Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O PRIMEIRO MACHO QUE ARRUMEI PARA MINHA ESPOSA

O primeiro homem da minha esposa, foi um cara com 54 anos, super peludão e com um pau de uns 19 cm. meio grosso mas super cabeçudo, ela tinha 19 anos quando começou a meter com ele, no começo ela sá chupava até ele gozar e dava a buceta, quando ela fez 19 anos o presente dele para ela foi meter no cuzinho dela, ela meteu com ele até os 19 anos, ai ele foi embora da cidade, depois ela teve mais alguns namorados da mesma idade dela mas não chegaram a meter, quando ela entrou na faculdade conheceu um cara mas não durou muito pois para meter ele era meio estupido foi ai que eu conheci ela namoramos e casamos. E por saber tudo isso e também a saudades que ela tem do primeiro homem dela, sempre imaginei ela metendo com um cara mais velho, peludão e bem dotado, pois as vezes quando a gente mete ela sempre fantasia esse cara. Hoje ela tem 25 anos é castanha clara, 1.62 m., 55 kg., bundinha bem feita, e meio peludinha na buceta. Um tempo atrás tiramos uns dias de férias e fomos à na praia passar alguns dias na casa emprestada por um amigo meu, e numa tarde eu estava pescando sozinho na praia quando sentei para tomar uma cerveja e fumar um cigarro veio um cara já de idade me perguntou como estava a pescaria, respondi que estava muito fraca, mas quando olhei para ele e vi um senhor de uns 57 anos, cabelos brancos e super peludão (do jeito que minha esposa gosta sá faltava saber se era bem dotado) me chamou a atenção e na hora lembrei da minha mulher. Ficamos um bom tempo conversando e o que acabou em sexo, e falar de sexo ele acabou dizendo que era BI o que na hora respondi que também era, me convidou para tomar um cerveja na casa dele que era ali perto, aceitei, e lá acabamos brincando um pouco foi quando vi o tamanho do seu pau, uns 19 cm. grosso e também super cabeçudo (mal coube na minha boca), depois que gozamos num 69 muito gostoso, contei a ele sobre minha esposa, na hora ele gostou e ficou interessando nela, combinamos que eu iria para casa falaria dele para ela e depois levaria ela para passear a noite na praia onde nos encontrariamos casualmente e ai eu apresentaria ela, quando cheguei em casa e contei para ela na hora ela dize "nem pensar", nossa foi um balde de água gelada, ai nem convidei ela para passear. Apás tomarmos banho e jantarmos eram umas 19:00 horas ela chegou e pediu para eu levar ela para dar uma volta na praia (foi átimo pois foi mais ou menos essa hora que eu havia combinado com ele), saimos apás termos andado uma meia hora o encontramos, ele chegou me comprimentou e eu apresentei ela (ele estava sá de bermuda e uma regata o que deixava bem a mostra o corpo todo peludão), ela me deu uma olhada fez uma carinha de que não gostou de encontrar ele, mas foi simpatica, ficamos parados conversando um pouco ai eu falei para andarmos um pouco pois estávamos na praia e muito escuro, começamos a caminhar ele muito falante logo ganhou mais ainda a simpatia dela, ela estava no meio de mão dada comigo, e quando ele falava alguma coisa diferente ela me dava um aperto na mão, teve uma hora que ele perguntou "vocês são muito bonitos, pena que não são liberais, pois com certeza existiria uma porção de casais interessados em fazer amizade e algo mais com vocês, ou são?" ela deu um aperto na minha mão e ai eu falei "nás somos bastante liberal mas na nossa casa e na nossa cama", demos uma risada e ai ele falou "Deve ser maravilhoso ver vocês com toda liberdade e sexualidade na intimidade" ela sempre apertava minha mão, mas desta vez ela apertou mesmo, pois ele começava a encostar a mão dele na mão dela conforme andávamos, também senti que ela estava mais a vontade para falar quando ela dize "realmente nás na cama fazemos, fantasiamos e falamos de tudo né amor?" respondi que sim, e ele perguntou "o que vocês gostam de fantasiar e falar?, claro sá se quizer responder" ela falou "não tem problema, gostamos de fantasiar que estamos com outro casal ou com outro homen junto de nás" eu já andando de pau duro imaginando ela com ele. Ai paramos para olhar um navio que dava para ver suas luzes indo para o porto, foi quando ela apertou minha mão bem forte, disfarcei e vi ele segurando a mão dela o que ela correspondeu, andamos mais um pouco agora ela de mãos dada com os dois, ai senti ela me olhar como dizendo veja o que ele esta fazendo, disfarcei e vi ele passando a mão na bunda dela, parei e dize "vamos para um pouco para eu fumar um cigarro, pois não gosto de fumar e andar" paramos perto de uma barraca de pescador, ele continuava com a mão na bunda dela, ai ele falou "vamos para naquele barraca" encostamos eu fumando e ele do lado dela, ai ele ficou de frente para ela e com a luz da lua deu para eu e ele ver o volume na bermuda, ela me deu uma olhada e me falou "amor, sabe o que veio na cabeça agora? vi uma pessoa que conheci quando tinha 19 anos", deu uma risadinha agora muita safada ai eu falei para ela "mas já tinha te falado né? fica a tua vontade" ele perguntou "o que vocês estão falando não estou entendendo", ai eu sem esperar nada dela contei a ele sobre o primeiro cara com quem ela meteu que era super parecido com ele em tudo, ele perguntou para ela "você tem saudades dele? você fantasia que esta com ele?" ela respondeu "sim muitas vezes né?amor, fantasiamos com ele, e com certeza tenho saudades, mas nunca passamos disso" e tando eu como ela não tiravamos o olho do volume da bermuda, pois ele estava de pau bem duro, ele falou "Não sei se você vê em mi ele, mas caso seja muito parecido, pode quem sabe matar a saudades comigo que acham?" eu falei "Isso sá quem pode te responder é ela se quer ou não" ele perguntou para ela "que acha?" e chegou bem pertinho dela pegou a mão dela encostou nos seu peito peludo e dize "aproveite o que você quizer tá?" ela não se fez de rogada e começou a passar a mão no peito dele, e ele já com a mão na bundinha dela por baixo da saia, ai ele pegou a outra mão dela e levou até seu pau, ela pegou me olhou e dize "amor é enorme também" falei "então aproveita" ela agarrou ele no pescoço e deram um enorme beijo, se amassaram um pouco ele virou ela de costa para ele levantou a saia se abaixou deu um beijo na bunda dela e dize "que bunda maravilhosa cara”, puxou a calcinha dela para o lado e começou a esfregar o pau do cuzinho até a bucetinha, ela se abaixou mais um pouco e ele começou a enfiar o pau na buceta dela, ela dize "nossa que pau maravilhoso, coloca tudo meu amor quero sentir ele entrando bem devagarinho" eles fez ela gozar umas 3 vezes, ai ele gozou que encheu a buceta dela de porra, ai ele dize “deu para matar a saudades um pouco? Agora vamos lá em casa que vou fazer você nunca mais sentir saudades dele, ta?” se ajeitaram e fomos até a casa dele, quando entramos ela abraçou ele deu um longo beijo e falou “meu amor preciso tomar um banho pois estou deliciosamente toda melada de você” ele me mandou ir na cozinha preparar algo para bebermos e entrou no banheiro com ela, depois de preparar algumas cervejas e refrigerante na sala, fui até a porta do banheiro sondar os dois, estavam ela lavando o pau dele e ele lavando a buceta dela e se beijando, nossa delicia ver os dois assim. Saíram do banheiro ele peladão e ela com uma toalha enrolada vieram para a sala sentaram no sofá, ai ela pegou no pau dele e me falou “olha amor que pica maravilhosa, realmente dá para esquecer a minha primeira né?” respondi que sim e que ela ficasse bem a vontade com ele para fazer de tudo, ela me respondeu “com certeza meu amor vou fazer tudo e de tudo com ele, nem sei se vamos para casa hoje”, nisso começaram a se beijar (acho que nunca ela me beijou daquele jeito com tanto tesão), ai ela foi descendo beijando o peito, barriga até chegar no pau que estava meio duro, ele meio que deitou no sofá ela se ajeitou também e começou a chupar lentamente (que delicia e tesão ver minha mulher chupando aquela pica com tanto gosto), chupava a cabeça ai colocava o que podia na boca e descia até o saco, voltava a colocar o pau na boca e meio que punhetava, ele dizia “chupa meu amor que boca deliciosa você tem, chupa como você chupava o teu primeiro macho, quero gozar nessa boquinha como ele vez” e ela chupando muito gostoso não demorou ele começou a gozar, ela colocou quase tudo na boca ele gemeu e gritou gozando na boca dela, quando ele terminou de gozar ela ficou com o pau na boca até amolecer, se ajeitou no peito dele e segurando ainda o pau me falou “nossa amor, você não imagina que delicia é chupar esse pau e sentir ele gozando na boca” pensei comigo imagino sim, pois também senti ele gozar na minha boca. Apás um bom descanço onde ficaram namorando enquanto convervamos ele levantou e dize para ela “Agora meu amor venha para minha cama que você vai ver o que é meter, agora vai ser na bucetinha e depois quero essa bundinha gostosa ta?” ela respondeu “tudo o que você quizer meu amor” levantaram ela veio até onde eu estava me deu um beijo na boca e falou ”meu amor esse beijo é para você sentir um pouquinho o gosto do pau dele ta? Venha junto quero que você me veja fodendo esse tesão de macho”, levantei e fui junto para o quarto, deitaram na cama ele por cima dela se beijaram com muito tesão, ai ele desceu até a buceta dela e começou a chupar do grelinho até o cuzinho fazendo ela dar uns gritinhos de tesão, ela gozou ai ele pegou o pau começou esfregando na buceta e bem devagarinho foi colocando e me falou “venha ver meu pau entrando na buceta da tua mulherzinha, veja como ela como uma pica gostoso”, vi o pau dele sumindo dentro da bucetinha e ela gemendo e dizendo “que pau maravilhoso meta tudo meu macho quero que você me foda como nunca fui fudida antes, quero esquecer todas picas que já tive e ter sá você” ele meteu nela papai e mamãe, depois meteu nela de 4 fez ela sentar em cima (essa eu pude ver bem a bucetinha dela comendo cada cm daquela piçona), ela gozou muito, depois mais uma vez ele deu um descanço para ela, já quase meia noite eu meio preocupado em deixar a casa do meu amigo sem ninguém, falei “meu amor não é por nada mas já é quase meia noite, temos que ir né? A casa lá não pode ficar sem ninguém”, ela concordou comigo, ai ele dize “Antes meu amor vire de bundinha para seu macho não quero dormir sem antes experimentar esse cuzinho gostoso” ela olhou para mim deu uma risadinha e falou “meu amor não posso deixar também de sentir esse pau na bunda né?”, concordei e ele molhou a cabeçona do pau e um pouco o cuzinho dela e encostou a cabeça do pau e ela empurrou a bunda contra ele, senti que entrou a cabeça pois ela fez uma carinha meio que de dor mas suportou pois o tesão dela era maior que a dor, depois que entrou tudo bem devagarinho (eu fiquei olhando o pau dele entrar todinho no cú), ele começou a foder bem lentamente mas logo ele falou “nossa que cuzinho apertado esta espremendo meu pau acho que vou gozar, não estou aguentado” ela falou “goza meu macho nesse cuzinho que agora é sá teu, goza bem gostoso quero sentir tua porra nele”, não demorou mais duas ou três estocadas ele deitou de vez em cima dela e gritando de tesão gozou. Ficaram parados um pouco ai levantaram tomaram um banho e ela falou para ele “nossa olhe sá minha calcinha está toda melada ainda da nossa foda na praia” ele dize “deixe ai que eu lavo e amanhã a tarde você vem pegar”, ela me perguntou o que eu achava, respondi que seria uma boa ele lavar a calcinha e ela ir pegar no dia seguinte e poderia passar a tarde toda com ele sozinha enquanto eu iria pescar, ela adorou a idéia, se abraçaram se beijaram e fomos para casa. Agora vocês não podem imaginar o que aconteceu no dia seguinte quando ela foi pegar a calcinha e passar a tarde com ele, o que esperava por ela lá. Isso eu conto na práxima vez.

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


www.tirei o cabaço da irmã caçula na casa da vovó.comcontos eroticos fudendo minha bisavoswing confessin porno contos dia de praia 1Contos eroticos sempre quis da meu cu pro vizinhoconto erótico gay chupei sem querercontos coroas primas do interiorContos eroticos comi a força a minha tiacontos sogra punhetaconto erotico na casa de swing na troca de casal descobrimo que não eram casadosna bunda arde contosConto eroticos de pai e filhacontos eroticos de sogro comendo noracontos eroticos eu e mamãe putas do capatazcontos eroticos cadada e puta do paiver contos excitantes com fotos,na praia,no onibus e no mato.Contos eroticos No bar sozinhaComtos casadas fodidas na rua por camionistascuriosidade da minha filha no meu pau contoscaralho anaconda destruindo cuconto a coros e o jardineiro pauzudocomi o garotinho de rua - contos gaymete mais. contosbeto cunhado contos eroticoscontos policiais fudendo presoscontos eroticos gay meu pai me comeuContos eroticos mãe e filho na praia escura hqele implorou e eu engoli sua porrame humilharam na pica conto erroticoconto sobrinho engravida tia casadacontos eróticos eu inocente meu vizinho me pegou no flagra transandoContos eroticos comi a força a minha tiaestou sendo chantageada mas não posso contar meu marido quantos eróticoscontosvoyeurconos eróticos verdadeiro convenceu a mulher a a bundaVirei Amante Cadeli Amante Do Meu Paicontos dei um beijao na boca do meu tiocontos eroticos seduzi uma mulher e roubei elaconto anal rabao gggContos gay perdi o cabaço com coroaconto sou loira e adoro um negãocontos veridico acho que o garoto comeu minha mulher a patriciaconto comendo o casado de calcinhaMe comeram ao lado do meu namoradofui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticocontos eroticos meu tio me embebedou e me chupou eu dormimdoconto gay garoto da igreja perde a virgindade com meu bimbimfodas de esposas q gostam de ser curradasContos sogra fio dentalmeu padrasto me iniciou na zoofiliaComtos erotico 6 com a casada.conto erotico cuidando de um senhordei a buceta no trabalho. contos.contos eroticos com cunhadinhas de dez anosminha primeira traiçãocontos de padrinhos com afilhadascontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eróticos cunhadinhas safadas com fotoscontos eroticos traicao/corno namorada viciada em jeba no cucontos sexo paraíso em famílianossa que putona gostosa deliciaHistorias erotica de pai que da castigo a filhacontos eroticos no acampamentocontos-meu cuzinho contraindo no teu dedoConto erótico nudismo em casa contos de crosdresseresMinha noiva exibida e gostosa na academia - Contos Eróticosconto chupei a bucetinha da minha sobrinha de sete anos que ficava na minha casavagina que contrai o peniscontos tava batando uma derrepente minha prima me pegaContos eroticos empregada humilha a patroaxupando u pau dos piao tudo no sexo gostosocontos eroticos lesbico festa da faculdadecontos eróticos traindo rexcontos eróticos gay e coroaVelhos na farmácia chupando seios contos eróticosconto erótico f****** gostoso a b******** da minha filhinha n******Colocou dentro contos eroticoscontos eroticos mulher feiaContos eroticos casal dando caronaconto erotico tentei comer o cu delavi a xoxota da minha prima raspadinha bebada conto eroticoconto erótico esposa de férias e tal marido sem quererconto anal senhora bravacontos dei pro mulequinho de ruaminina afuder na pixina contos erotico o coroa me fudeu em cima da sua lanchaHistória narrada de sexo- Trepando com a nifeta safada gostosa huummmrelatos de encoxada develhos no tremcontos eroticos de chifresContos eroticos sou madura vadia