Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PIRALHA VIRA GATA

Chegando da praia pra ir pro colégio, o elevador de serviço estava ocupado com uma mudança. Uma garota abraçada com um ursinho tomava conta de umas malas.

-aí eu falei: é sua essa mudança?

-é sim.respondeu.

-e eu: pô, que saco é mudança.

eu não tava nem aí, era uma piralha, mas o outro elevador demorou, aí eu falei:

-legal, eu sou do apto tal e se voce precisar de uma internet, coisa assim, pode ir lá.

Falei mais por falar, por que falo a pampa, mas era semana de prova e voltei mais cedo.

nisso to lá teclando e comecei a ouvir um papo, a minha empregada tava na área com uma outra empregada que falava muito alto. o papo era delas mas de repente ela tava contando que tinha vindo com a patroa dela porque a patroa tinha se separado por causa do filho que era "afeminado" e o pai empresario ficou cego de raiva....e por ai vai.

aih, to fazendo umas coisas e juntou a menina com o filho da patroa da empregada. fui na cozinha e perguntei quem era a moça que veio te visitar. Era uma amiga do lugar de onde ela nasceu e por acaso tinha se mudado pro predio naquele dia.

pois é,pois é.

Fiquei num vai e vem até para ver se me desligava e aí dimdom.

a empregada lá de casa sai as 3 e já era 6 horas fui atender e não deu outra era a menina.

toda gracinha, ela é branquinha, falsa magra, cabelos negros pelo ombro, olhos azuis clarinhos. os cabelos molhados ainda. um short fino curto largo e uma camiseta que marcava uns biquinhos. dava pra ver que era uma menina mas não tinha os adereços, brinco, pulseirinha,...

-oi e aí quer entrar?

ela entrou e meio sem saber fui indo pro quarto e o pc tava ligado e fui papeando:

-pois é mudança é uma merda né? e vc veio sozinha pra cá, tem irmão, irmã?

- não, vim com minha mãe, mas ela não pode ficar a semana toda por ter que trabalhar no interior.

- aí eu falei: voce está em que série?

- sexta, mas não sei se vou encontrar uma escola agora no meio do ano.

a voz da gatinha era doce e achei que era outra coisa.

aí eu falei

-meu nome é Eduardo eu tô na segunda do segundo grau e aí qual é o seu nome?

- bem é Vitário, mas é claro que vai me chamar de Vivi.ok?

Fiquei naquela que nem babaca ouvindo por uns minutos.

-Vivi,voce é muito bonitinha, depois quero dar umas voltas com voce.

nisso o celular dela tocou, era a mae dela procurando e ela foi embora.

aí disse assim -vem amanha as 3. dei uma dica de um colegio aberto para a mae dela consultar.

no dia seguinte enxotei a empregada e esperei um pouco e a campainha tocou.

era a Vivi, agora com um calça jeans camiseta curta. reparei a calcinha que ela usava, era uma pequena. tambem tinha peitinho, a bunda maior que os ombros, era muito gatinha, incrivel.

no condominio dava pra contar numa mão as gatinhas como ela.

ela chegou contando que a mae havia adorado o colegio que eu havia indicado e que iria estudar lá, toda falante.

deixei passar a lance e perguntei sobre ela.

ela falou que ela sempre foi assim, que na verdade a mãe havia morrido no parto dela, a mae morava numa fazenda e não teve assistencia no parto. Quem a criou foi a tia que ela chama de mãe. herdou uma grana da mãe e que o pai administra com as suas outras coisas mas que estão brigados e que ele ficou doente.

contou tudo assim.

pediu água e fomos na cozinha, a bundinha balançando ao lavar o copo deu tesao.

voltamos para o quarto e falei que era uma bebezinha e que eu não entendia.

-ela contou que a tia a tratava como as primas, e como era a mais nova herdava umas roupas, pegava e comprava mesmo. junto com isso tudo contou que quando ia comprar anticoncepcional para as primas comprava pra ela tb. Por isso estava ficando mocinha.

fui no computador e como nao tinha outra cadeira ela veio e sentou na minha perna e deixei ela olhar os e-mails dela. as cochas deliciosas. o rego da bundinha lindo. toda cheirosa.

comecei a apalpar a bundinha a barriga e num minuto ela estava de calcinha e eu pelado.

o caralho duro. dei aquela sarrada na bundinha dela e ela ficou batendo uma punheta e me beijando. a hora voou. o celular tocou e ela teve que ir pra casa.

no dia seguinte ela trouxe uma sacolinha com camisinha e ky, foi um tesao ver uma gatinha de peitinho e bundinha, coxa maravilhosa, quase que sem resistir comi ela em pé primeiro de tanto tesao. foi muita foda naquele cuzinho. falei que ela devia trocar a empregada faladeira e colocar uma que nao soubesse de nada, que ela começasse sem passado.

Procurasse um médico para continuar a se hormonizar.

Eu que sempre fui na minha, apresento como Vivi, e cuido do material. e é sá alegria, sair, levar ela pra comprar roupa, fuder muito, hoje minha piralha é uma gata.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos gang bangconto erotico como gravidez a minha tia seios gcontos de putas se chupando ate o orgasmomeu tio comeu meu cu pornofoda gostosa com amigos contos contos negao limpando quintal da casadahomens velho gay contosContos eroticos roludo comendo a bundinha da loirinha gostosinhaFui penetrado com violênciacalcinha usada contos eroticoscontos eróticos de minininhas que adorava ser abusada dormindoconto brincando com o pinto do meu padrastocontos trai meu marido com um cara do pau grandeGay com mulher contocontos eroticos arrombada pelo empregadocorno rabuda praia contocontos eroticos transex operadacontos erotico com pai come o cu da filha de nove anos escretocache:bK7S-r2Jz3QJ:https://cheapjerseysfree904.top/celebritysexstories/home.php?pag=263 contos 9 aninhos putinhaconto erotico arrombei o travesti do baile funkmeu melhor amigo grudendo conto gayfrases minha amante usa fio dentalcontos.erodicos.de.meninas.peitudas.e.mulequinhosconto erotico casada com dupla penetraçãocontos eróticos perdeu aposta e teve que dar para traverticontos eróticos comi evangelicaenconxei uma gostosa contoeróticoContos eroticos dei pro leke magrelo chamado Ricardoa minha mulher Ela foi arrombada pelo negão como chega eu sentir coisa diferente dentro delaContos eroticos anciãs casadas e maridos cornosConto gay - menininha do paiconto menina adotada gozeicontos fazendo sexo quando era meninocontos eróticos eu provocava meu primo novinhonamorada de calnsinha centou na picacasada;fodida na África;contos eróticosmininas por cabaço travsya primeira vez com homem casadowww.contos eroticos cavalgado no vovonoite maravilhosa com a cunhada casada contosCazada traidor marido nomotel com amante viranoite maravilhosa com a cunhada casada contoscontos sadomasoquista extremoolhe nos.meus olhos meu corno e veja estoou gozando em outra pica, me beija amorbucetinha virgem bem pequenininho viscosaconto erótico seios lindos mulher grávida rebolando pênis ereto gostoso amorEla fudeu com sogroconto erotico amiga da mae carenteContos erótico novinhas vigem sedo arobada pelo vizinhoconto de quarentona a fuder com desconhecidoVi o vizinho mijando fiquei asustada com o tamanho contocontos forçada a ser a puta da empresaconto eróticos comi minha prima mae solteira carenteConto gar drogado come travesticontos eroticosdescobrindo o amorRelatos eroticos de professoras casadas brancas que foram usadas por alunos negrosConto erotico eu filha meu pai e minha mãecontos eróticos no busão dois Negrão e minha esposacontos eroticos o estuprador me fudeu covardimenteconto erotic minha mãe sabe q sou viadinhoconto em uma viagem de onibus comeram minha esposacontos eroticos sobrinha dormino bulindo na bucetacontos eróticos o dono da minha mãea filha da minha empregada vive me provocando contoscontos com dog pica gigantecontos eróticos de bebados e drogados gaysna casa de swing recife contocontos eroticos advogada e seu cclienteCasada portuguesa com a empregada no provador de roupa contoscontos eroticos gay vestido rosacontos de incestos detei de conchinha fiquei de pau duroescola grita dor conto erótico uso saia pra ser encoxada no onibuscontos tio enrraba sobrinhohistorias de meninas q foram estupradas e gostaramcontos eroticos menininha incestoviuva darlene fudendo muitocontos de orgia com maecontos relatados por esposascomendo a boca da prima contoTranzei com meu empregadocontos eroticosperdi mibh virgindade com meu vizinhocontoerotico mae e filha as duas casadaSentando no colo contosputa do meu meio irmão conto eroticocontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigochantagiei minha filha casada conto eroticoconto erotico gay estourando as prega do cuzinho do novinho que emplorou pra ser comidominha mae da para um velho pirocudo espiei ela contossou o tesaozinho do papaiconto erótico de mulher fogosaler conto pornô de i****** ajudando minha filhacontos verídicos com garotas teenscontos de coroa com novinho