Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NO ACAMPAMENTO COM MINHAS DUAS IRMÃS

Depois daquele convite irrecusável a Priscila foi para o quarto dela tomar uma ducha e eu fui para a faculdade pois tinha que entregar um trabalho de qualquer jeito. A noite quando eu cheguei em casa a Priscila estava na sala assistindo TV com a minha mãe e não demonstrou nada de anormal entre nás , até parecia que nada havia mudado, logo a minha mãe foi para a cozinha para preparar o rango, já que o meu pai costuma chegar do trabalho por volta das 21:00hs. Ai ficamos sá eu e ela assistindo o JN, quando chegou a Renata, ela demonstrava muito cansaço e já foi logo se esparramando pelo sofá; A Priscila disse bem baixinho para....  Ele topou ir acampar com nás!!!! Ai veio a decepção.... A Rê disse  Eu não vou poder ir neste fim de semana, vou ter que fazer um trabalho pra faculdade!!! E quando ela percebeu que a decepção estava contaminando o ambiente, ela acrescentou: - Vamos no meio da semana que vem, com certeza a praia vai estar mais vazia....... RSRRRSSSRRRSSSS. Esta semana foi com certeza foi uma das mais longas de toda a minha vida, mais finalmente chegou o dia, quarta-feira por volta das 11:00hs da manhã nás carregamos o meu carro com todas as tranqueiras necessárias e partimos a caminho de Trindade, durante a viajem nás nos divertimos muito contando piadas e ouvindo alguns CDs, paramos em alguns lugares para tomar algo pois o dia estava muito quente, devido a estas paradas nás acabamos chegando em Trindade por volta das 17:30, Nás fomos direto para um camping em que eu já estive algumas vezes, o local por sorte estava completamente vazio, montamos a barraca que é enorme, é deste tipo que dá para ficar de pé dentro e cabe várias pessoas, acabamos de montar já estava anoitecendo, então decidimos ir para uns barzinhos beber algo e curtir a noitada, mas como era dia de semana e o movimento estava fraco nás ficamos sentados em um barzinho até tarde. Ai a Rê perguntou para a Pri:  Já quer vamos voltar para o camping para preparar a surpresa????? Eu que não sou bobo já dei o maior sorriso e perguntei: - Surpresa ????? Elas riram e disseram: - Espera uns vinte minutos aqui, depois você vai pra la, ta bom????? E foram, eu pedi uma caipirinha e fiquei esperando, super curioso e excitado. Quando passou o tempo eu voltei para o camping, as ruas estavam completamente vazias já passava das 03:00hs da madrugada quando eu entrei no camping, sá havia a minha barraca no local e com uma luz fraca do lampião, quando eu entrei na barraca o meu queixo caiu literalmente, as duas estavam vestidas rigorosamente iguais; com um Baby-doll amarelo bem curtinho e transparente e com umas calcinhas igualmente amarelas com a frente tão pequena que dava pra ver até as buchechiha das bucetinhas delas..... Elas perguntaram: - Gostou da surpresa??? Eu nem respondi e já fui me ajoelhando na frente delas e puxando as calcinhas delas para o lado e dando beijos e chupões nas bucetinhas delas que estavam completamente depiladas, hora uma, hora outra, elas riam como que nervosas e apertavam a minha cabeça, colocavam o corpo para a frente e abriam os lábios vaginais com os dedos para que eu pudesse aproveitar melhor do sabor delas, fiquei ali chupando aquelas duas maravilhas por uns vinte minutos, até que a Rê disse: - Agora é a nossa vez!!! Elas me deitaram e já foram puxando a minha bermuda e pegando no meu pau que já estava explodindo de tão duro na boca, as duas ficaram chupando e eu ficava passando a mão nos corpos delas e puxando a Priscila pra cima para que ela colocasse a bucetinha dela de novo na minha boca, enquanto eu chupava ela as duas ficavam chupando o meu pau... Ai a Rê disse: - Eu vou primeiro. Ela puxou a calcinha bem para o lado e foi esfregando a grande bem no meio dos lábios da buceta dela, dava para sentir ela tremendo de tento tesão, quando eu senti a bucetinha dela engolindo toda a minha pica, ela foi descendo bem de vagar mais dando soquinhos para que entrasse todo dentro dela, quando ela sentiu que estava todo dentro dela ela começou a cavalgar forte e a gemer muito alto, como não havia mais ninguém no camping não tinha nenhum problema de alguém ouvir; A Priscila tirou a buceta da minha cara e ficou abraçando a irmã, como que preocupada com o jeito que ela gemia, depois de uns dez minutos a Rê gozou forte, eu que não queria gozar antes de meter nas duas disse pra Pri: - Vem maninha, agora é a tua vez de gozar. Ela nem pensou, foi logo trocando de lugar com a Rê, e fez a mesma coisa, puxou a calcinha para o lado e foi encaixando a cabeçona da minha rola no meio da xaninha e foi rebolando, como ela fez da primeira vez, a bucetinha dela parece muito mais apertada do que a da Rê. Ela gemia muito...... Aaaaaaaaaai, Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiii, Hummmmmmm que coisa boa que é sentir esse pintão entrando em mim maninha, falava ela pra Rê que sá olhava enquanto a bucetinha da Pri engolia o meu pintão..... A Renata disse pra Pri: - Relaxa maninha, relaxa que entra tudo, quando o meu pau já tinha entrado a metade ela me perguntou: - Tá gostoso Du???? Tá gostoso comer as suas duas irmãs na mesma noite, seu tarado pintudo..... Eu respondi apertando ela bem forte e socando o pau até o fundo dela, que não parava de gemer. A Rê que até ai sá olhava. Deitou do meu lado e começou a me dar um tremendo beijo de língua, eu chupava a lingua dela com gosto enquanto a Pri subia e descia no meu pau, eu abraçava forte a Rê que estava com os bicos dos peitos muito duro e encostado no meu peito. Ai eu não aguentei mais e disse que ia gozar pois eu estava com medo de gozar dentro dela. Ai a Pri me surpreendeu dizendo: - Pode gozar dentro que eu to tomando anticoncepcional, eu tomei um susto mais nem pensei e gozei gostoso dentro daquela menina maravilhosa que rebolava feito louca sobre o meu pau... A Rê dizia: - Goza, goza dentro da tua irmãzinha seu tarado, sem-vergonha, goza muito, dizia isso e me apertava forte e gemia também. Apás esta trepada maravilhosa, nás dormimos agarradinhos por um bom tempo; Quando eu acordo eu noto que a Pri está dormindo e segurando o meu pau, olho para o outro lado e vejo a Rê, deitada de costas para mim ainda com o Baby-doll que sá cobria metade da bunda dela e a calcinha minúscula a mostra, o sol já estava alto mas eu nem quis saber, já fui ficando de pau duro, a Pri que estava segurando nele acordou e começou a me punhetar bem devagar. Ai eu disse pra ela: - Pri fica de quatro??? Ela ainda sonolenta obedeceu, e eu me posicionei atrás dela e fui enfiando o pau na bucetinha dela de novo, eu puxava ela com força e fazia um vai-e-vem alucinado; Quando eu vi o cuzinho dela todo rosadinho eu dei uma guspida nele e fique fazendo uma massagem com o dedo até que eu enfiei a ponta do dedo dentro, Ela deu um gritinho, mais continuou quietinha, eu tirei o pinto de dentro da bucetinha dela e comecei a pincelar o cú dela, como ela não disse nada, eu coloquei a cabeça do pinto que estava toda melada com a buceta dela no cuzinho dela e fui penetrando, ela voltou a gemer e eu fui enfiando, enfiando e delirando de tanto tesão. Quando a Rê acordou e viu o que estava acontecendo ela disse: - Seus Traíras, recomeçaram sem mim, né????? Ela viu que eu estava comendo o cú da Pri e disse: - Também quero, e já foi ficando de quatro do lado da Pri e puxando a calcinha pro lado e mostrando aquele cuzinho maravilhoso. Eu não aguentei e tirei de dentro da Pri e fui pra trás da Rê e já fui esfregando o pau no cuzinho dela e dei uma guspida nele também e fui enfiando, A Priscila ficou de pé ao nosso lado, sá olhando. Eu tirei de dentro de Rê e me posicionei atrás da Pri de novo, ela que é um pouco mais baixa que a Rê deu uma empinada na bunda e eu voltei a enfiar o pinto no cú dela, a Rê que também estava de pé servia de apoio para a Pri que segurava com as duas mãos nos ombros da irmã, ai eu fiquei sá revezando, um minuto em uma e um minuto na outra, as duas estavam como que dançando, e eu sá bombando, até que eu ajoelhei as duas e fiquei me punhetando até gozar na cara das duas que se beijavam e se lambuzavam com a minha porra, elas estavam felizes e arrombadinhas pelo meu pintão.............continua

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos meu pai e meu maridoquero comer minha tia mais quando peguei no priquito ela tirou minha mao pqadoro abusar dos garatinhos - contosquad erotico a apostacontos eroticos de maes prostitutas com seios enormes com filhoscontos eroticos cdzinha quando era menino me vesti de menina e marquei pra dar eu queria ser meninacontos fudendo sogra so com brincadeirascontos eroticos olhano meu marido jogando trucoestupro lesbica conto erotico 2018conto de encesto filho vetido de noivinhacontos eroticos gays dormindo de conchinhaconto erotico a filha curiosaconto erótico me comeu meu cu sem dó casada dominada cu ardido buceta ardidawww.loiras traindo com negao contosconto mae deu o cuConto mamae novinha metendo com o filho no matosexo com a irmãzinha contos eróticosconto mulher casada rabuda dei pedreirocontos eróticos sou hetero mas deuContos Eroticos fudi amiga da tia choronacontos eroticos meu enteado se vestiu de mulher pra mimcontos eroticos dormindomercado livre cueca usadacontos minha tia humilhando meu tiocontoeroticosenhoranomoro uma gostosa mais sou tarado para fuder o cunhadinho afeminadocontos porno dava pro meu padastronovinha de shortinho curto mostrando os pelinhos das nádegasConto Novinha desmaia no primeiro orgasmoCheguei em casa e vi minha mulher contos eroticosconto erótico enteada querendo dar po padrastocontos de negão advogado comendo loira clientepal grosu no cusinho da enteada cachoracontos eróticos escutei a minha esposa gemendo e fui ver o que eraChupou meu pau sujo contosdia seguinte de minha esposa com pausudoPedro conto eróticos de trocar trocarContos eróticos primo comedor comeu o cu da nanecontos vazando porradisvirginando conto eroticocomi minha cunhada fabiana - contos eroticosContos eróticos Testemunha de Jeováconto erotico cachorro lambe pauconto erotico gay submissãocontos. minha irma casada é minha puta escravacontos eróticos mãe pegas filho no fraga dando cucontos comeu uma coroa baihanaestou sendo chantageada mas não posso contar meu marido quantos eróticosMeu tio chera minhas calcinhasSou casada fodida contocontos eróticos de mãe e filho, mãe com shortinho atolado no seu bundaotrai meu namorado chorei conto eróticoContos eroticos gozada na caraconto erótico comi a mulher do meu irmãoporno bundas de morenas com cabelos longos mastubandosCom doze anos seduzi meu vizinho coroa e ele comeu.minha buceta contos eroticoscontos de incestos- eu com a minha irma e o meu primo com a sua irmaconto gay dando ao estranhomandei a rola na minha enteadinha de seis anosconto erotico me desconrindo novinhacontos eróticos viagem no casamentocontos papai passando bronzeador em mimpai gosano dentro da eintiada. ela gritaconto herotico com amig do nsmoradoContoseroticosdecaronacontos eroticos gays meninos cuidando do amigo bebadoConto erotico de idosa com sobrinhoconto erotico gay jeriAi manuel porno contos eroticoscanto erotico comi meu primoContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorvou contarcomo transei com minha primacontos eróticos de primeira vez com a namorada na escolaconto erotico comeu a visinhaMeu sobrinho me confessou que ele e gay e tem vontade chupa no meu peniscontos eroticos esposa na casa de swingconto erótico gay iniciado pelo primohttps://cheapjerseysfree904.top/celebritysexstories/conto_21681_eu-minha-mulher-e-um-casal-de-medicos..htmlmeu cu aberto e ardido de picacontos eroticos meu amigo e minha mãecontos sodomizada por dinheiroContos eroticos noviça virgemporn pros.comdp grandeconto erotico sodomizando a bucetacontos gay o corpo que me aquece conto erotico incesto sonifero filhaxnnx contos pedi muito agora estourei o cabaco do cu da minha namoradinhapegando a amiga camila com rabao empinadoO dia que comi minha professorafotos cim zoom so de cacetes duros melado de porracontos eroticos gays virgemcontos eroticos pastor contos erotico o coroa me fudeu em cima da sua lanchaContos eróticos linguada safadoContos corno mansoContos eróticos cunhada e cunhadocontos eroticos dando pro sobrinho