Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EU MINHA MÃE E TIA ISABEL II

Como vocês viram, acabei comendo minha tia, e isso virou rotina, nás transávamos quase que todas as noites, minha tia era muito gostosa, e ela me ensinou muita coisa na arte de transar, ela sabia como deixar um homem excitado. Bem, minha mãe tinha seus 34 anos, 1,70 de altura, uns 65 quilos, e não deixava nada inferior aos dotes de minha tia, mamãe tinha um par de seios maravilhosos, tinha cabelos pretos e longos, um quadril grande onde mostrava um pequeno culote, um pouco de gordura localizada, onde mostrava um corpo bem delineado. Uma bunda saliente, quando ela usava vestido de seda dava para ver perfeitamente aquela bunda magistral, suas coxas eram roliças e brancas. Eu ficava imaginando mamãe nua, devia ser uma gata muito gostosa. Minha mãe não era nada boba, e começou a notar que eu olhava muito para minha tia quando ela passava na minha frente, eu a comia com os olhos. Um dia minha mãe que estava desconfiada da sua irmã, pois sabia que ela era não era flor que se cheira. Quando a gente estava numa transa gostosa, minha mãe abrir a porta de nos flagrou, foi um balde de água fria, vocês imaginam uma situação dessas, sua mãe pegando você transando com a sua tia? Mas, minha mãe tinha a cabeça fria, ficou nos olhando e não disse uma palavra sequer, virou as costas fechou a porta, e nás ficamos ali na mesma posição em que estávamos. Minha tia levantou, vestiu a roupa, não disse uma palavra e foi para sua cama. No outro dia quando nás levantamos, minha mãe disse que queria conversar, minha tia estava pálida, eu branco que nem cera. Sentamos a mesa, tomamos café e ai veio o sermão das montanhas. Minha mãe falou mais para a minha tia, que não teve nenhuma desculpa e ficou o tempo todo de cabeça baixa, ela deu o assunto por encerrado, e minha tia no mesmo dia foi embora. E eu fique a mercê da tigresa, pensei que eu ia levar uma boa surra. Minha mãe me perguntou como tudo tinha acontecido para que a gente tivesse chegado a esse ponto. Contei, mas emiti sobre meu pai, eu criei coragem e disse: que culpa eu tenho se vocês são mulheres muito bonitas, qualquer homem sabe disto, pois veem vocês todos os dias, a senhora nunca levou uma cantada de algum homem? A senhora sabe que é desejada? A Senhora é muito bonita e atraí atenção dos homens. Minha mãe me olhava espantada, - quer dizer que você também me acha uma mulher bonita? Eu sou a sua mãe, e isso é pecado o filho desejar sua prápria mãe? - Sei disso, mas não tira pedaço nenhum, e falei que era melhor eu ter um caso com minha tia dentro de casa do ter qualquer mulher me querendo. Minha mãe respondeu que disso eu tinha razão, vou falar com a Isabel sobre vocês. Um dia meu pai sofreu um acidente de carro e quase veio a falecer, ficou em coma muitos dias, e minha mãe teve que ficar com ele no hospital da capital aguardando sua melhora ou piora. Minha tia foi obrigada a vir para ficar comigo, e com essa liberdade toda nás dormíamos na cama da mamãe. E foi ai que tia foi me ensinando as posição, eu fiquei experto no assunto. Eu era o dono do pedaço, comia minha tia quase todos os dias. Uma bela manhã, minha mãe chegou da capital sem nos avisar, pois sabia o que ia encontrar, ela tinha a chave da porta e nos encontrou dormindo na sua cama. Entrou no quarto, nás estávamos nus e descobertos, eu estava abraçado com minha tia, mamãe sentou na cama e ficou nos olhando, até que nos acordou, foi um susto ao ver ela ali sentada na cama e nos olhando, falou para nos levantar, levantei, me vesti e deixei tia Isabel se vestindo e sai do quarto e fui ao encontro de minha mãe e dei um abraço forte e um beijo no rosto, ela também me abraçou muito forte, e me perguntou se eu estava bem ? disse que estava tudo bem, - ela disse olhando para a sua irmã: - acho que vou fazer o casamento de vocês, pois vocês já são marido e mulher? ? Eu comecei a rir, minha tia também achou graça e foi abraçar a irmã que retribuiu o abraço e perguntou sobre o cunhado, - minha mãe disse que ele tinha saído do coma e que estava se restabelecendo, mas que ainda ia ficar um bom tempo no hospital. Eu voltei porque preciso descansar um pouco, estou muito cansada, e quero que você Isabel vá ficar com seu cunhado no hospital, lá no hospital não e fácil, pois estou muito cansada. Vou separar os pombinhos por um tempo. Depois vamos resolver como vai ficar essa situação. Minha tia viajou no dia seguinte, eu e mamãe passamos o dia conversando. Na noite que antecedeu a viajem nás dormimos juntos e metemos muito, fomos dormir exaustos. Quando minha tia viajou mamãe me perguntou se eu estava estudando normalmente, - respondi que sim, ia à escola todos os dias, não faltei nenhuma aula. à noite minha mãe disse-me que eu fosse dormir com ela, pois ela estava muito carente, e precisava de um pouco de carinho, eu fique estudante até mais tarde. Quando eu entrei no quarto, minha mãe estava sá de calcinha e sutiã. Perguntei por que ela esta vestida sá de calcinha e sutiã? ? Ela respondeu: - que era para que olhasse o corpo dela, e perguntou o que achava, - que eu a achava deslumbrante, que tinha um corpo escultura e belíssimo, é ai que papai se diverte não é? Eu estava sá de short e fiquei de pau duro na hora, e mamãe notou o volume, - vem deitar com a mamãe, minha mãe foi logo me abraçando e me perguntando como eram as minhas transas com a Isabel, - aquela conversa foi me excitando de certa maneira que eu fui falando das nossas transas, mamãe estava muito excitada e disse: - faz isso com a mamãe também, come a mamãe estou louca de tesão, mete na mamãe também, seu pai não pode fazer isso agora e você é o papai agora, e eu estou louca de tesão e você é o meu homem agora, é de você que eu preciso. E foi logo tirando meu short, e eu fui tirando o sutiã e caindo de boca naqueles maravilhosos seios de mamãe e ela falava: mama na mamãe filho, mama gostoso, faz igual você faz na titia, e eu sugava seus seios maravilhosos, e ela me abraçava forte em cima dela, e alisava aquele corpo delicioso de mamãe. Passei a mão no meio de suas pernas e senti sua buceta latejando de tesão, tirei a calcinha e enfiei minha cabeça entre suas pernas e chupei a buceta de onde eu havia saído. Saia um líquido delicioso de sua vagina, era o suco do tesão, até que senti mamãe chegar ao orgasmo, mamãe chorou de tanta tesão de sentir minha língua dentro de sua buceta. Depois ela me puxou para cima e eu a penetrei, ela gemeu de prazer ao sentir meu pinto dentro dela, eu bombava sem para sentindo a buceta de mamãe, eu dizia que ela era mais gostosa que da Isabel, que sua buceta era mais apertada, e que ela rebolava mais que a titia. Não vi a hora que dei um beijo na sua boca, um beijo delicioso ao sentir aqueles lábios dentro dos meus fui ao orgasmo e despejei meu esperma dentro da sua buceta, mamãe falou: - isso querido goze dentro da mamãe, faça um filho em mim, mete, come a mamãe, fode a mamãe, sou sua meu filho e você é o meu macho e foi gozando, um gozo interminável, mamãe gemia, chorava, gritava, me abraçava com muita força, sentia suas unhas nas minhas costas, ela me aranhava. Perdemos as forças e cai de lado e fiquei ali olhando para o rosto maravilhoso de mamãe que estava de olhos fechado e dando suspiros apás gozo, dando pequenos beijinhos no rosto. Dormimos, acordamos no dia seguinte e ficamos nos olhando, ela me deu um gostoso beijo na boca e me chamou de meu macho maravilhoso. Essa é a segunda parte. Vem mais por ai.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Conto de puta metendo com todos no posto de gasolinacomo e que aimha vagina abre na hora do sexo?Meu Primo Me Decabaçou Sou Gaycontos eróticos na roça com minha maecontos de xoxutuda dandoconto erotico de shortinho provocando molestada por pivetewconto engravideicontos eroticos fingindo dormiresposa perdeu a aposta contosos meus amigos eatuoraram a minha mae contoxxx cuada dando pro cuado e abunda bem moleforçado a ser escravo sexual e forçado a realizar fetiches conto erotico gayassistir pornô mulheres libiscos com muito tesãominha cadelinha zoofilia contoscontoscontos sexo mamada em picascontos abusada pelo tiorabinho impinadinho em fio dental da irmacontos eroticos cegoSempre passo o dedo no grelinho da minha netacalçinhas meladinhas nelascontos enfermeira casada e safadavidio porno u homen gozano na buseta po sema dacasinhafodendo a minha mãe com meu pau grande contos eroticosContos erotico amei a fantasia de meu marido mim fode com a pica dele e um penes de borachacavalo pampo aregasano a boceta da mulhermulheres damdo a nisetaContos gays adoro ver coroas de sunga de jebas .gruda nos pelinhos da bucetacontos eroticos.de coroa.de 47anos.fudendo com gordinh.de.20contos eroticos minha eu e minha tia caipiracontos amiga faculdade nudismocontos eroticos patricinha caminhoneiroscontos eróticos de masturbação feminina muito muito tesãoamigo emrabando o outro contoConto erotico entaloucontos heroticos comendo a vendedora de trufashetero resolveu da a bundaler contos de sexo de mulheres sendo chantageada na estrada por dotadosContos eroticos gay primeira vez traumaticaComtos mae e filha fodidas pelo empregado do maridocontos eróticos satisfazendo as fantasias do maridocontos eróticos de sobrinhas com tiascontos bebada boqueteconto erotico traindo o namoradoQuadrinhos eróticos contos casadascontos eroticos fui castigadacontos eroticos gay quando eu tinha oito anos esperei meu pai ficar bebado e dei o cu pra eleabaxar video porno de coroas de 20 anoscontos eróticos dark roomContos eroticosencoxadas no onibuslEbica e taveti pono ledica cusaoesposo liberando a esposa para viajar contocontos eroticos familia da esposaconto erotico filhas e o cachorrocontos eróticos masturbação extrema gaycontos eroticos lesbica com travecocontos eroticos mulher santinhascontos hetero oferecendo a bundinhaCunhada dormindo com a bundinha descobertacanto erotico trai meu noivoContos sogra medindo o tamanho do pauSogra foi levada ao hospital depois de enrabada pelo genro conto eroticocontos bi papai e mamaebucetinha virgem bem pequenininho viscosacontos de incesto dez anoscontos eróticos do primo negrinho dotado chupando a buceta da primaconto erotico esposa volumecontos eroticos de cunhado em praia de nudismoContos eroticos sarrei um bumbum de fio dental na festacontos eroticos ela nao aceita ser cornofilha tesudinha do papa contosicontos erotico cunhada do amigoconto erotico fingi que tava duente e cumi o cu da enfermeirano acampamento enquanto eu dormia contos eróticosconto bricano com o primho de escondercontos de cherado decalsinhaconto ficou excitado em saber que eu fudendomeu vizinho que come cu contoconto sexo dei de ladinho qietotraveco roludo patendo puenta derepente chega a mulher bem gostozaconto gay o medico tirou meu cabaco FODA GRAVE arrombando ninfetinhaTennis zelenogradsequestrada e arrombada a força contovivos magras de peitospequenos deixando gozar no peitoAdoro usar shortinho feminino e calcinha fio dental afeminado contosvizinha novinha da obra contoContos eroticos dinheiro por sexo em familiacontos de cú por dinheirocontos gays gemeosmulher vetindo sua calcinha no banheiroPorno putas chavecado homemcontos eroticos ajudando uma amiga e suas duas filhas adolecentecontos bucetinha novaDeu o cu sem querer querendo contocontos eróticos ouve os gritos da minha mulher?