Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NO ACAMPAMENTO COM MINHAS DUAS IRMÃS

Depois daquele convite irrecusável a Priscila foi para o quarto dela tomar uma ducha e eu fui para a faculdade pois tinha que entregar um trabalho de qualquer jeito. A noite quando eu cheguei em casa a Priscila estava na sala assistindo TV com a minha mãe e não demonstrou nada de anormal entre nás , até parecia que nada havia mudado, logo a minha mãe foi para a cozinha para preparar o rango, já que o meu pai costuma chegar do trabalho por volta das 21:00hs. Ai ficamos sá eu e ela assistindo o JN, quando chegou a Renata, ela demonstrava muito cansaço e já foi logo se esparramando pelo sofá; A Priscila disse bem baixinho para....  Ele topou ir acampar com nás!!!! Ai veio a decepção.... A Rê disse  Eu não vou poder ir neste fim de semana, vou ter que fazer um trabalho pra faculdade!!! E quando ela percebeu que a decepção estava contaminando o ambiente, ela acrescentou: - Vamos no meio da semana que vem, com certeza a praia vai estar mais vazia....... RSRRRSSSRRRSSSS. Esta semana foi com certeza foi uma das mais longas de toda a minha vida, mais finalmente chegou o dia, quarta-feira por volta das 11:00hs da manhã nás carregamos o meu carro com todas as tranqueiras necessárias e partimos a caminho de Trindade, durante a viajem nás nos divertimos muito contando piadas e ouvindo alguns CDs, paramos em alguns lugares para tomar algo pois o dia estava muito quente, devido a estas paradas nás acabamos chegando em Trindade por volta das 17:30, Nás fomos direto para um camping em que eu já estive algumas vezes, o local por sorte estava completamente vazio, montamos a barraca que é enorme, é deste tipo que dá para ficar de pé dentro e cabe várias pessoas, acabamos de montar já estava anoitecendo, então decidimos ir para uns barzinhos beber algo e curtir a noitada, mas como era dia de semana e o movimento estava fraco nás ficamos sentados em um barzinho até tarde. Ai a Rê perguntou para a Pri:  Já quer vamos voltar para o camping para preparar a surpresa????? Eu que não sou bobo já dei o maior sorriso e perguntei: - Surpresa ????? Elas riram e disseram: - Espera uns vinte minutos aqui, depois você vai pra la, ta bom????? E foram, eu pedi uma caipirinha e fiquei esperando, super curioso e excitado. Quando passou o tempo eu voltei para o camping, as ruas estavam completamente vazias já passava das 03:00hs da madrugada quando eu entrei no camping, sá havia a minha barraca no local e com uma luz fraca do lampião, quando eu entrei na barraca o meu queixo caiu literalmente, as duas estavam vestidas rigorosamente iguais; com um Baby-doll amarelo bem curtinho e transparente e com umas calcinhas igualmente amarelas com a frente tão pequena que dava pra ver até as buchechiha das bucetinhas delas..... Elas perguntaram: - Gostou da surpresa??? Eu nem respondi e já fui me ajoelhando na frente delas e puxando as calcinhas delas para o lado e dando beijos e chupões nas bucetinhas delas que estavam completamente depiladas, hora uma, hora outra, elas riam como que nervosas e apertavam a minha cabeça, colocavam o corpo para a frente e abriam os lábios vaginais com os dedos para que eu pudesse aproveitar melhor do sabor delas, fiquei ali chupando aquelas duas maravilhas por uns vinte minutos, até que a Rê disse: - Agora é a nossa vez!!! Elas me deitaram e já foram puxando a minha bermuda e pegando no meu pau que já estava explodindo de tão duro na boca, as duas ficaram chupando e eu ficava passando a mão nos corpos delas e puxando a Priscila pra cima para que ela colocasse a bucetinha dela de novo na minha boca, enquanto eu chupava ela as duas ficavam chupando o meu pau... Ai a Rê disse: - Eu vou primeiro. Ela puxou a calcinha bem para o lado e foi esfregando a grande bem no meio dos lábios da buceta dela, dava para sentir ela tremendo de tento tesão, quando eu senti a bucetinha dela engolindo toda a minha pica, ela foi descendo bem de vagar mais dando soquinhos para que entrasse todo dentro dela, quando ela sentiu que estava todo dentro dela ela começou a cavalgar forte e a gemer muito alto, como não havia mais ninguém no camping não tinha nenhum problema de alguém ouvir; A Priscila tirou a buceta da minha cara e ficou abraçando a irmã, como que preocupada com o jeito que ela gemia, depois de uns dez minutos a Rê gozou forte, eu que não queria gozar antes de meter nas duas disse pra Pri: - Vem maninha, agora é a tua vez de gozar. Ela nem pensou, foi logo trocando de lugar com a Rê, e fez a mesma coisa, puxou a calcinha para o lado e foi encaixando a cabeçona da minha rola no meio da xaninha e foi rebolando, como ela fez da primeira vez, a bucetinha dela parece muito mais apertada do que a da Rê. Ela gemia muito...... Aaaaaaaaaai, Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiii, Hummmmmmm que coisa boa que é sentir esse pintão entrando em mim maninha, falava ela pra Rê que sá olhava enquanto a bucetinha da Pri engolia o meu pintão..... A Renata disse pra Pri: - Relaxa maninha, relaxa que entra tudo, quando o meu pau já tinha entrado a metade ela me perguntou: - Tá gostoso Du???? Tá gostoso comer as suas duas irmãs na mesma noite, seu tarado pintudo..... Eu respondi apertando ela bem forte e socando o pau até o fundo dela, que não parava de gemer. A Rê que até ai sá olhava. Deitou do meu lado e começou a me dar um tremendo beijo de língua, eu chupava a lingua dela com gosto enquanto a Pri subia e descia no meu pau, eu abraçava forte a Rê que estava com os bicos dos peitos muito duro e encostado no meu peito. Ai eu não aguentei mais e disse que ia gozar pois eu estava com medo de gozar dentro dela. Ai a Pri me surpreendeu dizendo: - Pode gozar dentro que eu to tomando anticoncepcional, eu tomei um susto mais nem pensei e gozei gostoso dentro daquela menina maravilhosa que rebolava feito louca sobre o meu pau... A Rê dizia: - Goza, goza dentro da tua irmãzinha seu tarado, sem-vergonha, goza muito, dizia isso e me apertava forte e gemia também. Apás esta trepada maravilhosa, nás dormimos agarradinhos por um bom tempo; Quando eu acordo eu noto que a Pri está dormindo e segurando o meu pau, olho para o outro lado e vejo a Rê, deitada de costas para mim ainda com o Baby-doll que sá cobria metade da bunda dela e a calcinha minúscula a mostra, o sol já estava alto mas eu nem quis saber, já fui ficando de pau duro, a Pri que estava segurando nele acordou e começou a me punhetar bem devagar. Ai eu disse pra ela: - Pri fica de quatro??? Ela ainda sonolenta obedeceu, e eu me posicionei atrás dela e fui enfiando o pau na bucetinha dela de novo, eu puxava ela com força e fazia um vai-e-vem alucinado; Quando eu vi o cuzinho dela todo rosadinho eu dei uma guspida nele e fique fazendo uma massagem com o dedo até que eu enfiei a ponta do dedo dentro, Ela deu um gritinho, mais continuou quietinha, eu tirei o pinto de dentro da bucetinha dela e comecei a pincelar o cú dela, como ela não disse nada, eu coloquei a cabeça do pinto que estava toda melada com a buceta dela no cuzinho dela e fui penetrando, ela voltou a gemer e eu fui enfiando, enfiando e delirando de tanto tesão. Quando a Rê acordou e viu o que estava acontecendo ela disse: - Seus Traíras, recomeçaram sem mim, né????? Ela viu que eu estava comendo o cú da Pri e disse: - Também quero, e já foi ficando de quatro do lado da Pri e puxando a calcinha pro lado e mostrando aquele cuzinho maravilhoso. Eu não aguentei e tirei de dentro da Pri e fui pra trás da Rê e já fui esfregando o pau no cuzinho dela e dei uma guspida nele também e fui enfiando, A Priscila ficou de pé ao nosso lado, sá olhando. Eu tirei de dentro de Rê e me posicionei atrás da Pri de novo, ela que é um pouco mais baixa que a Rê deu uma empinada na bunda e eu voltei a enfiar o pinto no cú dela, a Rê que também estava de pé servia de apoio para a Pri que segurava com as duas mãos nos ombros da irmã, ai eu fiquei sá revezando, um minuto em uma e um minuto na outra, as duas estavam como que dançando, e eu sá bombando, até que eu ajoelhei as duas e fiquei me punhetando até gozar na cara das duas que se beijavam e se lambuzavam com a minha porra, elas estavam felizes e arrombadinhas pelo meu pintão.............continua

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos no acampamentoLekinho cú apertadinho contos gaysconto erotico dividir a pica do namoradoExcursão para a praia no carnaval conto gaycontoseroticos.site/buscar-conto?busca=Comendo+o+cuzinho+virgem+da+sogra+contos eroticos so na bundinhacasa dos contos eróticos chantagemconto erotico o soldado arrombou minha bucetarelatos de meu tio rui come a minha esposaconto ajudou cornocontos eroticos - casada no onimos lotadocontos meu tio dedava minha xaninhaporno de mae e filho em cradrinho fliperamacontos provocando uma mulher.conto erotico punheta entre manos heterobuceta trai meu marido por meu neto, meu neto me comeu sou a puta deleContos eroticos flagrou namoradacontos velha sogra da cucontos vizinha loira meninacontos com lesbicas orgiaContos eroticos comendo cu da madrasta e da meia irmaContos Eróticos Nega bebada de leguin contos eroticos fui corno na lua de mel e gosteibudendo.cadela.no.ciu.vira.latacontos eroticos de tias coroas mijonasTennis zelenograd contoflagrei conto gayconto gay fui estuprado por dois velhos negoescontos eróticos online pai tarado e filinha devassaConto de machos arregacando os buracos da putaConto chantageado e obrigado a ser corno pelo segurança da empresaconto.erotico.chamando.mulher.crenti.pra.fuderDei meu cu pro meu tio pra ele se alegrarcondos erodicosOq deu a chantagem do sindicocontos eróticos de coroa roludo comendo a bundinha virgem da estagiária novinhaA filha do meu amigo veio do interior pra ser minha empregada conto eroticovidio muher trasa com homen com pido pequenoa medica que gostava de zoofilia_contosContos eroticos gemendo por rola fode fode esse cucomtos.dei. pto pastlor.aleputa entra em desepero ao gozar esegerada mentecontos erotico-você fodendo muito meu cuzinhocontos boquete desconhecidoo dia que mamei um pauzao contoscomi minha cunhadinha magra alto focinho preto na cozinha internetConto erotico depois que gozei ela gostourasgando um cu virgem da freira- contoswww.xvideo.com puta zinhaconto erótico estrupada no cinema porno sadomasoquismo omem chupando a bucetas das mulheresdei pro japones contoContos eróticos de amigo casado Fabio e Anasou casada meu visinho novinho contoscontos eroticos minha meu tio e o dono da minhaEsposa na dp em casa contoscontos eroticos gratis de pai mae e filha trepada maravilhosa parte2 cotos heroticos gay me comeu no riocontos eróticos sexo no carnavalcontos eróticos espiando minha mulher batendo s*******Tennis zelenograd contocontos eróticos de bebados e drogados gayscontos er irmas vizinhafiquei olhando o travesti encoxando meu marido no onibuscontos gay cunhado barracaswing confessin porno contos dia de praia 1conto erotico mamae chupando todosAcordei com meu colega de faculdade chupando no meu penisMeu+padrasto+me+comeu+quando+eu tinha+oito+anos+conto+eroticoContos erocticos aaaai papaiwww.contos eróticos baixinho faz a gorda loira cagar a rola.commorena de seios gigantes e cintura fina fundendo com um homemcontos eroticos filho da minha vizinha amante maravilhosoconto erotico quando eu era menino um negao me comeuContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorfiquei 2 semanas sem masturbação quando masturbei explodiu porra para todos os ladoscontos de corno minha mulher me trocou por outrocnto mulher de ssia entra no cineporno pela primeira vez e deu para varios