shorts e sai correndo. Enquanto corria ficava passando a mão no cú com medo dele ter me machucado no fundo e ficar sangrando.

Ele me alcançou e me disse que mais tarde passaria em casa para continuarmos a brincadeira.

E ele passou mesmo e quando eu vi ele estava no meu quarto. Falei que estava doente e não iria sair, mas na verdade estava apavorado de ficar perto dele com aquela pica enorme querendo me comer...

Depois disso inventei a desculpa de que eu estava fazendo primeira comunhão e que era pecado fazer isso nesse tempo. Nunca mais me procurou de novo.

Até o dia em que ele apareceu em casa. Eu tinha uns 19 anos e ele perguntou se ele podia usar o meu isqueiro. Dei o meu isqueiro mas ele falou que era o outro olhando para a minha bunda. Respondi brincando que já tinha dono e ele não falou mais nada e nunca mais tocou no assunto.

Mas... se tivesse falado que poderia usar???

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


buceta de crente meu nome domitiliaconto enterrando a ate o talo no cu da mamaeconto erotico submissa gozei choreicontos eróticos chupeicontos de mulheres que gostam de mamar caralhos e lamber conasmulheres damdo a nisetaMeu padrasto preto roludo comeu meu cu. conto erotico eterossexualcontos eróticos viajando com a sobrinha casadacuzinho de entiada contos veridicocontos eroticos: Descabaçada pelo velho e o negao no onibuscontos eroticos exibindomenininha conto eroticominha esposa safada de saia deixo o vizinho a funda a xoxota delaporno minha rotinContos lambendo o cu do machoContoseroticosmotoboycontos porno de casadas fudenocontos gay trans teenconto erotico selinho no papaisexo aos14 pornodoidocontos eroticos meu vizinho me flagrou dando o cu pro meu cachorroCuidando do meu pai acidentado contos de incesto femininoComtos namorada fodida para pagar dividas do namoradoconto.erotico.muhe.feia.e.negao.Conto cumi a gostosa casada pelo buraco na paredecontos a devassa do analconto erotico perdendo a inocênciaContos gays meu vizinho coroa reformado de jeba arrombou meu cu.contos eroyicoa muito rabudaescrabas q fodemgozounaminhacarapornotrasandocomatiaTrempando em cima da lancha com o coroa conto eroticosogra religiosa conto eróticocontos erotico meu cu mastigando o filho da vizinha contos gay heteroterceira idade de calcinha no cuCasada mexe no pau de outro com o marido ao lado primeira vez contocontoseroticos fudendo o cu do primo no pic escondeacordei com apica do meu filho enfiada na minha bunda contos pornocumhada nua contos eroticoscontos eroticos exendo a buceta da tia de poreaconto dominador pes perdedo a virgirdade da bucetahora e lugar errado/contos pkrnocontos enfiei uma aborinha no cuzinho gayContos de casadas gravidas fudendo com dois ao mesmo tempocontos eroticos de padres tiranda a virgindade de coroinhas gaysvideos porno pai afunda as tanga da filha virgemcontos do seu jorge pegando uma casadinhaconto erotico adoro da pro meu filho com a buceta sujaconto erotico mae se bronzeando a bunda pediu p filho passar bronseador no raboContos eroticos marido vira fêmeabrincando do jogo da garrafa com irmazinha contos eroticoscontos eroticos negrinha casada ficou bebada na festa mais de treze caraas fizeram suruba com elame estruparam e me obrigaram a dar para o caseiro do sitioo desejo de minha mae e tia ter 26 8m no cu contos eroticosconto gay vovô boqueteiroo caminhoneiro engravidou minha mulher eu confessopoeno cenas namoado apwrtando mordendo e chupando teta da namorada pra formar bicoCOnto a vizinha amamentandoo desejo de minha mae e tia ter 26 8m no cu contos eroticoseu meu caseiro e minha filha e suas amigas contosconto erotico arrombei o travesti do baile funkler contos eroticos de casais fudendo dentro de cinemas com outros homenssentei na rola do padrinho contos eróticosContos eróticos teens tomando banho com meu irmãoPapai calcinha contocontos completos quentes esfregando so pra judiar pedindo masXvideo aguentando paenormecontos encoxada pelo avocontos erotico caminhoneiro me comeu na frente do meu cornowww.conto fudeno mulher q fas cafezinhoconto erotico minha amiga passou a noite aqui em casacontos eróticos patroa velha na secaconto erótico viadinho de calcinha e os mendigoscontos meninas masturbacontos de certinhacasada a puta devastadaeu meus am7gos comemos minha irmã conto eroticoGozando.no.cu.do.gurizinhocontos quero ser corno secretoa menina contos eroticoconto erótico gay com estupro e muito dor e sangue em cima de uma camacontos de sexo conheci no.onibuscontos meu pai comeu o'cuzinho na marra eu adoreiComigo por um cachorro gay contoscontos heroticos meu amigo na infaciaesperma do meu filho contos incestosler relato de suruba na casa da comadricomi uma menina na escolacontoseróticosContos gays mamei na anaconda de paizão coroa dormindo nu