Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FUDIDA ATRÁS DA ESCOLA.

Meu nome é Eduardo, e esse conto se passa há três anos, quando eu tinha 19 anos.

Moro em São Paulo, meu pinto tem tamanho normal, nada de excepcional como costumam relatar nos demais contos. Sou moreno, de estatura mediana, e na época fazia o 3ª ano de um colégio público.

Eu nunca fui um aluno muito aplicado, e gostava de matar aula em um jardim no interior da escola, onde eu passava o tempo fumando. Era uma terça-feira, e a práxima aula iria ser de química, matéria do qual eu odeio, rapidamente saí da sala furtivamente para me encaminhar ao meu esconderijo natural, no caminho encontrei a luka, uma gostosa do 2ª ano,morena clara, com lindos peitos e uma bunda grande e redondinha, que sempre vinha pedir cigarro pra mim, como sempre ela pediu um cigarro para mim, peguei meu maço de carltom azul, e a convidei para fumar comigo no famoso esconderijo, ela aceitou. Aquele jardim tinha muitas arvores, e uma vegetação extremamente mal cuidada, fomos atrás de umas arvores em que ninguém pudessem nos ver, e ficamos por lá fumando, até que ela disse para mim:



-Olha Eduardo, coloquei um piercing novo ontem.



Ela tinha realmente muitos piercings, no nariz, na orelha, nos lábios...Em seguida perguntei:



-É mesmo luka? Onde?



Ela colocou a mão por dentro da camiseta pude ver pelas curvas uma argolinha no biquinho dos seus peitos.



-Viu Eduardo?



Eu fiquei louco de tesão mesmo não tendo visto nada de mais, apenas o formato do piercing, não resisti e pedi:



-Me deixa ver ele ao vivo?



Ela me olhou envergonhada e falou:



-Claro que não, você está louco?

-Me deixa sentir então? Sá passar a mão por cima para sentir?

-Ta bom, mas rapidinho.



Lembro-me até hoje, eu passando a mão no biquinho de seus seios, fiquei de pau duro na hora, e percebi que o peitinho dela também tava ficando durinho, não resisti e já enfiei minha mão dentro do sutiã dela e comecei a passar a mão naquele peitinho delicioso, ela olhou para mim meio vermelha mais com cara de tesão:



-Ahhh, Para Eduardo, Ahmmm, alguém pode ver a gente.



Aqueles gemidinhos dela estavam me deixando louco, ela tinha um peitinho perfeito, durinho e bem grande, enfie a outra mão e comecei a apertar os biquinhos do seu peito, ela não parava de gemer, ela estava usando daquelas calças coladinhas de escola, tirei a mão do seu peitinho e já abaixei a calça e a calcinha dela, vi que ela tava molhadinha, sem objeções dela comecei a esfregar a mão na sua bucetinha molhadinha, quanto eu mais esfregava ela mais gemia:



-Aiiiii Eduardo, Ahmmmm.



Não aguentei e coloquei meu pau pra fora, virei ela e já meti com força na sua bocetinha:



-Ahhhhhhhhhhhhhh.



Ela deu aquele gemidinho de prazer e dor, e comecei a fazer um vai-e-vem, ela se inclinou e ficou segurando numa arvore, Comer aquela bocetinha tava uma delicia , comecei a meter cada vez mais forte, e ela sá gemia, sussurrei no ouvido ela:



-Ta gostoso putinha?



Ela olhou para trás com a boca aberta gemendo, aquela cara de putinha de filme pornô e nem conseguiu responder de tanto que gemia.

Tava tão gostoso comer aquela putinha, aquela bundinha deliciosa, que eu não aguentei e gozei tudo na sua bocetinha, que se foda que eu tava sem camisinha, o tesão era muito, gosei tudo nela, até escorreu para fora.

Essa foda eu nunca vou esquecer. Depois acabei perdendo contato com ela, mais isso ficará para sempre recordado, sá espero que ela não tenha engravidado.









VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


aregasando asubrinhacontos eróticos dona putonabrinquei de see cornocontos eróticos vai amor vai amorminhaesposa numafesta-contos reaiscontos eroticos Sou arquiteta, 28 anos, morena do tipo gostosacomeu a mae a forcaconto gay fui abusado no alfanato pelo os fucionariocontos eroticos maduras eu e minha amiga levamos no cu a mesma piça o ajudante de pedreiro chupou minha rola quando eu tinha dez anosminha amiga trans me seduziu quando estava carente contocontos eroticos mamae comeu meu cuzinhocu da irma madura contos fotos ilustraçoesReguinhocontoscontos eroticos apostacontos eroticos gay o deficientecontos eroticos casal voyeur sem querernora putacontoscontos eróticos estrupada pelo professor de judocomi a mulher do meu amigocontos eroticos com absorventecontos cavalonas crentesfui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticowww.eu aronbei minha sobrinha de doze anos de idademiudinha de calcinha xvidio.comtrepando com nosso cachorrinhocontossou travesti tirei virgidade minha amiga chorouconto erotico de mulher casada socando o pepino na buceta e cenoura no cusexo na enfermaria contoComtos professoras novas casadas fodidas na sala de aula pelos alunoscontos eróticos eu e minha mãe nos amamos feito loucosSó quer o meu rabo contoscontos eróticos enrabei meu sobrinho a forçamulher enfiando chave de fenda no pênis do homem xvideoscontos erótico me rasgaram mo acampamento aposta cu conto eróticocontos eroticos quem tirou a minha virgindadeTennis zelenograd contocomtos eroticosContos eroticos mulher violada pelos padreContos eróticos-ser escravo da minha sograTennis zelenograd contoaluninha dando cuzinho virgem para o professor pirocudo contos eroticosSou gay Adoro dar o cu contos eroticoso tio ceduzino adolecente metendo odedo priguitinhacontos vi pau enorme cheio de veiascontos eroticos cheiro de calcinhacoroa massageia rola no busaosou puta do meu cachorrocontos eroticos meu amigo cantou minha mulherBotei o pau na minha tia crenteconto erotico adolecentecontos eroticos abri uma cratera no cu da filha da minha prima.meu filho viu meubucetao peludo e meteu a rola.. contos.dedo de tio safado fudendo buceta de novinha pornodoidoaConto meu marido me devorou na madrugadacontos eroticos: menina por desconhecidoConto erodico meu visinho me espiamulher escanxa no cachorro e goza gostosoperdi a virgindade na escola contos eróticoscomi a novinha dormindo ela fico brabacontoContos eroticos gays coroas negros mendigos sou puta e pratico zoofiliaporno velha peitos bicudo contosduas mulher chupando a b***** no Jordão baixo fazendo sexocontos crossdress minha mae me transformou em uma meninaconto erotico apostcontos mae crente babando no pau do filhoconto erotico de casada menino roludo comeu meu cu e a buceta tambemcomi uma gorda contosx coroa tranzando com entisdorola na professora contomulher submissa (conto lesbicocache:HVsxZOrs15AJ:http://okinawa-ufa.ru/m/conto_12619_quando-eu-dei-pela-primeira-vez.html+"dei pela primeira"contos dançando no meu paumamei naquele cacetao contogostosa dando a b***** pela metade de mim loucamentebrincando com maninho acabou em sexocontos eu e meu marido adoramos ir no cinema ver pornoconto erotico fiquei com ciumes do meu domconto erotico quando era pequenaconto menor me comeumulher do gelou grande fudedoconto erotico acampando com a filhaConto erotico sobrinho fudeu gostoso com a tia coroaconto erótico a manicure lesbicaPortão tem puta fodedeiraminha sogra viúva linda e gostosa ela mora sozinha eu fui na sua casa minha sogra ela conversando comigo no sofa ela me disse que minha esposa disse pra ela que eu adoro fuder o cu dela eu disse pra minha sogra eu adoro fuder o cu da minha esposa minha sogra disse pra mim meu genro eu nunca eu dei meu cu virgem pro meu finado marido minha sogra ela me perguntou pra mim meu genro você que fuder minha buceta e meu cu virgem eu disse pra ela eu quero minha sogra fuder sua buceta e seu cu virgem minha sogra ela me levou pro seu quarto conto eróticoconto erotico comendo minha esposa epedindo pra ela mim traircontos eroticos mulher carinhosame casei com um cornoCrossdressing contos eroticoContos eroticos dei a buceta para inimigocontos homem que virou mulherzinha do amigo contos eroticos trair meu marido no puteirocontos eroticos subrinhas virgem