Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VIRGEM 19 ANINHOS

Bem é a primeira vez que relato algo num site, mas para tudo há uma primeira vez.

Tenho 37 anos, sou casado e tenho uma vida muito boa, como se isso não bastasse, de vez em quando aparece algo para movimentar ainda mais a vida.

Existe uma amiga(Elen) de minha esposa que está na faixa dos 38 que é linda e para ficar ainda melhor ela tem uma filha de 19 aninhos(Suellen) que parece uma miss. Num dia desses relolvemos ir para um sítio de uns amigos aqui práximo de Campo Grande-MS, eu minha esposa, Elen, Suellen e Leila(amiga da Suellen com 26 anos). Lá nos encontraríamos com outro casal de amigos para passar o fim de semada. No carro estava me sentindo como um sultão cercado por mulheres lindas. Chegando lá no sábado pela manhã, logo nos instalamos e aguardamos a chegada da outra família. Começamos a arrumar as coisas nos quartos e logo estávamos na piscina, pois o sol estava átimo. Preparei alguns drinks e o churrasco. No início da tarde chegou um amigo com a esposa, passamos a tarde toda naquela curtição. Como não sou de ferro de vez em quando dava umas olhadas indiscretas para a mulherada, num dado momento Leila que estava me observando sem que eu percebesse, me deu uma encarada e fez uma cara de safada, noutro momento ela se aproximou da churrasqueira e disse que a Suellen a ela adoraram a minha linguiça, fiquei meio surpreso, mas logo notei que algo aconteceria, agradeci e mudei de assunto, para que ninguém percebesse. Ela deu uma piscada e voltou para a piscina.

Naquela noite o pessoal combinou de ir a uma festa que aconteceria num sítio práximo, eu como não tinha grandes afeições pelo pessoal da festa, inventei uma desclpa de estar cansado de dirigir e de ficar em pé fazendo churrasco, disse que eles poderiam ir que eu ficaria numa boa. Lá pelas 20:00h resolveram ir, como a festa não era tão práxima, foram os dois carros e eu fiquei sozinho, sá imaginando aquela mulherada de biquini que eu vi desfilar o dia inteiro e que agora estavam com umas marquinhas lindas.

Coloquei um filme no DVD e não parava de pensar na Suellen, mas loo pensei em esquecer pois a Elen já havia dito que a filha ainda era virgem e que sá pensava nos estudos. Derrepente por volta das 21:30h ouço um barulho de carro no portão, quando vou olhar quase caio para tráz, a Leila dirigia meu carro e a Suellen estava com ela. Elas entraram disseram que a festa estava legal, mas que falaram com minha esposa que preferiam ir para uma festa de rua que estava acontecendo na cidade alí práximo. Enquanto a Suellen subiu para o quarto para pegar umas coisas, a Leila se aproximou e disse que tinham inventado uma desculpa para me ver, nessa hora eu já estava louco de tesão e aquele clima de perigo, curiosidade, vontade....tudo misturado, estava bom demais. Quando a Suellen deceu já viu que eu a a Leila estávamos nos beijando, a principio ficou parada olhando, mas logo se aproximou meio sem graça. A Leila estava doida para ver a amiga perder o cabaço, então foi logo abaixando a blusa da Suellen e comecou a chupar seus peitinhos, não acreditei que aquilo estava acontecendo comigo, mas não perdi tempo, deitamos no tapete da sala e comamos a tirar as roupas, a visão das duas nuas era demais e ambas estavam com as marquinhas de biquini que eu adoro. Deu para notar a inexperiência da Suellen, mas deixava transparecer também o enorme tesão que estava sentindo, os biquinhos do peito estavam parecendo agulhas, chupei aqueles peitinhos com vontade enquanto Leila me chupava o pau. Sá nisso já dava vontade de gozar, mas me controlei e chupei a Suellen todinha, principalmente aquela bucetinha virgem, ela gemia feito louca, lambi aquele cuzinho e massageava seu grelinho. Derrepente fiquei deitado e a Leila começou a cavalgar no meu cacete, enquanto a Suellen esfregava a bucetinha na minha cara. Não deu para aguentar e gozei junto com ela. Fomos tomar um banho no chuveiro da piscina e a Leila disse para a Suellen que agora seria a vez dela em ser fodida por mim. Aquele visual, aquele papo das duas, fiquei cheio de tesão, então fomos para um dos quartos e nos preparamos para tirar o cabacinho da Suellen, chupamos ela todinha e quando já estava bem molhadinha, apontei meu cacete naquela bucetinha linda, mas ela dizia que estava doendo muito e realmente o pau resvalava mas não queria entrar por nada, foi quando então que reolvi passar um gel para facilitar, comecei a forçar a rola para dentro dela enquanto a Leila massageava o grelinho dela, derrepente a cabeça entrou, ela deu um grito de dor e realmente era muito apertadinha, cheguei a sentir que estava arregaçando aquela bucetinha. Comecei a enfiar devagar e vi um pouco de sangue no pau, fiquei maravilhado, meti com mais força e a Suellen começou a chorar e pedir para enfiar mais, bombei com muita força, parecia que ia esfolar o pau todo, a Leila tocava um siririca feito uma vaca safada, então notei que a Suellen se estremeceu toda e encharcou mais ainda o meu pau, era sangue misturado com gozo. Falei que não iria gozar naquela bucetinha e já que ela tinha perdido o cabacinho, perderia também o do cuzinho, agora já passei o gel naquele rabinho e forcei a entrada, ela estava de pernas abertas e de frente para mim, dava para ver a bucetinha inchada e vermelha, aquilo me deixava com mais tesão ainda, foi difícil passar a cabeça, o resto foi devagar. Enquanto eu a enrabava, Leila passava a língua no grelinho dela, então comecei a socar com força naquele cuzinho, passando os dedos naquela bucetinha linda, quando não aguentei mais e gozei muito, parecia que estava mijando. Quando acalmamos retirei o pau ainda meio duro daquele rabinho.

Tomamos novo banho foram trocar de roupa, quando olhei o relágio já era 23:40h, não demorou muito e minha esposa, a mãe dela e o casal estavam entrando com o carro, voltei para a tv e dormi pensando no que havia acontecido.

Sou uma pessoa normal sem frescuras e sem problemas, gosto do que é bom e me afasto de pessoas ruins

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos em ilhabela com minha mulhercontos eroticos garotao passando bozeador na minha esposaEla fudeu com sogrominha irmã virou putinha conto eroticocontos eroticos negra sendo arrombada na orgiacontos eroticos novinha coroa ricoSo uso fio dental enfiado no cu.conto erotico femininocomto erotica erotico feinhaa premeira ves que fui penetrada contocontos eroticos otro homem comeu minha mulhera madrasta ingênua contos eróticoscontos eróticos Deixei meu marido pra virar uma puta safadinhacontos gay pique escondemeu marido quer ser corno estóriacontos eróticos com vizinhagosto de ser corno eu confessoContoseroticos professor gay primo gordinho contos eroticos vizinha de camizola curtinhaContos eroticos com faxineiraContos eroticos guspe na bocametendo com furiana boceta da peitudaconto gay garoto da igreja perde a virgindade com meu bimbimminha cunhada ami fazer punhetacontos eroticos maduras tias bundascontos eroticos esposa hipnotizadameu cu e todo.seu efia seu pau xxxbem novinha virgem chorando najeba gigante contosconvidando o amigo para arromba o cu da namoradaContos eroticos seios devorados mordidoscontos eroticos minha professora dominadoramaridos broxas contoscontos de menininhas sentando no colo de homensDei Para Meu SobrinhoBucetinha sem pelinhos conto eroticocontos eróticos de irmão comendo a irmã pequenininha novinhamae batendo puheta no filho dorminoSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos erotico os mininos comerao meu cu guando ajente brincavawww.porno chupado os peito ate fica roxo.comMinha mãe colocou silicone e ficou gostosa contocontos eroticos me maquiaram e depois comeram meu cupau duro na frente da tia contosmeus patroas adoram chupar a minha bucetanegoes jegudos na punhetam7nha irmã cadela conto eroticoconto erotico policial peito peludo bucetaDETE DEDO NA BACETA EM QUNTO A DORMIRcospidas na boca porno lesbicascontos eroticos gays viagem de ferias para fazenda com dotadocontos eroticos mamei no pintinho do nmeu filhinho pequinininhoconto erotico eu fui no ensaio da escola de samba e dei o cu lacontos eróticos lado solteira e sua filhinhaAmamentando os velhos contos eróticosboa f*** mulher leva travesti para comer o maridominha mae e minha esposa mim casticando contos eroticoscontos eróticos com estrupo rola gggcasa dos contos eróticos comendo velhaMorena bunduda avantajada cavalona contos eroticosconto erótico sadomasoquismo gizando amarrada vibrador coleiracontos tio enrraba sobrinhoMinha mae me pediu foder elecontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidopono çomo felhou atia na praiaGarotinha do papai conto eroticoMinha mãe me ensinou a ser puta contoscontos eróticos com fotos esposas estupradas submissascasa dos contos eroticos mae dando pro filho novinhocontos erótico/juvenisbeijo no umbigo contoscontos pai e filhas casadano parquinho contoscontos eroticos minha mae imploro pra mim come o cuzinhocontos eróticos no quarto de hotelPapai e titio comeram minha bundinha contos eróticosvi meu pai dormindo de pau duro contoscomeram minha irmã na escola conto eroticomeu irmao e meu dono bdsm contoconto eróticos esposa faz marido adivinhar gual bucetaAmigo marido seduçAão conto eroticoninfeta cintura fina bunduda belo par de seioscontoseróticos encoxadas na casadaConto Erótico Namorada Menininhacalcinha incesto contoscontos eroticos incesto pai e filha fistingtraficante comendo a travesti conto eroticoenrrabei a mulher do meu amigo contos eroticoscontos eroticos porteiro da escola com menina casa dos contos eróticos condomínio velho piscina oTennis zelenograd contocontos eroticos, casada nova surpreende marido em cine pornocontos lesb bati meu grelo no delarelato erotico meu filho gosa nas calcinha minhasdividi meu namorado com ourra mulher conto eróticocontos erotico no acampamento