Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PAGANDO MOTEL PRA MINHA MULHER E UM CARA DA PRAÇA

Este conto aconteceu comigo, quando eu e minha mulher conversavamos muito nas nossas fantasias, eu me fazia de estranho entregador de gás e ela não tinha dinheiro pra pagar , então comia ela fingindo ser outra pessoa.Falava no seu ouvdido que ela era safada, que enquanto seu esposa trabalhava ela dava e gostava de pica grossa, coisa sim.Bom

vamos para o que interessa . Estava com a Bruna , no centro da Cidade do Rio de Janeiro, com muito tesão, eu e ela, queriamos ir pro motel pagar uma garota de programa, mas estava muito caro. Quando estavamos passando por uma praça um cara sentado, fez um sinal, mexendo nas calças,fingi não ver , mas a Bruna percebeu o tamanho do pinto do cara.Ela então me peerguntou , se eu ia ficar chateado se ela me pedisse uma coisa. Eu já imaginando, dei um beijo de lingua, ela toda manhosa me falou: - Gu , to toda molhada, mete a mão, ela estava com uma sainha de algodão preta, que realçava sua calcinha , bem pequinininha.Ela uma delicia, morena,1,58 de altura,bunda grande, seios medios durinhos,cabelos cacheados pretos até o ombro.Perguntei: - porque Bruna - ela: sabe aquele cara da praça, ele tem um pau enorme, fiquei cheia de tesão, quando ele segurou e fez sinal pra mim.- voce quer que ele te coma -ela: voce deixa? Eu já excitado com a situação , disse que sim.Ela me beijou e disse: te amo amor.Ela então voltou onde o cara estava, conversou um pouco com ele , ate deu uns beijos. Eu ficava de longe vendo.Ela veio em minha direção e me pediu dinheiro, dei a quantia que me pediu, ela voltou e entregou ao cara.- Vamos amor , pra aquele motel ali daquela rua.Fomos então.Chegando peguei a chave , era um motel simples, como dizem um pougueirinho.Entei no quarto e fui agarrando-a , ela virou e falou: de jeito nenhum, vai ficar olhando da brechinhae logo apos ligou o cel. e deu o numero do quarto ao cara.Dois minutos mais ou menos, vejo o cara entrar, eu fico escondido olhando, ele não percebe que estou lá.Então começa a falar pra ela,segurando em sua cintura, aquele babaca é seu marido.Ela responde: ele não é babaca é meu corninho tá.Eu pedi pra ele resolver uns assuntos enquanto viria me divertir um pouquinho com vc.Ele diz: abaixa minha calça é pega ele pra vc. Ela abaixou era um pauzao de uns 22 cm, ele então manda ela cheirar, depois pede que chupe. Ele era um cara magro, um jeito simples.Então ele começa a chupa-la toda, encosta ela na parede e começa a chupar seu pescoço, beija ela na boca,desce até os seios, enquanto mete porbaixo de sua saia o dedo na sua buceta. Ela geme alto, fora do custume. Ele então lambe seu cuzinho e buceta ao mesmo tempo, ela grita que tá gozando na sua cara, nunca tinha visto ela fazer isto comigo, ele então senta e pede a ela que suba encima,duvidei que ela iria aguentar, mas quando vi a piroca do rapaz estava toda dentro.Ele falava- vai putinha rebola, seu marido tem isso - ela , ele não sua piroca é maravilhosa,. Ele- Você vai ser inha daqui pra frente.Ele levantou ela, abriu suas pernas e meteu por tras , segurando os seus cabelose dando tapas na sua bunda, Ela gritava: ai delicia. Ele falava- Diz que seu marido é corno e que vc bota chifre nele, diz. Ela repetia alto, olhando pra mim.E ainda falava: eu vou dar minha buceta pra outro todo dia.Ele então explodiu num gozo dentro dela.Acabaram foram tomar um banho, e quando voltaram, ficaram namorando num love, beijando na boca e se acariciando. Eu já tinha batido uma duas punhetase estava adroando ver aquela cena.Ela então desce fica chupando aquele pauzao e olhando pra brecha pra me provocar com um sorriso nos labios. O cara então a põem de quatro e começa alamber seu cuzinho, ela fica mordendo os labios, ele enfia o dedo ela pula e diz pra ele parar, então ele dá uma cuspida no cú dela e começa esfregar o seu pau duro.Ela diz que não. Eu fico meio assustado, passa pela minha cabeça me intrometer, mas dou corda.Ele então diz que vai colocar devarinho.Ela olha pra brecha da porta, faz algumas reções, mais acaba liberando.ELE, então abre seu cuzinho e poea cabeça, ela dá um gritinho, ele diz calma putinha, sá entrou a cabecinha.Dá mais um empurranzinho, ela grita, ele então segura na sua cintura e soca o resto, ela grita. Ele tampa sua boca e diz no seu ouvido: olha aqui putinha, já que seu marido não te come o cú, seu macho vai comer, este cuzinho apeertado.Agora rebola gostoso. Ela começa a rebolar , ele então fala: tá gostando safada, ela continua a rebolar quieta, ele pergunta: quer que eu tire. Ela responde não, me te vai, começa a gritar em segundo que está gozando,. Ele ri e a beija. Ela gozando diz: aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii, que gostoso se soubesse que era bom já tinha dado, come sua putinha, ai que delia, aquele corno me deixar fuder com vc.Ele então goza tudo dentro do seu cú. Eles se beijam, ele se arruma e se despede delad ando um beijo e dando seu tel.Apos ele sair , ela me chama e mostra sua buceta toda arregaçada, eu abeijo e sinto o cheiro de outro nela, me dá maior tesão, ela então abre seu cú e faz força, começa a sair a porra e me pede pra chupar eu com maior vontade lambo tudo, e deixo limpinha ela ri e fala, cheira corninha a buceta de sua mulher com cheiro de macho e porra de outro e bate sua punetinha pra eu ver.Eu não aguento o tesão e grito gozando com o pau na mão. Ela fala , ai que gostoso meucorninho te amo muito.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico real gay teen nacionalcontos de mae sedutorasou magrinha casada e os amigos do meu filho me coreram e eu adoreinovinha transando pela primeira vez e goza muito de queixoconto erotico reais de irmãscontos eroticos a talaricacontos de coroa com novinhocontos submissa para pagar dividasconto erotico de casal fazendo as pazesConto erotico cm pastor da igreja fudendo filha da irmácontos eróticos treinador arrombou minhacontos depois de 20 anos fui morar com minha mae e no banho ela vou meu rolaonora putacontosconto sexo com vizinhocontos namorada arrombada assaltantesComi minha sobrinha contos eroticosconto erotico cumi minha namoradameu padrasto Comeu meu cu contocontos de viciadas em tomar espermacontos eroticos com meninas novinhascontos eróticos irmã f****** na frente do irmão por assaltantesver contos eroticos de homens que entregaram sua mulher pra mete com outroabacinho da japaPai filha mijando na praia contos eróticoscontos eroticos fudida por cobrador e motoristaacordei com apica do meu filho enfiada na minha bunda contos pornocomi minha mae de biquíni contocontos do seu jorge pegando uma casadinhaencoxada em coroa em Jundiai conto realrelato erotifo meu filho gosa muto nas minhas calcinhasa irma dela dorme conosco de calcinhao importante e gozar e ser feliz conto eróticocontos eroticos meu primo mauricinhocontos gozando dentro amiga da maetraveati fudendo na cpzinha do apartamento no fruta pornoamanda casamos grande cabeçudo contosbuceta praia toninhas virei puto dos segurancas sadomasoquismo conto gaycontos eroticosproibidoconto comendo a irma viuvacontos me chamo camila transei com felipe meu irmaomeu irmão me comeu conto gaymeu marido comeuminhaprima contoseroticosChupei rola suja Contos contos eróticos a namorada do sobrinhocontos eróticos gay meu macho peludo do caralh grosso e cabeçudo me arrombou todo no carnavslenrabaram minha,esposa na piscina sem eu ver contos eroticosuma dp muita dor mais deliciosa conto.mamei naquele cacetao contoos nomes dos geladinho do ice lokoTennis zelenograd meu cão de guardaconto eroticos gay padre meninocintos incesto na fazenda com maeContos eroticos que bundão é esse noraconto erótico ciúmes maliciosorealizei meu sonho transar com um cavaloContos eronico papai fudeu o cu d filha difisietefui pego de calcinha pela minha irmacontos eroticos gays come meu pai bebado mais o meu amigofilho abaixou a calcinha da mae e meteulhe o caceteSou casada fodida contocontos eroticos gay meu tio de dezessete anos me comeu dormindo quando eu tinha oito anosConfesso ví meu irmão gay transandofiquei bem machucada por fuder com cachorro enorme contos de zoofiliacontos eróticos e sou casado mas gosto de dar o cuzinhodeu a buceta no presidio contoscontos a cunhada da primacontos eroticos mamae comeu meu cuzinhoContos eroticos de travestis tarados.contos eróticos escrava é putonaamante da calcinha de presenteQuero cexo macho para foder hoje trancoso jaconto menina flagra amiga no quarto tocando sirricacontos tiachupa rolacontos eroticos comi minha chefe coroaconto erótico viadinho de calcinha e os mendigoscontos eroticos comendo cu da prima e tia junto com o tioContoseroticoscigarrossou casada meu visinho novinho contospaguei para minha mulher trasando com outro na minha frenteaproveitando da cunhadinha bebezinha nos contos eróticosincesto brincando com irmã de pig esconde