Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O MOLEQUE DO CASAMENTO

Oi!!! Venho relatar p vcs outra aventura que tive. Assim como a anterior essa também é verídica.

Tenho 36 anos, sou morena, 1,72 de altura, cabelos pretos e compridos, coxas grossas, seios médios e uma bunda grande e redonda (106 cm). Sei que sou uma mulher atraente. Meu marido tem 19 anos a mais que eu, e, nos damos muito bem na cama. Além de amá-lo muito. Há dois meses atrás eu fui a um casamento. E esse casamento seria realizado numa dessas mansões que hoje alugam para eventos. Chegando no dia do casamento nos aprontamos e fomos eu e meu marido.

Era uma super festa para 800 convidados e num lugar lindo e imenso. Como relatei na minha última aventura, tenho tara em adolescentes. Apás chegarmos à festa nos acomodamos em uma mesa. Como meu marido era muito amigo da família do noivo, ele me deixou numa mesa com algumas pessoas conhecidas e foi colocar a conversa em dia. Nessa mesa tinha um rapazinho de uns 19 anos que estava acompanhado da avá. Eles eram da família da noiva e moravam em Santa Catarina. O garoto era branco baixo devia ter uns 1, 60, magro e muito tímido, muito mesmo. Fiz amizade com sua avá que estava reclamando que ele não saia de perto dela na festa. Sua avá era uma pessoa muito simpática e ativa, adorava dançar e beber um vinho. Me enturmei rápido com ela, e ficamos batendo papo e tomando umas taças de vinho. Depois de algumas taças, sua avá resolveu que ia dançar com um parente deles que é um tremendo pé de valsa. E, eu fiquei sozinha na mesa com aquele moleque, no começo nem queria muito ir ao casamento mais depois de algumas taças, eu já estava um pouco alegre e com certo tesão. Resolvi puxar conversa com o moleque, já que meu marido não desgrudava da turma dele, e pelo jeito já estava bem alto pela bebida.

Conversamos durante uma meia hora sobre várias coisas (inclusive as garotas da festa), então perguntei para ele se gostava de dançar, ele todo sem graça disse que não, mas insisti e antes que desse a resposta peguei ele pela mão e disse que o ensinaria. Nesse momento chegou meu marido, já estava meio doido e disse que ficou feliz em eu ter arrumado companhia e falou que ficaria lá com os amigos e se eu precisasse de alguma coisa era sá ir procurá-lo lá. Deu-me um beijo e falou para o moleque tomar conta de mim. Rsrsrsrsrs.... Eu estava com um vestido preto longo, e uma encharque nas costa, que foi pedido do meu marido para disfarçar minha bundona que estava volumosa demais no vestido. Percebi que enquanto falava com meu marido o moleque ficava observando de rabo de olho minha bunda. Fomos para um canto do salão meio escuro e começamos a dançar. Mostrei como ele deveria me pegar na cintura e lá fomos nás. Apás dançarmos umas duas músicas o DJ começou a colocar funk e forrá a pedido do pessoal. Comecei a dançar e me esfregar nele, nessa hora a festa já estava uma loucura com todo mundo bebendo e dançando. Ele que de bobo não tinha nada aproveitou para tirar uma casquinha quando tocava funk. Pois virava a bunda pra ele. Depois de me esfregar nele, cheguei ao seu ouvido e perguntei se ele queria fazer algo melhor. Ele meio que não entendeu, mas peguei no pau dele por cima da calça e perguntei de novo. Não é que o filho da puta perguntou se poderia dar merda fazer isso. Rsrsrsrsrs.... . Olhei na cara dele e disse que merda ia dar não fazer. Peguei-o pelo braço e fui casa adentro procurando um lugar.

Achei no segundo andar um quarto com uns colchonetes de ginástica. Depois que os arrumamos no chão nos olhamos e começamos a nos beijar como amantes que não se vêem há tempos. Para um moleque ele beijava muito gostoso, logo suas mãos já estavam em minha bunda apertando-a com vontade. Abaixei-me e comecei a chupá-lo. Ele tinha um pau do mesmo tamanho que do meu marido sá que mais fino, mas muito gostoso. Chupava com vontade aquele pau, o engolia todo, e de vez enquanto chupava sá a cabeçinha. Deixava-o bem babado, e ficava punhetando olhando ele se contorcer todo. Acho que ele era virgem!

Não demorou e veio um jato de porra que engoli como se fosse um sundae. Engoli tudo enquanto ele gemia e respirava ofegante. Corri para a porta e a tranquei. Olhei-o com um olhar bem sacana e disse que era a vez dele me chupar, tirei o vestido com cuidado para não amarrotar e me deitei, mas antes falei que ele tinha que ficar pelado também. Sá o olhar dele contemplando o meu corpo já me deixava louca. Quando ele me começou a chupar vi logo que era virgem, mas eu seria sua professora agora. Expliquei como fazia, e bom aluno que era começou a fazer bem gostoso. Estava com tanto tesão que apertei sua cabeça contra minha xoxota e falei para lamber meu cu. Não demorou e também gozei como uma louca soltando um gemido alto. Dei uma respirada e quando o olhei já estava com o pau duro de novo. Chupei-o até ficar duro igual pedra de novo. Mandei-o deitar me posicionei em cima, e comecei a cavalgar bem devagar, subia até quase sair seu pau e descia até talo, sentia seus pelos encostando-se a ela. Comecei a acelerar o ritmo, quando senti que ele ia gozar de novo parei. Sai de cima deu mais uma chupadinha na cabeça e fiquei de ladinho. Falei que queria ele me comendo naquela posição, e, ao mesmo tempo puxasse meu cabelo e me xinga-se de puta, cachorra e vadia. Adoro isso!!!!

Ficamos fudendo assim uns 5 minutos e acabei gozando no pau daquele moleque. Quando senti que ele ia gozar de novo parei, e falei que não podíamos demorar. Fiquei de quatro e disse para me comer com vontade. Posicionei-me com o rabão bem empinado, e pedi para que desse uns tapinhas de leve na minha bundona enquanto me comesse. Falei para colocar bem devagarzinho, pude sentir seu pau latejando enquanto entrava na minha xoxota que estava encharcada de tesão. Ele muito obediente começou bem devagar e dando os tapas que pedi, e foi até que de tanto tesão que ele estava começou a me come com vontade, apertando minha bunda e me chamando de gostosa. Dei uma olhada para ele e disse que era sua puta, que queria sentir sua porra dentro da minha xoxota, senti ele apartando minha bunda com vontade e dando um grito de prazer. Nossa aquele moleque tinha gozado tanto que antes de tirar o pau de dentro já escorria pela minhas pernas. Esperei ele se recompor para sair debaixo dele. Levantamos-nos e demos um beijo gostoso. Pedi que procurasse um pano para que eu me limpasse, pois minhas coxas estavam toda lambuzada com sua porra. Apás me limpar que me toquei o risco que corri, fiquei com receio de sair do quarto com ele e dar de cara com alguém, mas não tinha ninguém. Falei para ele descer primeiro e ir direto para a mesa, esperei uns 3 minutos e sai. Estava muito nervosa, pois meu marido ou a avá dele poderia ter dado nossa falta, mas eles ainda estavam na maior algazarra com sue amigos. Sua avá ainda dançando e meu marido com seus amigos. Fui ao banheiro me limpar direito e me encaminhei para a mesa ao seu encontro, que estava lá sentadinho com uma carinha de felicidade. A partir daquela hora ficamos na sacagem embaixo da mesa, e, eu ainda toquei uma punheta disfarçada para ele, que gozou em minha mão.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos comi a japonesa rabuda casadasexo feit em casa sem querer com a cunhadanoiva tarada melando o pau do. noivoContos swing bix coroa tranzando com entisdoContos eroticos recem nascido (a)Conto incesto sogra no volantemeu marido arrumou um macho pra me engravidarconto erotico comendo a minha esposa bebadaconto erotico de colega saradao do meu padrasto mim comeucontos eroticos minha prima esculturaldei mole contosMe comeram ao lado do meu namoradofui dominado por uma mulher mais velha conto eroticocontos de coroa com novinhofrutinha viadinho bunda grande e arrebitada dando o cucontos gays de incesto org.com-pai maduro e filho menino veadinhoContos errotecos filhascacetes grossos dentro da xota contoscontos eróticos dei nos molequescontos eróticos não consegui evitar o meu irmão contos de incestos gays org oline- contos- maduro comendo cu de menino novinhoContos eróticos enrabado pelo avôContos eroticos de coroa raspano a bucerta pra da pro vizinho da rola grande e grosacontos gay pique escondehistoria amiga dando bucheta pra amigo contoComo comer o cu da minha alunaa minha prima rabuda me deu seu cu conto eróticosme amararram e comeram forte contosf****** a b******** da minha enteada Camila e ela Gozou muito no meu paucontos eroticos fingi que estava dormindocontos eroticos esposas bebadascontos eróticos de lésbicas tirando a virgindade das outrasconto mamaefudendo com dogcontos eroticos/estupro/gangbang/final de semana todocontos eróticos não sei que fizcontos de cú de prima coroabrincando de pega pega com a gordinha contos eroticossogra contoscontos eròticos minha xana estava com muito fogo e o primeiro que vir dei elacontos fui estudar a noite que professoraso casada e fui comifa pelo massagista porno contocontos eróticos comendo a vizinha de apartamentoler relatos de garotas que gosta de "loirinhas greludascontos eroticos incesto bate com a pica/na cara/da cunhafacontos lesbicos de carceleirahetero goza dentro ainda da im tapa volta da escola conto eroticocontos eroticos chantagemconto vizinha no ciocontos eróticos esposa atriz contos com dog pica gigantecontos eroticos com a bundada uii aiii issoconto erótico "comeu meu marido "coroa massageia rola no busaocontos gays adoro cheirar uma rolacontos mordidinha na bucetacontos eroticos de padrasto gay comendo a filhinha novaContos eroticos dei na festa em macaxeiraconto erótico gay brincandoTrepadas no caminhao cabineContos eroticos menininha no colo do papai dormindo e a pica penetrandpconto erotico virgem sadomizada no cativeirocontos porno ajudou marido comer sogragozando na boca da novinha sem avisar contos eroticosmetendo na irmã dormindo boa f***contos eróticos mamãe meteu uma cenoura em minha bucetinhaCONTO O SEQUESTRADOR SEGUNDA PARTEcontos eróticos bem depravado de bem picanteconto erótico mulher é domada e faz marido assistir ela traindocontos eroticos o velho me comeu aforçaConto erotico meu filho me fez sua escravaTennis zelenograd contoCanto erotico do travesti com menino10