Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TORTUREI UMA BUNDINHA

Eu nunca tinha escrito um conto, embora seja um leitor assíduo.... bem, sou claro, tenho 26 anos, 1,76m, 70 kilos, corpo sarado e um pau com uns 19 cm, nada perto dos cavalos que de vez em quando aparecem por aqui, mas vamos para a histária que é mais interessante. Sou noivo e embora algumas pesoas não vão acreditar amo a minha noiva de paixão, mas sexo é sexo e nunca vou dispensar uma boa trepada. Tudo aconteceu em Janeiro de 2002, tinha combinado de sair com a minha noiva e cheguei no horário, mas ela ainda não tinha se arrumado. Já estava na casa dela a vizinha, que vou chamar de Paty, embora sempre achei ela deliciosa nunca cogitei a possibilidade de nem ao menos flertar, pois poderia cabar com um relacionamento de alguns anos. Minha noiva disse que iria tomar banho e que eu ficasse conversando com a Paty. Achei tudo normal, a Paty é um loirinha de 22 aninhos, com uns peitinhos tipo pêra, e uma bunda deliciosa, daquelas que ficam horas sendo endurecidas em academias. Conversa vai e conversa vem começamos a ficar sacaneando um ao outro, falando bobeiras até que entramos no campo do SEXO, ela falava que minha noiva devia ter muita sorte e eu perguntei porquê? Ela disse que em um dia de madrugada, quando estava deixando a minha noiva em casa viu eu comendo ela dentro do carro, que estava na janela e viu quando agente olhava para ver se não tinha movimento na rua.... disse que tinha visto ela abaixar e chupar o meu pau e depois quando passamos para o banco de trás e me viu comendo ela de quatro.... disse que não conseguia ouvir os gritos, pelas janelas do carro estarem fechadas, mas dava para ver que ela gritava. Nessa hora meu pau já tava latejando dentro da minha bermuda. A Paty tava com um vestidinho azul e não sei se intencionalmente, ou sem querer, enquanto falava a mão passeava de levinho sobre os seios, enquanto que ela abria e fechava as pernas bem discretamente, quase como se estivesse se masturbando. Nessa hora chutei o pau da barraca e avancei.... disse que ela realmente tava gritando, porque eu tava comendo o cuzinho dela.... disse nessas palavras, nisso a Paty até arrepiou e disse que nunca tinha dado a bundinha com medo de doer... aquela histária de cerca lorenço já tava me cansando e decidi avançar mais e disse .... SE TE COMEREM A BUNDINHA COM JEITO VOCÊ VAI GOSTAR.... aí foi a vez dela chutar o pau da barraca.... ISSO É UM CONVITE? eu respondi.... SÓ SE VOCÊ FOR LOUCA SUFICIENTE PARA QUERER ME DAR AGORA.... ela levantou veio até mim e sentou de frente em cima do meu colo, já enfiando a lingua na minha boca. Eu a beijava e passava a mão naquela bunda deliciosa, eu sentia meu pau querendo explodir.... puxei a minha bermuda e deixei meu caralho a mostra, ela sorriu abaixou e começou a me chupar gostoso, enquanto eu levantava o vestido e via uma calcinha preta, meio fio dental, enterrada no rabo. Enquanto ela chupava afastei a calcinha e molhei meu dedo na xoxota que tava pingando e comecei a brincar no cuzinho dela.... ela ficou me punhetando e me perguntou... TÁ QUERENDO COMER O MEU CUZINHO, SEU SACANA? e eu disse.... CLARO SAFADA, VAI ME DAR ESSE RABINHO GOSTOSO? Nisso ela levantou, puxou a calcinha para o lado e começou a rebolar no meu pau, na minha cabeça eu já tava ficando preoucupado porque o banho não ia demorar muito.... tentei encaixar meu pau naquele rabinho, mas não entrava de jeito nenhum, desisti e aproveitei uma rebolada dela e enterrei o meu pau naquela bucetinha gostosa, ela gemeu e colocou o corpo para frente.... comecei a fuder com força e enfiar o dedão naquele cuzinho gostoso.... Nessa hora escutei o barulho do chuveiro sendo desligado, a Paty assutou e tentou tirar o meu pau de dentro dela, no que eu segurei e falei.... SUA PUTINHA ORDINÁRIA, NÃO VOU COMER O SEU CU AGORA, MAS VOU GOZAR NESSA BUCETINHA GOSTOSA.... ela virou e disse .... ENTÃO GOZA FILHO DA PUTA SENÃO SUA NOIVINHA PEGA AGENTE.... fodi com força e na hora que tava gozando tirei meu pau da xoxota e mandei ela chupar, ela mamou igual uma vadia profissional, no que eu gozei naquela boquinha deliciosa. Nos recompomos rapidinho e ela saiu, me dizendo que depois que eu largasse a noivinha em casa, parasse na casa dela para terminar o serviço. Sai com a minha noivinha, ficamos nos beijinhos, tomamos vinho, mas eu não parava de pensar na Paty. Por volta das 02:00 horas larguei ela em casa, desci o carro como se tivesse ido embora e parei na porta da casa da vizinha safada, antes de eu pensar em como eu ia fazer para chamá-la, já vi um sorriso da putinha na janela, ela saiu de camisa... SÓ CAMISA, a puta já tava me esperando. Ela virou e me disse que agente não podia demorar senão os pais dela podiam acordar e pegar agente.... me levou para a sala e caiu de quatro no sofá e disse.... VEM PUTO, VEM FUDER O CUZINHO IGUAL VOCÊ PROMETEU... abaixei e cai de boca naquele anelzinho rosa e cheiroso, ela dava gemidinhos deliciosos, comecei a alisar a xoxotinha, peguei meu caralho e esfreguei na buceta para deixar ele molhado e comecei a forçar a entrada, ela gemia e dizia que tava doendo, mas eu tava tarado naquela bunda, não tinha nem entrado a cabeça.... dei aquela famosa cuspidinha e forcei... entrou a cabeça e ela tentou escapulir dizendo que tava doendo, aí eu disse.... SUA PUTA, AGORA EU VOU FUDER O SEU CU.... travei o corpo dela e comecei a meter devagarzinho e ela começou a gemer, enquanto eu batia uma siririca para ela, não tinha entrado nem a metade e ela já dava sinais de que ia gozar e começou a pdeir baixinho.... FODE O CU.... FODE O CU DA PUTINHA, DODE MEU CU IGUAL VOCÊ FODEU O DA NOIVINHA... e começou a gozar enterrando a cara numa almofada, nessa hora o rabinho dela abriu igual a uma flor e eu enterrei tudo e perdi o respeito, fodi igual a um cavalo, enterrava o meu pau com força e ela gemia e não parava de gozar.... levantei ela e coloquei ela sentada no meu pau de costas para mim.... e ela falava.... TÁ FUDENDO MEU CU, VAI ENCHER O MEU CU DE PORRA? GOZA FILHO DA PUTA.... GOZA NO CUZINHO DA SUA VADIA.... nisso ela deu uma rebolada e foram jatos de porra naquele rabo gostoso. Ela levantou saiu meio bamba ajoelhou nos meus pés, limpou o meu pau com aquela boquinha gostosa e me levou até a porta. Fui embora realizado e de vez enquando faço algumas visitas noturnas na casa da vizinha. Os acontecimentos são reais, sá mudei o nome da Paty....nunca achei que fosse possível.... MAS ADOREI!!!! Quem tiver gostado, basta me escrever.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


MINHA ESPOSA E O NOOSO CAPATAZ FUDENDO  NA NOSSA CAMAContos Eroticos Pirralhoscontos de coroa com novinhotanga contos eróticoscontos eróticos de upskirt em escoteiraFui pra casa dela e.começou a nós beijacontos chupei minha namorada a forçaex cunhada putafiz garganta profunda no amigo do meu maridocontos eróticos minha calcinha rasgadaconto erotico menino comeu cu de menininhos crechecurtos relatos eróticos de estupro forticontos erroticos pra contar pra o namoradoxvidio louco desejo vizinha mulata sainha mostrandocontos sex minhas filinhas de 5aninhoscontos de incesto - brincando de encoxar minha irmã novinha na piscinaconto eroticos a buceta da minha esposa so cheirava porratransando vendada contocontos foi comer a bct escorregou e pegou no cu vijen delave porno com viadinho reganhado escorreno porracontos felipe comeu minha mulhrerEla fudeu com sogrocomprei.meu aluno e comi ele contos gaysContos erótico pombinha inchadaconto gemendo no pau do pone taradoA briga do casal contoscontos eroticos de padrasto gay comendo a filhinha novaXvideo aguentando paenormeNovinha desmaia de tanto gosa conto eroticovideo porno de anos gozando dento e escorredoContos filha de 7 com papaiconto minha calcinhacontoseroticos.vip/page/2Contos.erotocos.madasta carentecontos eroticos mim arreganhei pra papai e ele caiu de boca na minha bucetacontos porno sou putinha pra minha mae no puteiro da familiabuceras com paj giganti dentroconto erotico marido flaga esposa com mulequecontos eroticos gay meu tio de vinte anos me comeu bebado quando eu tinha oito anoscontoeroticosenhoracontos Surpreso em ver tia sem calcinhaMamae de camisola educada sinsera contos casadoscontos amarrada plug analContos erótico,comi a minha ex mulheros lekes da aula de reforco comeam meu cu conto gay zoofilia com gozadas e enguatesconto erotico consultorio medico gayconto de mamae de calcinha na sofaContodeputaconto erotico feinhaqueria saber mulher realista metendo muito morena peitudacastrei meu corninho conto realcontos eroticos ela nao aceita ser cornoMadrasta provoca conto eroticoDona Florinda mostrando a periquita para o professor Girafales ele lamberContos eroticos buceta da coroacontos sexo pai chupa cona da filha cheia de porraContos eroticos incesto meu maridoContos eróticos eu comi minha irmão pipiu do papai contosmadrinhas branca da bunda empinadacontos eroticos da primeira traçãoMeu pai me fodeu bebada.contoscontos eroticos gostosa trai maridoa casa dos contos eróticos-prima Thayanemeu irmão comeu minha mãe. desabafoporno baixar caralhogrossos enterrei minha pica no cu da minha mae conto eroticoNao aguéntei e meti o dedo no cu da minha irma no bisao contocontos meu marido nem percebeucontps eroticos no sao joaocontos eroticos casa dos contos evangelica submissa dos pastorescontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidoconto erotico estrupei minha cunhada acordou com o pau nelarabinho da filha da vizinha com doze anos loca pra fude contos eroticoscontos vai isso bate ai aicontos eróticos lado solteira e sua filhinhacontos eroticos o retorno do excontos eroticos,eu e minha maniia de mini saiaContos erotcos colegas de servicio porno