Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

LEVEI NO CU A NOITE TODA NA B.I.C.H.T

3 de maio de 2008, Terra Encantada, umas das festas mais querida pelo público Gls voltou, todos na espectativa de ser o boom do momento, mas não foi. Não vou zuar o evento, até porque fiu feliz nesse dia apesar dos contra tempos, complicação para adentrar ao parque, desorganização e falta de segurança.



Já cheguei na Barra doido, tinhamos passado na casa de Lucas em Jpa, pré-B.I.T.C.H. é natural. Solteiro e com muita vontade de aprontar, já cheguei pegando, na fila muita gente bonita, a começar pelos seguranças, todos com cara de mal, do jeito que gosto, mas infelizmente minha aventura na noite fatídica não foi com nenhum funcionário, não era por falta de vontade e sim oportunidade.







João o nome do delicioso baixinho pirocudo e insaciavel que me socou no banheiro, atraz do cabum (brinquedo do parque), no estacionamento e dentro do carro, ufa... eu disse que era insaciavel.



Tenho 1.85 branco, corpo normal, sem barriga e uma tatoo no onbro esquerdo, uma teia de aranha que é meu xodá, uma bunda bem definida que é meu cartão postal, (rs), estava dançando na pista e ele me pegando, dando mole rasgado, jeito de homem, cara de menino, não aparentava ter 28 anos, 23anos foi oq dei quando veio falar comigo, demos risada e ele me convidou para beber algo fora da pista, disse que tinha me achado gato e fez de caro um comentario sobre meu postal, disse a Ele que seu selo teria de ser bem valorisado para colar no meucartão postal, novamente rimos e ele se sentiu desafiado, e logo seu volume apareceu, me deixando com certeza que seria muito feliz naquela noite. bebemos e conversamos por um tempo, um beijo foi roubado, fazia tempos que não era assaltado dessa forma, um beijo robado excita, tinha me esquecido disso.



O baixinho tinha muita atitude, me arrastou para um canto escuro, olhei para pista bombando e um moreno alto filmava todos nossos movimentos, com um sorriso que dispensava palavras, sabia o aquele gostoso pensava, retribui com uma piscada alem do sorriso malicioso.



No breu o pega começou, roça, esfrega, mão, lambidas no pescoço, abre botão de bermuda, poe PIROCA, pois era isso mesmo, nesse termo PIROCA, maiuscula e negrito, segurei sem acreditar que aquele homem, daquele tamanha, poria ter uma pica da quela dimenção e grossura, ele perguntou:







- O selo é compativel ao postal?



Acha que respondi alguma coisa? Cai de boca em silêncio, ele socava com vontade e já me xingava, metia tudo ate eu engasgar, segurava meus cabelos e socava, as vezes perdia o ar, comecei a ficar vermelho e ele me levantou pelo pescoço e ollhou nos meus olhos e disse:



- Vou fuder esse rabo branco a noite toda.



- O que esta espenrado para começar? Foi minha resposta.



A primeira camisinha foi posta, com cuspe ele começou a meter, doeu, vi estrelas, me sentia no Céu, um misto de dor e tesão, estava possuido pela vontade de dar meu rabo, o local me excitava ainda mais. O moreno espiava de um canto escondido, somente eu tinha visto, João fazia seu trabalho com muito exito, a essa altura a dor não tinha mais vez na nossa grande brincadeira no parque.



Com uma mordida na nuca meu grande pequeno homem, gozou gemendo baixinho, seu corpo esquetou, seu pau latejava dentro de mim. sentindo todo essas alteraçoes, tambem joguei pra fora meu leite em jatos que poderia vencer um concurso de gozadas, tamanho era minha excitação.



No bar com uma cerveja na mão, conversamos um pouco, disse a ele que queria voltar para pista, uma negativa foi breve seguida do continuo sorriso de malandro. Falou como aviso, como meu dono, como meu MACHO, que não iria voltar porra nehuma, que tinha que terminhar, ou continuar o que haviamos começado. Mensionei sair, por tinha acabado de conhecer aquele pgimeu, muito abusado querer me mandar, segurado pelo braço com forma e logo um carinho no rosto, disse para eu ficar, a noite estava apenas começando para nás dois, deu um sorriso e perguntei:







- Agora vai querer dar palhinha de namorado?



- Claro que não, sá quero fuder esse rabo branco e quente mais algumas vezes, vim aqui pra isso e acho que já encontrei oq ue queria. Vai ficar ou vai pra pista dançar com o DJ Great Guy?



Perguntou isso me olhando nos olhos e já com seu volume em forma de convite na bermuda com tecido mole e sem cueca. Parecia relamenteter ido nessa intenção. Aceitei a intimação sem medo de ser feliz, gosto muito de dar meu cu e não podia perder essa GRANDE oportunidade, meu amigos jamais iriam me perdoar se não fosse. A figura do Moreno sempre fitando a situação, começou a ficar estranho, mas estava gostando da situação, ate agora não sabia pra quem seu dejeso era direcionado.







Fomos para o banheiro, na esperança de achar um reservado vazio e voltar a sacanagem, estava entregue a essa altura, tinhamos usados uns estimulantes que tirou do bolso. No reservado ficamos pelados, nus em pelo, melhor eu sem pelos, ele com poucos, rolou lambidas no meu cu, dedadas, queria emfiar a mão, eu não deixei, 2° camisinha e mais socadas, de frago assado, usando o vaso sanitário como base, dessa vez senti falta do moreno que com certeza, estaria por perto esperando um brecha nossa, mais uma gozada, a minha barriga, cremosa com meu leite ainda em grande quantidade e denso, agora pude ver sua cara, os olhos brilhavam, a boca era mordica, me olhou novamente nos olhos, enquanto seu corpo se contorcia ele metia mais fundo, como se procurace o mais fundo do meu ser. No lavabo, pelo espelho vi o moreno saindo da cabine ao lado, com um volume na calça e o mesmo sorriso malicioso.



Voltamos ao bar, a festa realmente esta otima, pelo menos para mim e João e o moreno, nosso fã de "gozadinha". Ele aceitou meu convite e fomos dançar um pouco, e logo uma nova excitação, voltamos ao canto da primeira e 3° camisinha entrou em ação. Olha a procura do moreno e não avistei, então pensei que tinha ficado satisfeito e nos deixou para seguir sua festa.



João tirou de dentro de mim o maior membro da minha historia de passivo, me virou para ele e foi ai que levei um susto, O moreno, Junior seu nome estava ao lado dele com o pau para fora e com o mesmo sorriso naquela boca linda e rosada, deu uma piscada e acenou para eu mama-lo, e se nega brigadeiro em festa? De joelhos com a calça no tornoselo, chupava com muita vontade e seu corpo respondia a cada engolida, uma rola bonita, grossa menor que de joão, mas muito imponete, preenchia os espaços, cheirosa, tinha gosto de porra, pensei que ele devia ter gozado junto com a gente nas outras vezes, como espectador, foi sua vez de me segurar pelos cabelos e socar meu rabo, fez com força, gana, com desejo, mamava o baixinho e era socado pelo moreno sarado, ficamos assim um bom tempo até João encher minha boca com seu leite, adocicado e ainda grosso, no momento em que escorrira pela minha garganta e deixou escapar:







- Vai amor, soca esse viado, goza dentro desse cúzinho que alarguei a noite toda.



Na mesma hora o Morero Junior me apertou a cintura e socou tão fundo e pudia jurar que entram as bolas, logo seu corpo tremeu e disse:



- João eu te amoooooooo....



Num gemido baixo e excitante, gozei junto, com porra na boca e no cú.



Muito simpatico já no bar, Junior fez questão de explicar toda a historia, eles eram namorados e tinham essa fantazia, quem haviam me escolhido foi ele e João aceitou prontamente, ele já tinha me visto do lado de fora do parque e me cercaram, ate um carinha que estava me olhando, que na hora que fora falar comigo, ele interviu, Junior beijou o garoto, para João chegar antes.







Loucura que acho ter sido a minha historia de vida, nunca mais terei algo parecida.



Acredita se quiser, tenho otimas lembraças de uma festa que muito sairam falando mal.



Viva a B.I.T.C.H., viva João, viva Junior, viva a liberdade sexual.





TEM MAIS CONTOS NO MEU BLOG

http:garotoderua.spaceblog.com.brhome

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos caminhaoContos eróticos de tio sopinhaseu disse pra minha cunhada casada eu dou esse dinheiro pra você ser você for comigo pro motel conto eróticogozada na boca sueliContos eroticos fudendo cona virgem pretacomi a n********* na mata contos eróticoscontos minha filha e as coleguinhas tomando leite de minha picacontos eróticos fudendova esposa e a filha do amigo conto eroticoanal zoofiliaContos d uma mulher virgem amarrada no curral e estupradagoza nuoutro egravidasantinho do pau na boca uma laranja viu pau na boca na bunda na sua boca a bocaFilha babando pau do pai contoseroticosinspetora viu meu pau contosCasa dos contos eroticos suellene minha esposacontos eroticos mae ajuda marido ser corno do filhoconto erotico neide safadinhacóntos eroticos eu e minha irmã chupa pau de traficantecontos eróticos fode a cona da tia aquela putacontos eroticos senhora do quadril largoFui enrabada ao lado do meu marido e ele não viucontos eroticos travestis fudendo frentistas do posto de gasolina gaystarada no cu do macho contos eróticos bucetinha lisinha e meladacontosContos eroticos novinha desmaia de tanto gosacontos mia gostosa mulhe teve sua buceta aregasada pro seus amates muitos roludosTennis zelenograd contoconto erotico esposa olhava por marido e gemia com cara safadaamigo pai velho gay contosminina pela de mostrngo a busetacontos eroticos teen enteadacontos eroticos gay problemas mentaiscontos eroticos pagamentobaraguay da buceta grande e carnudafodacommeucunhadosogra japonesa dando pro negro contosContos eroticos meu marido meu capachoconto - madame recatada chupandoconto irma dormindocontos eroticos seduzi uma mulher e roubei elaNao aguéntei e meti o dedo no cu da minha irma no bisao contohistórias eroticas minha primeira vez com dois homensConto erotico gay motoqueiroconto erotico fazia tudoque meu tio mandavacontos dois negao no cuzinho de mamaeContos plug primeira vezcasa dos contos eroticos ultimod contos minha mulher submissa do dom Conto comendo negrina magrinahome afuder mulher com penis mais grandeconto incesto tô gozando na buceta e ela engravidouContos eroticos marido pede para esposa quero ser cornoContos eroticos tia dando sobrinhocontos eróticos gordinho pregando mulherMeu pai me comeu conto erotico gayContos engoli porra grossa grudentaporno contos casada comprando mandiocaContos eroticos banho irmafist anal sozinha contos eroticosestorias eroticas meu filho encheu minha buceta de porraPorno conto a sindica olhando minha picaconto erotico amiguinha da minha irmanzinhawww.mulhers impinadas de calcinhaConto ertico forçada na escolaconto dei muita porra no cu de minha madrastasogra japonesa dando pro negro contoscontus eroticosConto eroticos de pai e filhacontos eroticos de sogro comendo noraconto quente perdida no baile funkzoofilia gay extraordinárias bizarroscrossdresser marquinha de biquini contoscontos me hospedei no hotel e rasgaram meu cuconto porno xixi padrinhoele.a.comeu.contosa esposa do meu tio contocontos eroticos de corno depois que voltaram