Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

AFILHADINHA

Uma tarde de sol no verão, eu de férias sem poder viajar pois minha mulher sá entraria em férias na semana seguinte e de repente toca a campainha, era minha afilhada Ana, filha de grandes amigos nossos que viriam jantar conosco naquela noite, mas estranhei porque eram duas da tarde e estava somente ela, abri a porta, eu estava de sunga pois estava na piscina e ela sempre brincalhona comigo me abraçou e beijou dizendo, meus pais deixaram eu vir antes pois sabiam que vc tava em casa de férias e eu queria saber se posso aproveitar a piscina, eu falei que claro que ela podia, pois inclusive eu estva na piscina naquele momento. Ela rumou para o vestiario na beira da piscina e eu voltei para minha cadeira e minha cervejinha na beira da piscina, em instantes surge a Ana com um biquini minusculo, de lacinho dos lados na parte de baixo e mínimo em cima, ela tinha na época 19 anos e praticamente não tinha seios, sá uns biquinhos inchadinos se notavam quando colocava camisetas justas, por isto a parte de cima de seu biquini branquinho era tão pequena. Ela, de cabelos castanhos claros e compridos nariz fininho e arrebitado como sua bundinha, pele muito clara, estava um anjinho. Jamais pensei qualquer coisa em relação a sexo com ela. Mas naquele momento fiquei admirando seu corpinho e seu rosto angelical. Ela se aproximou deitou-se na caminha ao meu lado e começou a passar protetor solar, passou na barriga coxas, pernas e virou-se e me pediu, Dindo passa pra mim nas costas? Eu sem questionar comecei a passar nas costas e desci até a altura do biquini, ela estava sentada na caminha e deitando-se de bruços falou passa no resto, u aí tremi, ela estava com o biquini bem enfiadinho na bundinha lisa, perfeita e carnudinha, comecei a passar pelas canelas e fui subindo passando nas duas pernas ao mesmo tempo, ela estava de olhinhos fechados, e quando cheguei perto da bundinha espremi o tubo um pouquinho em cada nadega e comecei a espalhar, que sensação tocar naquela bundinha, eu pensava, será que ela está fazendo de propásito pra me provocar ou é inocência mesmo, ela sempre teve muita liberdade comigo, senta no meu colo etc, mas isto nunca havia acontecido e estavamos sozinhos e ela sabia que ficaríamos até a noite assim, fui espalhando e massageando a bundinha até que cheguei no meio de suas nádegas e pedi já meiosem pudor, abre um pouquinho as pernas pra passar na parte de dentro, ela abriu bem as pernas, muito mais que o necessário, meu pau latejava na sunga, toquei suas coxas pela parte de entro e fui subindo pela bundinha, meu tesão era imenso, mas em um relâmpago de lucidez, disse, pronto, tá protegida, e me joguei na água para ela não ver meu pau naquele estado, quase saindo pra fora da sunga.

Fiquei um tempo na piscina e quando baixou a temperatura do meu pau, saí, continuei tomando minha cervejinha e quando ela acabou perguntei se a Ana queria algo par tomar pq iria bucar outra e ela falou que queira um refri, voltei tomamos uns goles e ela disse, vamos entrar na piscina? E me puxando nos jogamos na água, logo começamos com brincadeiras que sempre fazíamos, de tentar dar caldinho um no outro e de repente a agarrei e sem querer ela se encaixou de costa s no meu pau sua bundinha ficou grudada em mim e eu abraçando ela, e pela primeira vez me senti abusando dela, logo meu pau ficou duro e ela tentando se desvencilhar e eu a segurando ela ria muito e dizia vou fugir e eu a segurava, com os movimentos dela "tentando fugir" ela roçava ainda mais a bundinha contra meu pau, nesta hora eu já duvidava da inocência dela pois certamente ela estava sentindo o volume do meu pau duro como pedra em sua bundinha, de reente a soltei e ela escapando mergulhei para agarra-la de novo, a puxei pelas pernas levantando uma delas e a pegando no colo com o braço por baixo de suas costa e apenas por uma perna, ela ficou com as pernas muito abertas e vi o volume de sua xotinha, eu a larguei e disse, vamos sair da água? e ela concordou, saí peguei uma toalha pra mim mais para disfarçar o volume e me sentei, ela saiu da água, e vi que seu biquini estava transparente, branqiinho e molhado e ela se enxugando na minha frente via perfeitamente sua xotinha sem pelos, eu estava doido.

Convidei ela para entrarmos. fomos fazer um lanche e conversamos bastante, e ela disse que queria ir para o computador, fomos para meu escritário e ela começou a navegar, entrou em seu orkut e no msn, eu estava lendo um livro juntocom ela no escritário e ela começou a ver suas fotos no orkut, vi que tinham umas em umas poses sensuais, de biquini e aproveitei para largando o livro elogia-la nas fotos, ela adorou e disse, tem mais á, e me mostrou outras, e ainda falou tenho umas que tirei e coloquei sá no msn, depois deletei do meu pc pra meus pais não verem pois iriam ficar brabos comigo, e eu pedi para ver, e ela falou, sá se vc não contar nada pra eles, eu vi que o caminho estava aberto que a menininha era safadinha mesmo, e ela me mostrou sá na janelinha do msn, tinham muitas, várias ela´de costas sá com a parte de baixo do biquini fazendo carinhas de tesão, linguinha pra fora etc, de repente ela mostra uma peladinha, sem mostrar a bucetinha mas sentada de frente no chão cobrinco a bucetinha com a mão, e os peitinhos de fora, e eu falei, que linda Ana, mas vc mostra pra todo mundo estas fotos? Ela então falou, nunca mostrei pra ninguém , tirei hoje de manhã sá vc viu. Aí n notei a masldade dela. e falei, tenho umas fotos elgais também, vc quer ver? Ela com um enorme sorrizo disse que sim. Entrei então em um site que conhecia com pre-adolecentes e mostrei para ela, fotos de meninas da idade dela nuas e um pouco mais velhas que ela transando, ela ficou boquiaberta, e falou que lindas, tem mais? Mostrei um video que um amigo me mandou de uma menina de uns 19 anos sendo comida por um velho, ela ficou doida e falou, que legal, e eu já passando a mão nas coxinhas dela falei, melhor é fazer, ela ficou vermelha, e fui subindo a mão até tocar na xotinha dela e coloquei outro vídeo para distrair ela, nás sentados um do lado do outro na frente da tela do pc, e eu tocando de leve na xotinha e nas coxas, ela não desgrudava os olhos da tela ondo outro cara comia uma garota novinha tbem, meti a mão no meio de suas pernas E FORÇANDO UM POUQUINHO ELA ABRIU AS PERNINHAS FACILIANDO MINHA VIDA, VIA QUE O TESÃO QUE ELA ESTAVA OLHANDO AS CENAS FACILITAVAM MINHA VIDA, toquei agora em sua grutinha toda, ela se arrepiou, e fiquei ali massageando sua xotinha, tirei a mão e soltei o lacinho do lado do biquini e esperei a reação dela, ela nem se moveu, fui com a mão de novo na xotinha e meti os dedos por baixo do biquini que logo saiu do caminho livre do lacinho, e toquei na gritinha lisinha, sem pelos nossa que delicia, ela começou a respirar diferente, ofegante, senti sua grutinha molhada e deslisei meu dedo em seu clitáris até a entrada fechadinha da buceta mínima. terminou o filme e ainda com a mão na sua bucetinha perguntei, gostou? ela falou amei, e do carinho também? ela fez que dim com a cabeça sem falar nada, pequei então a mãozinha dela e coloquei sobre meu pau, e o coloquei para fora, e falei quer? ela fez que sim com a cabeça de novo. então tirei a sunga de vez, ficando pelado, e puxei ela pra mim dando um beijo enrome nela, ela retribuiu a altura e vique já beijava bastante pra ser tão gostoso, terminei de tirar seu biquini e ela peladinha na minha frente falou, Dindo nunca fiz nada com ninguem, mas moro de vontade e pensei em ti, mas tenho medo que doa muito, EU FALEI ENTÃOQUE ELA NÃO SE PREOCUPASSE, QUE FARÍAMOS SÓ O QUE ELA QUIZESSE, e novamente a beijando a pequei no colo e a levei para o amplo sofá da sala, pasei a beijar seus minusculos seios e desci até a xotina abri bem as pernas dela e passei a lamber seu clitáris ela gemia alto, que gosto delicioso, abri com os dedos o máximo que pude sua xotinha e pude ver o cabacinho lambia e chupava até que ela tremeu toda e gritou alto, gozou feito louca, eu lambia agora seu cuzinho todo arregaçado para mim meti um dedo nele e depois outro ela gemia e rebolava, pedi então que ela me chupasse, ela fez direitinho apesar de ser a primeira vez, e falei que iria gozar e enchi a boquinha dela de porra, que escorreu pela boca e peito dela, nos limpamos com palel higienico que peguei no banheiro social e deitamos nus no sofa, eu acariciando aquele corpinho pre-adolecente logo entri em ação de novo, o pau em minutos estava duro, subi em meu quarto e peguei ky e um vibrador que brinco com minha mulher e mostrei para ela, ele é grosso mas não muito, ela sorriu e perguntou vc mete ele na minha Dinda? e falei que sim que metia meu pau na buceta dela e o vib no cu ou vice-versa, e ela deu rizada, e falei, vc quer ele em vc? ela novamente fez que sim com a cabeça, ohei no relágio 4 e meia da tarde, tinhamos muito tempo ainda, chupei sua gritinha de novo e seu cuzino ela começou a gemer, coloquei ela de joelhosno chão de frente ao sofá com a bundinha empinada pra mim e lambi seu cuzinho, meti um dedo e depois dois, tirei e passei bastante ky na bundinha e nos meus dedos e meti lá dentro, ela se contorcia e gemia, peguei o vibrador, liguei e lambusei de ky tbem, e fui metendo, ela gritou pediu pra eu parar, mas meti e entrou até a metade, fiquei com ele parado sá vibrando e ela começou a gemer, silan que tava gostando, que visão aquele anjinho ali de 4 no sofá, pele branquinha bundinha lisa carnudinha com o vib atolado no cuzinho, comecei a fazer vai-vem com ele e ela delirava, gritava de tesão, tirei ele e encaixei meu pau, um pouquinho mais grosso que o vib, e fui metendo novamente gritinho de dor, parei e de repente atolei ele no cuzinho dela, ela rebolava freneticamente no meu pau, e logo começou a pedir que a comesse, LOGO DERRAMEI PORRA NO CUZINHO DELA.

fomos pro banho e lá esfreguei muito meu pau na bucetinha dela, mas não tirei lá o cabacinho. Conversamos no meu quarto, e ela falou que queria perder o cabaço, eu enlouqueci, deitados na cama depois de muita chupação apontei meu pau na grutinha dela, sem pelinhos linda, coloquei as parnas dela no meu ombro, e fui forçando, a visão do pau tentando entrar naquela minuscula xotinha era de enlouquecer, foi entrando, e de repente soltei meu peso e atolei tudo nela, ela gritou e chorou, fiquei parado dentro dela, toto atolado, até ela se acalmar e depois comecei movimentos tbem devagarinho, até que ela gozou e eu tem, nem pensei na possibilidadedela engravidar, o tesão era demais, mas por sorte nada aconteceu.

Depois deste dia de loucura, tenho comido ela pelo menos uma vez por semana, isto fazem 4 meses, ela já experimentou igual a Dinda dela, um na buceta e o vib no cuzinho. tá cada dia mais gostosa e putinha, minha afilhada putinha

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


acordei com meu cuzinho todo melado contos gaygozando na mão da menina - contos eroticoscontos eróticos me deu um chocolateabusada com vibrador contoscontos eroticos dono de mercearia comendo a casadacontos eróticos meu namorado deu o curso para não comerem minha bucetatcontos eroticos de amigas na florestacontos eróticos fio dental debaixo do ternocontos de coroa com novinhodei pros amiguinhos do meu filho contos eróticoscontos eroticos entre camioneirosconto erotico masticou minha buceta estrubozoofilia garota de programa asustada com pauza do cavalo boneicontos eróticos mamãe puta do meu amigo amigosfuderam a puta na marraconto comi cliente da minha mulhercontos porno travestis estupros sadomazoquismovideo porno miss bubum da o cu e chora com o cuzinho doendosou puta do meu cachorrocomi o cu do meu irmao e da minha irma brincando de pique esconde contoscontos o cheiro da rola do papaicontos erótico moleque safadohttp://googleweblight.com/?lite_url=http://idlestates.ru/m/conto_27789_a-filha-do-pastor-trai-o-maridinho-com....html&ei=1oTtrbBr&lc=pt-BR&s=1&m=808&host=www.google.com.br&ts=1495076218&sig=AJsQQ1AbXAP1GMmL_jJ_BMz5hNlYHPUBFQcontos erotocos minha amiga me seduziu e chipou minha bucetaComi minhas primas novinha e safadinha contocolocando devagar na bundinha vestidinhoconto flagrei minha irma dando e enrabeicontos eróticos minha tia min da banhocontos minha filha novinha deitou com eu e a sua mae...e a pica comeuler contos de sexo de mulheres sendo chantageada na estrada por dotadosconto erótico vadiacontos eroticos arrombei minha amiga de serviçocontos as gemeas putinhas seu papai2 ome pega uma mulher afosa prafase pornocontos de punheta com botascontos eroticos peguei minha cunhada dormindoenrabado wc contoconto erotico incesto sonifero filhacontos minha tem buceta gostosa ela ta dando pra outro picudoprimeira vez da travesti thiago historias eroticascontos eroticos safadinhacontos erotico garota do interior peteu cabaçogay mamando pirralhos contoscontos eroticos comendo o preciosocontos de maes flagando fihos punheteirosufa ufa ela senta fode e chupacontos eroticos2018 bhminha chefe gosta de mim ~ contos eroticosxvidio transas arrecei casadoscasei a força contoscoroas gostosas transando com meninos contos fatos reaisContos eroticos primeira vez no puteiroContos eroticos o marido gostoso da primaconto xupei o pau do meu amigo pq perdi apostasocando na minha irmã compressão sexecontos e fetiches minha enteada minha perdiçãoconto erotico de lebisca tirou virgindade irma mais novocontos meu marido dxou o amigo dele me massagiarcontos velho tarado por bucetascontos dormindo com a tiacontos eróticos chupei a bocetinha da menininha vendedora de docesfilhos vendo a mae transar com outos homenscontos eroticosContos podolatria empregadacontos de coroa com novinhoContos eroticos meu rabaocontos gay me depilando e pego no flagracontos d cachorros mamandosó umbiguinhos lindos e peitos durinhoscasa dos contos eróticos jogo seduçãoirmã transformassem roupa vídeos pornô doidominha mulher mal caminhava de tanto pau q levou conto eroticomeu amigo chantagia minha mãe. conto eroticocontos erotico irma fode irma no qintalconto eróticos zoofilia estrupei cadelacontos dando pra um sessentãocontos eróticos com tia perdendo apostaconto real casada gravida na surubacontos eroticos sogra de 65anosirmã ver irmão peladinho com a picona com a glande coberta