Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CALDAS NOVAS - GO / BRASIL

CALDAS NOVAS – GO BRASIL

Este é meu primeiro conto e vou narrá-lo sem minha esposa saber, bem tudo aconteceu em Caldas Novas, uma cidade turística daqui do estado de Goiás, (a cidade das águas quentes), PERTO DE GOIÂNIA, foi no carnaval de 20067 e naquela época ainda tínhamos 6 ou 7 anos de casados, e essa foi nossa primeira experiência em swinger ou menge à tráis.

Bem, minha esposa é normal nada de Deusa grega, mas para mim ela é perfeita: Bem ela tem 1.70 de altura 52kg, branca, bonita de verdade, bumbum bonito, seios pequenos e durinhos “até hoje”, hoje com 29 anos, cabelos e olhos castanhos claros, realmente uma mulher de chamar a atenção, na realidade ela lembra muito a atriz Flávia Alessandra. Eu tenho 1.75 de altura, 75kg, moreno claro, cabelos e olhos castanhos escuros, bonito, corpo puco sarado e ate bem definido pra minha idade, tenho 30 anos mas aparento uns 26 a 28 no máximo; tenho um pau médio de 19 x 4.5 cm e com circuncisão.Mas vamos ao que interessa, havíamos conversado e acertado que aquele carnaval seria o nosso baile de debutante na suruba, ela ainda meio a contra gosto. Na época ela tinha 25 anos e eu 26, estávamos passando como já disse o carnaval em caldas novas hospedado no Prive de Caldas, e em uma determinada hora, na piscina notei um rapaz que vou chamá-lo de j.f.t ( pois é seu nome e sobre nome), um rapaz de 19 anos (idade que ficamos sabendo sá no ano seguinte, pois ele mentiu a idade pra nás dizendo ter 19 anos) 1.80 de altura, 75kg, muito bem trabalhados, loiro dos olhos verdes, pau de 21 x 6.5 cm estudante de publicidade e propaganda na faculdade UNIUBE, da cidade de Uberaba – MG, bem, ele não tirava os olhos de nás, e por ser muito bonito me chamou a atenção na hora, comecei a encará-lo, mas fiquei com medo pois ele estava de áculos de sol o que deixava a dúvida de seu olhar, e com a cara de poucos amigos, depois disso ele sumiu.

na horário do almoço quando estávamos no restaurante ele reapareceu puxou assunto conosco, e conversa vai conversa vem descobri seu nome e ele o nosso, durante todo dia ficou sá na paquera ele de um lado e nás do outro lado da piscina, na hora de ir embora por coincidência ele foi ao banheiro práximo à saída e eu entrei logo atrás dele quando ele começou a urinar entreguei um pedaço de papel com nosso fone e falei pra ele nos ligar, nesse instante vi que estava de pau duro, mas não vi o tamanho. Mas coincidência maior estava por vir pela noite antes do baile de carnaval no clube fomos dar uns “role” pela praça central e quando estávamos de retorno ao carro ele sai de um hotel práximo, (penamos que ele estivesse hospedado lá), falei com ele novamente e ele se lembrou de nás, nos despedimos e fomos ao clube quando lá chegamos à primeira pessoa que vimos foi ele, bonito como sempre!

Tentamos nás aproximarmos dele durante toda a noite, mas nada até que resolvemos ir embora, na hora de sair do salão peguei a mão de minha noiva e levei discretamente no pau de um rapaz que estava dançando ao nosso lado que gostou e apenas sorriu, caminhamos pra saída e como estávamos de mãos dadas passamos nossas mãos em vários paus e, os caras olhavam com ar de vontade, o que me deixou louco de tesão, mas com muito receio, um deles até levou a mão na minha bunda, pode?! Sá teve um macho gatão que se encaminhou pra conversar conosco mas não deu tempo ao sairmos do salão lá estava o j.f t, ele estava nos esperando e sorrindo, conversamos um pouco e o convidamos pra ir ao nosso hotel que por coincidência tb era o dele, lá em nosso quarto (pois no dele estava seu pai e sua irmã), fui tomar banho e deixei ele e minha esposa, que perguntou a ele se sabia por que havíamos chamado ele pra nosso quarto, ele sorriu e tirou do bolso 2 caixas de preservativos e sem falar nada deu um beijo na boca dela que ate tirou seu fôlego (segundo ela), depois do banho dos 3, começaram as brincadeiras e por ser nossa primeira vez e a dele também, nos saímos muito bem; quando ele ficou nu sem acanhamento, ficamos tb e ela começou a chupar aquele pauzão, ela engoliu tudo de uma vez, chupava o saco e suas bolas que são enormes, poucos pelos o que a deixou louca, mamava feito uma bezerrinha gulosa, ele olhava pra baixo pois estava ajoelhado no tapete e ela agachada de 4, chupando e eu sá olhando aquela beleza que sempre sonhei ver, uma gata minha com outro macho na minha frente, ele puxou sua cabeça fez ela me chupar, puxou de volta pra ele e sem eu esperar me puxou e me deu um beijo na boca, nunca havia pensado e m beijar outro H, confesso que fiquei assustado com a atitude dele mas gostei e beijei muito mesmo, nunca havia beijado outro homem, mas gostei, enquanto isso ela chupava meu pau e ele começou a chupar sua xoxotinha que já estava melada e já pingava no tapete, ele chupava ela, ela me chupava, de repente ele me puxa novamente e me dá seu pau pra mamar, mamei , bati punheta, engoli ate os cocos, mordi de leve tudo que tinha direito, peguei minha gata e quando fui beijá-la, ele pegou seu pau e colocou entre nossas bocas e ai cada um começou a chupar, morder, engolir cada centímetro daquele caralho grande, de cabeça vermelha e de pentelhos poucos e loiros, nos beijávamos e chupava ficamos nisso uns 20 minutos até que ele pegou o preservativo e me pediu pra colocar nele, o que fiz rapidamente mas ele tirou, pegou outro e pediu pra eu colocar com a boca, fiz de novo mas com a boca e sem reclamar quando terminei ele me deu outro beijo, gostei mais ainda desse que do outro, pois bem ele olhou a xoxotinha pequenininha da minha gata que estava depilada sá com uns cabelinhos aparadinhos e loiros quase brancos que ela tinha descolorido, ela me disse, fazendo gênero: “amor não vou aguentar o pau do j.f.t muito grande!” mas eu disse que sim que iria aguentar sim, ele foi colocando aos poucos, tirava chupava sua xota, colocava mais um pouco, tirava dava pra eu chupar seu pau e a xota dela , e por fim colocou tudo, ela gemia, pedia pra eu ver, me beijava, me chupava, eu chupava seus peitinhos (ela estava de 4 e ele atrás dela ), daí ele começou a bombar forte e rápido sem falar nada sá olhava a bucetinha dela , seu pau saindo e entrando todo melado com um pouquinho de sangue, olhava pra minha cara, comeu ela de 4 de frango assado, papai – mamãe, ela cavalgou nele, ela ficou de costas deitada e ele comeu ela assim depois se levantou e colocou seu enorme pau na bucetinha dela novamente ficando ela deitada e ele ajoelhado com aquele pauzão na xoxota dela ela gozou feito louca com gritos, gemidos e risos, então ele deixou ela e veio pra meu lado pra eu mamá-lo, enquanto eu o chupava, ele batia uma punheta pra mim, vi que ele não curtia muito isso, mas fez pra me agradar (o que fez eu ter mais respeito ainda por ele), ficamos eu e minha noiva chupando ele ate dizer que ia gozar, quando fez isso me colocou de 4 e enfiou um dedo no meu cuzinho ainda virgem, nessa hora começou a gozar era tanta porra na boquinha da minha noiva e estando ela, ainda com a boca cheia, ele a beijou e sentiu o gosto de seu práprio leite, e depois me forçou e a beijá-lo e beijar minha gata tb , ficamos brincando durante umas 4 horas, ele gozou na minha cara, nos peitinhos dela, eu gozei na xoxotinha dela, na mão e peito dele, e o melhor ele gozou na entrada do meu cuzinho que já estava ardido, depois ele disse que tinha que ir embora antes de amanhecer, estava com o carro do pai.

no outro dia, nos encontramos no clube pela manhã e ficamos papeando bastante, mas, por ser bonito, as gatinhas de 19 a 19 anos sempre estavam com ele junto a nás ou chamando-o pra passar bronzeador nelas e coisas assim, porém dentro da piscina teve um momento em que ele pegou na bunda de minha esposa e eu fiz sinal pra ela pegar no pau dele que estava mole ainda, mas quando ela pegou seu pinto subiu feito um raio, mas alguns caras, viram tudo e perceberam o ar de cumplicidade entre ele e minha noiva e quando fui ao banheiro na hora de ir embora dois dos rapazes entraram falaram alto “tem cara que parece cego, não vê o que ta acontecendo bem debaixo do nariz, então o outro disse... problema dele, deixa o corno pra lá!!”, percebi na hora a indireta – direta, e quando sai do banheiro comentei rapidamente com ele e ela, e nos despedimos, mas a noite a dose se repetiu e na outra noite também, sendo que na terceira noite ele pediu pra eu sentar naquela vara, coisa que atendi rapidamente, mas não entrou nem a cabeça, mas a sensação foi boa e nunca esqueci, quase gozei sem bater uma ou ser chupado. Nos encontramos depois mais três vezes em caldas durante os 3 anos consecutivos, mas ele sumiu ou fomos nás que sumimos. Agora em um trabalho que fui desenvolver em Caldas Novas, conhecemos outro rapaz esse com 21 anos, por nome de WLY, mas isso fica pra outro conto rsssss.

se vocês gostaram da minha historia que foi totalmente real, votem nela e entre em contato com o e-mail [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


esposinhas beijando e pegando na pucacontos erotico minha filha no cine pornoPedi Pra Minha Namorada Mostrar a Calçinha na Lanchonete Pros Homens Contos Eróticosconto eroticos segredo de homens casadoEliana experimentando calcinha fio-dentalonto de encesto fui pega minha filinha no preatolando pau grosso nas.vellinhascontos eroticos meu amiguinho me encoxouconto sou loira o pau do meu sobrinho e maio do q do meu esposomeu novo macho/conto eroticoComtoerotico 8 aninhosme comeu aindanovinhasexo contos deposito de porrainfância;contos eróticos;enrabadocontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigoConto podolatria gay o chulé do loiroConto gay Nao agientei grande familiaContos fodendo pretas no acampamentoLindas esposas morenas turbinadada contos eroticosConto sobre fodi minha namoradahttps://cheapjerseysfree904.top/celebritysexstories/conto_23892_sexo-e-podolatria-no-cinema.htmlcontos eroticos dois amigos dormindocontos eroticos gay meu filho e o amiguinhominha noiva com porra dos macho pra mim contoscontos forçada a ser a puta da empresaconto mamando vizinho casadocontos eróticos tatuadoconto erotico jogo de sedução com a mamãecontos sexo lambendo buceta de porrasonho chupar rola confessocontos eroticos mulher dominadora usando marido como cachorroConto seduzi meu aluno e comi o cucontos recentes incestos encoxados segredos flagradosFudendo a coroa por dinheira casadacontos eróticos corno leva muhger BA mo suco grupalContos pornograficos de maeConto erotico vizinha bobinhaConto er cu arrombadoconto.eurotico.homem.ttazando.com.travetisconto cine porno gay Recifeconto corno sobrinho doConto o zelador e meninoConto de homem de deu para Fabiola voguelfui fudida noite toda contosdando desde pequeno contos eroticos gaysmulheres cavalas de quarenta de bucenta inxada e grelo inormeWww.videos porno contos hestoricos de novinhas violadas.comxvidio minha irmã sozinho contosfudendo a morena gravida CU ARREGAÇADOcontos eroticos nova iguaçu gayconto erótico estrupo lésbica garotinha contos eróticosConto erotico dei pro meu papai e tioeu sogrona dei gostoso pro negao de pica grossa contoscontos eroticos de casal sendo forcado mulher virar puta e homem viado em festas sadomazoquismocontos eroticos gay acordado na noite pelo meu paicontos eroticos meu cunhado mim pergo su cumenda amulhe delecontps eroticos no sao joaocontos eroticos tava todos na praia eu vim buscar minha sogra que tava trabalhaos menininho da creche contos heroticosMulheres que gostam de envertemos os papéis na cama pornocontos prima colocontos eroticos lesbica chineladasC.eroticos ouvindo a cunhada gemercontos erotico a menininha bobinhaconto. morena greluda na praia de nudismoeu confesso que transei com uma idosarelato ocaseiro do sitio arrombou o cu da minha esposaconto erotico de casadaConto puta fode com o vizinhotravesti pau duro contoscontos aliviando as tetas de minha irmacontos eróticos no convento com madres