Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

OS GAROTOS DA CACHOEIRA

O que vou contar realmente aconteceu há alguns anos atrás.



Meus primos têm um sítio na região serrana do Rio e eu costumo frequentar de vez em quando. Eu conheci uma cachoeira que tem por perto e sempre que podia eu pegava o carro e ia sozinho, sempre na parte da tarde. Quando chegava lá me certificava que não tinha ninguém por perto, o local é de dificil acesso, então tirava a roupa e me banhava e tomava sol peladinho, descia um pouco pelo rio abaixo e curtia muito me masturbando nas pedras, deitava de bruços pra bronzear a bundinha e ficava muito excitado, ficava imaginando alguém me observando cheio de tesão e vindo até mim pra me forçar a dar minha bundinha.



Uma vez eu fiz a mesma coisa, fui a cachoeira, tomei banho de sol peladinho mais abaixo no rio, acabei gozando bem gostoso e me preparei pra ir embora, coloquei minha sunguinha minúscula (eu colocava um short por cima) e fui voltando, quando de repente apareceram quatro garotos, desceram o morro pelo outro lado da cachoeira. Eram novos, o mais velho devia ter uns dezesseis anos. Eu fiquei num local que eles não me viam e fiquei observando. Eles caíram na água, brincaram um sacaneando o outro, dando caldo, e num deles nadou até a queda dágua, subiu numa pedra ao lado e se sentou, pro meu assombro e delírio ele arriou o short molhado e tirou o pau pra fora iniciando uma bela punheta, os outros ficaram em pé noutra pedra, rindo.



Eu fiquei com muito tesão novamente, todo arrepiado, nunca tinha visto isso, um garoto bem tesudo tocando uma punheta. Onde eu estava não dava pra ver detalhes, fui chegando mais perto dos outros garotos pra ver aquele pau melhor e tentar provocar eles.



Antes deles me verem fiz questão de enfiar mais a sunguinha na bunda, fiquei numa posição que eles puderam ver, dois deles ficaram me olhando e colocaram a mão nos paus e riram um pro outro, então criei coragem e assoviei alto pra garoto que estava na punheta, ele parou, então pergunei se eu podia nadar até lá. Ele fez que sim, mergulhei, afrouxei de propásito minha sunga, quando cheguei pertinho dele não acreditei, ele tinha um pau grande e lindo, segurei na pedra e ele me deu a mão, quando subi, minha sunga desceu e mostro mnha bundinha (rosadinha por causa do sol), percebi os assovios dos outros garotos me sacaneando. O garoto da punheta, que devia ser o mais velho perguntou logo sem vergonha: quer segurar minha rola? Toca punhetinha pra mim viadinho...eu vi vc pelado lá embaixo.



Foi tudo que eu queria agarrei logo aquele pau lindo e muito duro, punhetei ele e comecei a mamar também, senti que ele ia gozar, então ele tirou o pau da minha boca com força e disse que queria meter no meu cu dentro da água. Fomos pro outro lado do lago perto dos seus colegas, quando chegamos todos riam e me sacanavam “e aí boiola, cadê o biquíni? tá de tanguinha....aí Zeca vai comer a bunda dele?” O tal Zeca me encostou na pedra dentro da água, estava pela cintura, arriou minha sunguinha e separou minha bunda e apontou a cabeça do pau na entradinha do meu cu, nisso os outros se sentaram na minha frente, um deles com as pernas abertas chegou perto do meu rosto e tirou o pau pra fora, era branquinho com a cabeça bem rosada, quase sem pentelhos, e pediu pra eu mamar, coloquei na boca e começei, ele foi ficando durinho enquanto eu chupava (acho que estava molinho por causa da água) o Zeca tentava enfiar seu pau e um momento acho que perdeu a paciência e deu uma com força, o pau dele entrou quase todo de uma vez, eu gritei. Ele começou um movimento rápido e forte, me segurou pelas pernas e me levantou, puxava a empurrava minha bunda contra seu pau, eu já me acostumava com a dor e aquele pau gostoso, quando o outro garoto gozou na minha cara, porque eu tinha tirado seu pau da boca na hora, mas lambi o leitinho todo.



Outro garoto veio pra água e disse que depois era vez dele, ficou bem pertinha da gente e eu consegui pegar no seu pau. O outro garoto ficou na punheta sá olhando, era mulatinho, e seu pau era um pouco menor que os outros.



O Zeca me fodia e eu olhava sempre em volta pra ver se alguém chegava, ele começou a gemer forte dizendo que iria gozar me apertou com força e gozou tudo na minha bundinha. O outro garoto(Carlos) já veio por trás de mim e me pegou na mesma posição, seu pau era menor, entrou de uma vez sá, ficou uns cinco minutos me comendo e gozou também. Nessa hora um deles já tinha ido embora, os outros dois ficavam olhando e sacaneando o Carlos, enquanto me comia. Depois que gozou se despediram: “tchau seu viado, tem cigarro? dá uns pra gente. Se quizer mais estamos sempre por aqui.”



As vezes que voltei não encontrei mais eles, mas sempre que podia ir em dias de semana eu tomava meus banhos de cachoeira peladinho.

Ainda gosto de me exibir peladinho, quem estiver interessado em me ver peladinho ou se preferir uma real basta fazer contato, tenho muitas fotos minhas pra mostrar.

Bjs, Exibido

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


"amor vou dar" amigo colegaminha mae e minhas irmãs gostosas conto eroticocontos meu filho adora pega as minhas calcinhasSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos eroticos minha filha meu pecadocontos eróticos mamãe meteu uma cenoura em minha bucetinhacontos eroticos com nerdConto sobre fodi minha namoradacontos eróticos gay marombasmeu sogro me pegou de jeito pornoas gostosas passando bronzeador no seu corpinho nadaconto erótico f****** gostoso a b******** da minha filhinha n******contoseroticos negaocontos eróticos gozando na filha pequenacontos eroticos espiritotio bem dotado enchendo o útero da sobrinha de porraconto na favela virei putinha contos eroticos de meninas sua mae forçou a ser putinha bem novinha por granaameu irmao me comeu gravida conto fotouma médica v**** chupando pinguelo da pacientecontos eroticos cumi minha irmã e a mamaecontos eroticos gratis de minha madastra juliana parte dois contos eroticos a forcacontos eróticos de realizei a fantasia par voltarduas lesbicas se trepando uma ta em cima da cara da outra chupando de vagatinhocontos esposa chupou outro e filmoucontos porno velhopezinhos da minha mae contos eroticoscontontos eroticos fui levar meu amigo bebado en casa tracei a mulher escandaloza delecontos erótico acabei indo pela primeira vez num sítio de naturistacontos pescariacontos eroticos comi a mãe da minha namorada Angolaconto gordinha novinha e casada metendo com velho casadocomhendo ass evangelicas contos eroticosrelato erotico de casada sozinhacontos eroticos boa noite cinderela e a sobrinha molestadaconto erotico o filhofilho da minha amiga e um tremendo taradomarido falou p esposa nahora da transa q dar o cu era bomcontos eroticos seios grandes de leitepeito bicodu sexconto eróticos a cumhada q eu tinha raivamulher sobe em cima da pica do manequimwww.contos encoxando na chacaraconto erotico comi minha prima enquanto ela dormiacunhadas esfomeadascontos eroticos: menina por desconhecidoprima nao ve irmaeu crave escontido fodacontos eroticos ousados com muita excitacaocontos comendo a mae no sofa da salaconto de botei a novinha pra chora com a pica grande no cuContos swing biconto erotico como gravidez a minha tia seios ga menina e o cachorro de rua contos de zoofiliacontos sexo minha mulher sua patroaconto viadinhomasturbou pau dele pra tráscontos esfregando o pau na bundaconto de uma ninfeta que adorava mostrar a xotaminha primeira traição na academia contos eróticoscontos sadomasoquista extremoconto erótico de Tavesti e seu servocontos eroticos minha namorada cagou no pau do meu amigoconto eróticos pai pauzudo e filha baixinhacontos heroticos gay meu tio de dezenove anos me comeu dormindo quando tinha oito anosconto erotico vovó cuidanto de um estranhocontos eroticos chantagiei e gozei na boca da menininhaminha prima e uma jebaconto quente perdida no baile funkusei uma camisola de dormir com meu primo. conto gayesposa e amigos na cervejada em casa contocontos eróticos velha trai o maridoContos negro fode maridowww.mulhers impinadas de calcinha perdedo a virgirdade da bucetaconto eu meu filho e meu pai cumemos minha esposa rabudaEu morava sozinho na cidade a filha do meu amigo ela veio do interior pra ela ser minha empregada conto eroticoContos de sexo com uma negrinha inocente dando o cu pro cunhado da pica grandeconto erotico comendo a minha esposa bebadagozei nas coxas da filha contosPorno gay conto erotico menino submissohttps://cheapjerseysfree904.top/celebritysexstories/conto_20703_comeca-da-minha-rotina-de-putinha.htmlputinha da escola conto eroticoconto erotico velha rabudaContos mini saia sentei no colo do amigo do meu maridominha filhacontos tava dormindo e eu comi elacontos eroticos submisso gayminha cunhada traindo meu irmao com o patrai contos